IndyCar: Scott Dixon vence GP do Texas

O neozelandês Scott Dixon (Chip Ganassi Racing) venceu no sábado (09/06) o GP do Texas, no Texas Motor Speedway, em Fort Worth, nona etapa da temporada. Foi a segunda vitória de Dixon no ano, e 43ª na categoria. O francês Simon Pagenaud (Team Penske) e o norte-americano Alexander Rossi (Andretti Autosport) completaram o pódio.

Saindo da sétima posição do grid, Dixon assumiu a ponta pela primeira, e definitiva vez, na 130ª, de 248 voltas disputadas. Recebendo a bandeira quadriculada com 4s2943 de vantagem sobre Pagenaud. Rossi completou o pódio.

IndyCar: Scott Dixon vence GP do Texas

O canadense James Hinchcliffe (Schmidt Peterson Motorsports) terminou em quarto, seguido pelos norte-americanos, Ryan Hunter-Reay (Andretti Autosport) e Graham Rahal (Rahal Letterman Lanigan Racing).

 O japonês Takuma Sato (Rahal Letterman Lanigan Racing), o francês Sébastien Bourdais (Dale Coyne Racing), Ed Jones (Chip Ganassi Racing), dos Emirados Árabes Unidos, e o norte-americano Charlie Kimball (Carlin) completaram os dez primeiros.

Pole-position o norte-americano Josef Newgarden (Team Penske) terminou apenas na 13ª posição. Ele marcou a melhor volta da prova, logo na primeira volta: 23s4197 (221,352 mph).

Os brasileiros Tony Kanaan e Matheus Leist, parceiros na A.J.Foyt Enterprises, abandonaram no início da prova. Ambos com problemas mecânicos.

Com a parte de trás do carro em chamas, Leist saiu o mais rápido possível do cockpit logo na sétima volta. Provocando a primeira bandeira amarela da prova.

A segunda bandeira amarela aconteceu apenas na 173ª volta, depois do toque entre o canadense Robert Wickens (Schmidt Peterson Motorsports) e o norte-americano Ed Carpenter (Ed Carpenter Racing) na curva três, que mandou os dois carros para o muro.

A terceira e última amarela aconteceu na 205ª volta, depois de um toque entre o australiano Will Power (Team Penske)  e o canadense Zachary Claman De Melo (Dale Coyne Racing) na curva quatro.

Dixon assumiu a liderança do campeonato com 357 pontos, 23 a mais do que Rossi.     

A próxima etapa acontece em Road America, em Elkhart Lake, no dia 24 de junho.

Final:

1 – Scott Dixon (Dallara-Honda) Ganassi – 248 voltas
2 – Simon Pagenaud (Dallara-Chevy) Penske – 4″2943
3 – Alexander Rossi (Dallara-Honda) Andretti – 4″567
4 – James Hinchcliffe (Dallara-Honda) SPM – 5″0869
5 – Ryan Hunter-Reay (Dallara-Honda) Andretti – 6″7301
6 – Graham Rahal (Dallara-Honda) RLL – 7″2744
7 – Takuma Sato (Dallara-Honda) RLL – 8″3457
8 – Sebastien Bourdais (Dallara-Honda) Coyne – 9″4523
9 – Ed Jones (Dallara-Honda) Ganassi – 25″0938
10 – Charlie Kimball (Dallara-Chevy) Carlin – 1 volta
11 – Spencer Pigot (Dallara-Chevy) ECR – 1
12 – Max Chilton (Dallara-Chevy) Carlin – 1
13 – Josef Newgarden (Dallara-Chevy) Penske – 4
14 – Marco Andretti (Dallara-Honda) Andretti – 4
15 – Gabby Chaves (Dallara-Chevy) Harding – 8
16 – Zach Veach (Dallara-Honda) Andretti – 10

Abandonos:

Zachary Claman De Melo (Dallara-Honda) Coyne – 206 voltas
Will Power (Dallara-Chevy) Penske – 206
Robert Wickens (Dallara-Honda) SPM – 172
Ed Carpenter (Dallara-Honda) SPM – 169
Tony Kanaan (Dallara-Chevy) – Foyt – 32
Matheus Leist (Dallara-Chevy) – Foyt – 6

Campeonato:
1. Dixon 357; 2. Rossi 334; 3. Power 321; 4. Hunter-Reay 308; 5. Newgarden 289.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *