IndyCar: Scott Dixon vence em Mid-Ohio

O neozelandês Scott Dixon (Ganassi) venceu neste domingo (05/08), o GP de Mid-Ohio, 12ª etapa da temporada. Foi a segunda vitória de Dixon no ano. O australiano Will Power (Penske) e o francês Simon Pagenaud (Schmidt Hamilton) completaram o pódio.

Quarto no grid, Dixon superou Power, que largou na pole-position, na saída do Pit Lane, durante o último pit stop, na 57ª volta. Ao final das 85 voltas Dixon recebeu a bandeirada com 3s4619 de vantagem sobre Power, que teve que se preocupar com os avanços de Pagenaud nas voltas finais.                 

Foi a quarta vitoria de Dixon, nas seis últimas provas na pista de 2.258 milhas.

O francês Sébastien Boudais (Dragon) terminou em 4º, seguido pelo canadense James Hichcliffe (Andretti Autosport). O brasileiro Tony Kanaan (KV Racing) fez uma grande prova, terminando em 6º, após alinhar em 18º.

O australiano Ryan Briscoe (Penske) terminou em 7º, seguido pelos norte-americanos Marco Andretti (Andretti Autosport) e J.R.Hildebrand (Panther) e o canadense Alex Tagliani (Bryan Herta Autosport).

Entre os demais brasileiros Rubens Barrichello (KV Racing) terminou em 15º, seguido por Helio Castroneves (Penske).

O escocês Dario Franchitti (Ganassi) alinhou na primeira fila, mas perdeu muitas posições após o primeiro pit stop. Na segunda rodada de pits, ele acabou danificando a asa dianteira de seu carro, em um toque com Hichcliffe, que retornou a pista logo a sua frente. Franchitti terminou em 17º.

O norte-americano Ryan Hunter-Reay (Andretti Autosport), que começou a prova como líder do campeonato, com problemas no motor de seu carro, foi o único a abandonar a prova.

A prova, sem bandeiras amarelas, foi toda disputada em bandeira verde. Desde 1987, não aconteciam duas provas seguidas sem bandeira amarela.

Power liderou 57 voltas (1-57), Dixon 26 (60-85) e Hinchcliffe duas (58-59).

O espanhol Oriol Servia (Panther/Dreyer & Reinbold Racing) marcou a melhor volta: 1m07s1757, 121.008 mph, na 66ª volta.

Power reassumiu a ponta do campeonato com 379 pontos. Hunter-Reay caiu para 2º com 374 pontos.  Castroneves é o 3º com 353 pontos, seguido por Dixon com 351.

A próxima etapa acontece em Sonoma, no dia 26 de agosto. 

Final:

1º. Scott Dixon (NZL/Chip Ganassi-Honda), 85 voltas em 1h39m48s5083
2º. Will Power (AUS/Penske-Chevrolet), a 3s4619
3º. Simon Pagenaud (FRA/Schmidt Hamilton-Honda), a 4s5402
4º. Sébastien Bourdais (FRA/Dragon-Chevrolet), a 5s5822
5º. James Hinchcliffe (CAN/Andretti-Chevrolet), a 7s5663
6º. Tony Kanaan (BRA/KV-Chevrolet), a 12s3280
7º. Ryan Briscoe (AUS/Penske-Chevrolet), a 27s9601
8º. Marco Andretti (EUA/Andretti-Chevrolet), a 28s1691
9º. J. R. Hildebrand (EUA/Panther-Chevrolet), a 29s2325
10º. Alex Tagliani (CAN/BHA-Honda), a 31s1722
11º. Graham Rahal (EUA/Chip Ganassi-Honda), a 31s4387
12º. Josef Newgarden (EUA/Fisher Hartman-Honda), a 32s0754
13º Takuma Sato (JAP/Rahal Letterman-Honda), a 32s4073
14º. Giorgio Pantano (ITA/Chip Ganassi-Honda), a 33s9166
15º Rubens Barrichello (BRA/KV-Chevrolet), a 35s2863
16º. Hélio Castroneves (BRA/Penske-Chevrolet), a 35s9205

17º. Dario Franchitti (ESC/Chip Ganassi-Honda), a 36s9834
18º. Justin Wilson (ING/Dale Coyne-Honda), a 42s0974
19º. James Jakes (ING/Dale Coyne-Honda), a 46s4304
20º. Ernesto Viso (VEN/KV-Chevrolet), a 46s8068
21º. Mike Conway (ING/A. J. Foyt-Honda), a 46s9535
22º. Ed Carpenter (EUA/Carpenter-Chevrolet), a 1 volta
23º. Simona de Silvestro (SUI/HVM-Lotus), a 2 voltas
24º. Ryan Hunter-Reay (EUA/Andretti-Chevrolet), a 6 voltas
25º. Oriol Servià (ESP/DRR Panther-Chevrolet), a 7 voltas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *