IndyCar: Josef Newgarden vence GP de São Petersburgo. Scott Dixon conquista o hexacampeonato

O norte-americano Josef Newgarden (Team Penske) venceu o GP de São Petersburgo, no circuito montão nas ruas da cidade da Flórida, nos EUA, última etapa da temporada. Foi a quarta vitória de Newgarden no ano, e 18ª na categoria. O mexicano Pato O’Ward (Arrow McLaren SP) terminou em segundo, seguido pelo neozelandês Scott Dixon (Chip Ganassi Racing), que conquistou o seu sexto título na categoria.

Scott Dixon

Oitavo no grid, Newgarden assumiu a ponta, pela primeira e definitiva vez, na quinta relargada a prova, faltando 20 voltas para o final. Vencendo com 4s1409 de vantagem sobre O’Ward. Dixon, com o terceiro lugar conquistou o seu sexto título na categoria (2003, 2008, 2013, 2015, 2018, 2020). A Chip Ganassi Racing conquistou o seu 13º título na Indy.

O francês Sebastien Bourdais (A.J.Foyt enterprises) terminou em quarto, seguido por Ryan Hunter-Reay (Andretti Autosport) e o francês Simon Pagenaud (Team Penske).

A prova foi repleta de toques e acidentes, com seis bandeiras amarelas. A primeira bandeira aconteceu justamente com o pole-position o australiano Will Power (Team Penske), que perdeu o controle na curva 4, na 35 volta.

Na 41ª volta, pouco depois da relargada, o norte-americano Sanino Ferrucci (Dale Coyne Racing) provocou a segunda amarela, ao bater forte na curva 2.

O estreante neozelandês Scott McLaughlin (Team Penske) e o holandês Rinus VeeKay (Ed Carpenter Racing) se enroscaram na curva 1, provocando a terceira amarela, na 47ª volta. Veekay foi o Rookie of The Year.

O norte-americano Alexander Rossi (Andretti Autosport), que havia acabava de fazer o seu pit, bateu na curva quatro, provocando a quarta amarela, na 70ª volta. Rossi havia liderado 61, das 70 voltas disputadas até então.

O norte-americano Marco Andretti (Andretti Autosport) bateu na cinco, acionando a quinta amarela na 75ª volta.

A última amarela foi provocada na 80ª volta, após o norte-americano Oliver Askew (Arrow McLren SP) bater na curva dez.

Dixon conquistou o título com 537 pontos, 16 a mais do que Newgarden.

Final:

1 – Josef Newgarden (Dallara-Chevy) – Penske – 100 voltas
2 – Pato O’Ward (Dallara-Chevy) – McLaren – 4″1409
3 – Scott Dixon (Dallara-Honda) – Ganassi – 6″1561
4 – Sebastien Bourdais (Dallara-Chevy) – Foyt – 7″4132
5 – Ryan Hunter-Reay (Dallara-Honda) – Andretti – 9″7529
6 – Simon Pagenaud (Dallara-Chevy) – Penske – 10″5773
7 – Marcus Ericsson (Dallara-Honda) – Ganassi – 11″0696
8 – Charlie Kimball (Dallara-Chevy) – Foyt – 15″8580
9 – Graham Rahal (Dallara-Honda) – RLL – 16″3743
10 – Takuma Sato (Dallara-Honda) – RLL – 16″7748
11 – Colton Herta (Dallara-Honda) – Andretti – 24″2149
12 – Max Chilton (Dallara-Chevy) – Carlin – 30″4724
13 – Alex Palou (Dallara-Honda) – Coyne – 43″5791
14 – James Hinchcliffe (Dallara-Honda) – Andretti – 1’04″0661
15 – Rinus VeeKay (Dallara-Chevy) – ECR – 2 voltas
16 – Oliver Askew (Dallara-Chevy) – McLaren – 2
17 – Conor Daly (Dallara-Chevy) – ECR – 2
18 – Felix Rosenqvist (Dallara-Honda) – Ganassi – 2
19 – Jack Harvey (Dallara-Honda) – Shank – 3
20 – Marco Andretti (Dallara-Honda) – Andretti – 26
21 – Alexander Rossi (Dallara-Honda) – Andretti – 31
22 – Scott McLaughlin (Dallara-Chevy) – Penske – 54
23 – Santino Ferrucci (Dallara-Honda) – Coyne – 60
24 – Will Power (Dallara-Chevy) – Penske – 65

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Um comentário em “IndyCar: Josef Newgarden vence GP de São Petersburgo. Scott Dixon conquista o hexacampeonato

  • 27 de outubro de 2020 em 08:17
    Permalink

    A decisao da temporada 2020 da Formula Indy foi marcada por muitas confusoes ao longo da prova, mas os eventos da etapa de St. Petersburg foram insuficientes para mudar o panorama do campeonato. Josef Newgarden ate fez a sua parte, com a vitoria, mas Scott Dixon conseguiu escapar das confusoes e, com o terceiro lugar, o neozelandes sagrou-se campeao da categoria pela sexta vez.

    Resposta