IndyCar: Projetista elogia pista que recebe a Itaipava São Paulo Indy 300 Nestlé

Tony Cotman aponta melhorias no Circuito Anhembi e afirma que estrutura do Sambódromo apresenta ótima visibilidade para os patrocinadores

Criador do Circuito
Anhembi, o projetista neozelandês Tony Cotman explicou na noite de sexta-feira
(27/04), no Pavilhão de Exposição do Anhembi, as mudanças que foram feitas na
pista para a terceira edição da Itaipava São Paulo Indy 300 Nestlé, que será
realizada neste fim de semana na região do Sambódromo, Zona Norte da capital
paulista. Cotman disse também que a estrutura é uma das melhores do calendário
no que se refere à visibilidade para as marcas envolvidas. No domingo (29/04),
a largada para a corrida está marcada para as 12h30, com transmissão da Band,
BandSports, rádios Bandeirantes e BandNews FM e band.com.br.

“Quando inauguramos uma pista nova, procuramos selecionar o que há de
melhor em cada circuito e mandar para os organizadores locais. Aqui no Brasil,
a estrutura que envolve a prova é uma das melhores do mundo. A apresentação da
corrida é, sem dúvida, um dos pontos fortes da etapa de São Paulo”,
afirmou Cotman. “A qualidade da apresentação da pista, dos painéis e de
tudo o que envolve a publicidade é excelente”, complementou.

Outro assunto bastante discutido nas duas primeiras edições da prova foi a
quantidade de água que ficou acumulada na pista devido às chuvas. O projetista
afirmou que foram feitas mudanças no sistema de drenagem. “Nas provas
urbanas, fica difícil criar um sistema que elimine toda a água da pista. Em
Long Beach, perdemos um dia inteiro de atividades devido às chuvas intensas.
Aqui no Brasil, percebemos que chove constantemente, por isso não tem muito o
que fazer. Agora, a partir do momento que para de chover, percebemos que o
sistema de drenagem suga a água e a pista seca rapidamente”, afirmou.
“Gostaria que não chovesse, mas estamos no Brasil”, continuou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *