IndyCar: Ryan Briscoe vence no Texas

O australiano Ryan Briscoe (Penske) venceu na noite deste sábado (05/06), o GP do Texas, nos EUA, 7ª etapa da temporada. Foi a primeira vitória de Briscoe no ano e sexta na categoria. A norte-americana Danica Patrick (Andretti Autosport) terminou em 2º, seguida pelo parceiro de equipe e compatriota Marco Andretti.

A dupla da Ganassi, o neozelandês Scott Dixon e o escocês Dario Franchitti terminaram em 4º e 5º. Tony Kanaan (Andretti Autosport) foi o melhor brasileiro na 6ª posição.

Entre os outros brasileiros Vitor Meira (A.J.Foyt) foi o 10º, Raphael Matos (de Ferran Dragon Racing), 16º e Mario Romancini (Conquest) o 17º.

Helio Castroneves (Penske) e Mario Moraes (KV Racing) se envolveram em um toque na 129ª volta, quando Moraes espremeu Castroneves no muro. Os dois carros saíram deslizando pela pista, com o belga Bertrand Baguette (Conquest), passando no meio dos dois Dallara-Honda. Helio saiu irritado do carro, indo para cima de Mario, que ainda dentro do carro, ouviu um monte do piloto da Penske, que antes da batida, sem comunicação via rádio, vinha perdendo rendimento e posições na pista. Baguette, com a frente do carro quebrada,  abandonou nos pits. Moraes disse depois que seu spotter não avisou da presença de Castroneves.

Pole-position Briscoe manteve a ponta na largada, seguido por Franchitti, que na 8ª volta conseguiu a ultrapassagem, com Briscoe rapidamente reassumindo a posição. Na primeira rodada de pit stops, em bandeira amarela devido a detritos na pista, o vencedor das 500 Milhas de Indianápolis assumiu a liderança, com Briscoe perdendo tempo e caindo para 5º. Na 56ª volta o japonês Takuma Sato (KV Racing) acertou o muro, provavelmente por quebra da suspensão, provocando uma amarela.

Franchitti passou a ser pressionado pelo então líder do campeonato, o australiano Will Power (Penske) até que na 97ª volta a suíça Simona de Silvestro (HVM) bateu muito forte no muro, acionando outra amarela. O carro da novata pegou fogo com ela, muito assustada,  sendo praticamente arrancada do cockpit pela equipe de resgate. Apesar do susto a pilota teve apenas queimaduras leves nas mãos.

Power pegou pedaços de carros durante a amarela, tendo que fazer uma parada extra para reparos, caindo para o fim do pelotão. Na relargada Franchitti manteve a ponta, seguido de perto por Briscoe. Na 129ª volta aconteceu o toque entre Castroneves e Moraes e mais uma bandeira amarela.

O canadense Alex Tagliani (Fazzt) e Power não entraram nos pits durante a amarela, assumindo as duas primeiras posições na relargada, na 139ª volta, seguidos por Franchitti e Dixon.

Na 167ª volta Tagliani entrou nos boxes. A equipe se enrolou, com o piloto saindo antes da hora, ficando com a mangueira presa no carro e derrubando um mecânico. Tagliani levou u drive-through. Três voltas depois Power fez a sua parada, deixando a liderança para Briscoe. Patrick era a 2ª colocada, seguida por Andretti. Franchitti perdeu rendimento caindo para 13º.

Na 189ª volta Andretti entrou nos boxes, com Patrick entrando na seguinte e Briscoe na 191º volta. Power reapareceu na 3ª posição, mas faltando cinco voltas para o final teve que fazer um splash and go, perdendo uma volta.

Bricoe venceu com 1s4629 de vantagem sobre Patrick, que conseguiu o seu melhor resultado no ano até agora. Andretti foi o 3º.

Com o 5ª lugar Franchitti assumiu a liderança do campeonato com 246 pontos, três a mais do que Power, o 14º no Texas. Dixon é o 3º com 235, seguido por Castroneves, com 211. Briscoe é o 5º com 208.

A próxima etapa acontece em Iowa, no dia 20 de junho.

Final:

1º Ryan Briscoe (AUS) Penske 228 voltas em 02h04m47s1555
2º Danica Patrick (EUA) Andretti Autosport 02h04m48s6184
3º Marco Andretti (EUA) Andretti Autosport 02h04m49s4717
4º Scott Dixon (NZL) Chip Ganassi 02h04m50s2325
5º Dario Franchitti (ESC) Chip Ganassi 02h04m54s7437
6º Tony Kanaan (BRA) Andretti Autosport 02h04m55s2219
7º Ryan Hunter-Reay (EUA) Andretti Autosport 02h05m01s0945
8º Alex Lloyd (ING) Dale Coyne Racing 02h05m01s4639
9º Dan Wheldon (ING) Panther Racing 02h05m02s2414
10º Vitor Meira (BRA) A J Foyt Enterprises 02h05m02s9805
11º Ernesto José Viso (VEN) KV Racing Technology 02h05m06s0242
12º Hideki Mutoh (JAP) Newman Haas Racing + 1 volta
13º Tomas Scheckter (AFS) Dreyer & Reinbold Racing + 1 volta
14º Will Power (AUS) Penske + 1 volta
15º Sarah Fisher (EUA) Sarah Fisher Racing + 1 volta
16º Raphael Matos (BRA) De Ferran Dragon Racing + 2 voltas
17º Mario Romancini (BRA) Conquest Racing + 2 voltas

18º Alex Tagliani (CAN) FAZZT Race Team + 3 voltas
19º Justin Wilson (ING) Dreyer & Reinbold Racing + 3 voltas
20º Helio Castroneves (BRA) Penske Acidente
21º Mario Moraes (BRA) KV Racing Technology Acidente

22º Bertrand Baguette (BEL) Conquest Racing Acidente
23º Milka Duno (VEN) Dale Coyne Racing Falha mecânica
24º Simona de Silvestro (SUI) HVM Racing Acidente
25º Takuma Sato (JAP) KV Racing Technology Acidente
26º Jay Howard (ING) Sarah Fisher Racing Falha mecânica

Campeonato:

1º Dario Franchitti – 246 pontos
2º Will Power – 243 pontos
3º Scott Dixon – 235 pontos
4º Hélio Castroneves – 211 pontos
5º Ryan Briscoe – 208 pontos
6º Ryan Hunter Reay – 201 pontos
7º Justin Wilson – 179 pontos
8º Tony Kanaan – 179 pontos
9º Marco Andretti – 169 pontos
10º Dan Wheldon – 164 pontos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *