IndyCar: Simon Pagenaud vence em Indianápolis

O francês Simon Pagenaud (Schmidt Peterson Hamilton Motorsports) venceu neste sábado (10/05), a primeira prova da história da IndyCar disputada no traçado misto do Indianápolis Motor Speedway, quarta etapa da temporada. O norte-americano Ryan-Hunter-Reay (Andretti Autosport) e o brasileiro Hélio Castroneves (Penske) completaram o pódio.

Em uma prova marcada por diversos acidentes, Pagenaud soube economizar combustível suficiente para levar o carro até o final. O francês, que fez a sua última parada nos boxes na 54ª volta, assumiu a ponta quando o espanhol Oriol Servia (Rahal), que liderava, foi para os boxes reabastecer, faltando três voltas para o final.

Hunter-Reay, que também fez a última parada na 54ª volta, terminou em segundo. Completando 39 anos hoje, Castroneves liderou até fazer o seu último pit, na 70ª volta.

O francês Sébastien Bourdais (KV Racing) foi o quarto, seguido pelo norte-americano Charlie Kimball e o australiano Ryn Briscoe (que se recuperou de um drive-through por irregularidades nos pits), ambos da Ganassi.

O norte-americano Jack Hawksworth (Herta), líder por 31 voltas, terminou na 7ª posição, seguido pelo australiano Will Power (Penske), que levou um drive-through por uma irregularidade nos pits. O japonês Takuma Sato (Foyt) e o brasileiro Tony Kanaan (Ganassi) fecharam os dez primeiros.

Logo na largada, o pole-position, o colombiano Sebastian Saavedra (AFS KV AFS Racing) ficou parado no grid. Vários carros conseguiram desviar do colombiano, contudo vindos do final do pelotão, o também colombiano Carlos Muñoz (Andretti Autosport) e o russo Mikhail Aleshin (Schmidt Peterson Hamilton Motorsports) acertaram o carro de Saavedra. Aleshin acertou o carro em alta velocidade, com ambos os carros ficando destruídos. Os pilotos saíram ilesos, com Saavedra chegando até os boxes muito frustrado, após a festa pela pole.

Na metade da prova, o britânico Martin Plowman (Foyt), estreando na temporada, acertou com força a traseira do francês Franck Montagny (Andretti Autosport), que também fazia a sua primeira prova no ano. O carro de Montagny ficou destruído. Plowman, entretanto, conseguiu retornar a prova.    

Atual campeão, o neozelandês Scott Dixon (Ganassi) terminou apenas na 15ª posição. Logo no começo da prova, Dixon forçou uma ultrapassagem sobre Power, e acabou saindo da pista. Ele retornou a prova, mas com uma volta de atraso.

Durante a bandeira amarela, um fato inusitado aconteceu, enquanto alguns pilotos faziam a segunda parada para troca de pneus e reabastecimento, o Pace Car que liderava a carreata em bandeira amarela, teve uma falha de motor, ficando pelo meio do caminho.

O canadense James Hinchcliffe (Andretti Autosport) se envolveu em um incidente na 57ª volta, e logo depois encostou o seu carro. Reclamando de dores, o piloto foi levado para o Centro Médico do circuito, e depois transportado para o Hospital Metodista de Indianápolis. Hinchcliffe foi diagnosticado com uma concussão, e será reavaliado antes de ser liberado para voltar a pilotar.

Amanhã começam os treinos livres para as 500 Milhas de Indianápolis. Os treinos classificatórios acontecem nos dias 17 e 18 de maio, e a prova no dia 25.

Final:

1. #77 Simon Pagenaud Schmidt Peterson Motorsports Honda 82 voltas em 2h04m240261s
2. #28 Ryan Hunter-Reay Andretti Autosport Honda + 0.8906s
3. #3 Helio Castroneves Team Penske Chevrolet + 1.8244s
4. #11 Sebastien Bourdais KVSH Racing Chevrolet + 2.5406s
5. #83 Charlie Kimball Novo Nordisk Chip Ganassi Racing Chevrolet + 5.3007s
6. #8 Ryan Briscoe NTT Data Chip Ganassi Racing Chevrolet + 9.1914s
7. #98 Jack Hawksworth Bryan Herta Autosport Honda + 14.6161s
8. #12 Will Power Team Penske Chevrolet + 18.5958s
9. #14 Takuma Sato AJ Foyt Racing Honda + 20.9721s
10. #10 Tony Kanaan Target Chip Ganassi Racing Chevrolet + 21.4539s
11. #19 Justin Wilson Dale Coyne Racing Honda + 26.475s
12. #16 Oriol Servia Rahal Letterman Lanigan Racing Honda + 29.6561s
13. #18 Carlos Huertas Dale Coyne Racing Honda + 33.0827s
14. #25 Marco Andretti Andretti Autosport Honda + 1:04.2370s
15. #9 Scott Dixon Target Chip Ganassi Racing Chevrolet + 1:08.6263s
16. #2 Juan Pablo Montoya Team Penske Chevrolet + 1 laps
17. #67 Josef Newgarden Sarah Fisher Hartman Racing Honda + 2 voltas
18. #41 Martin Plowman AJ Foyt Racing Honda + 2 voltas

Abandonos
#20 Mike Conway Ed Carpenter Racing Chevrolet + 24 voltas
#27 James Hinchcliffe Andretti Autosport Honda + 26 voltas
#15 Graham Rahal Rahal Letterman Lanigan Racing Honda + 32 voltas
#26 Franck Montagny Andretti Autosport Honda + 35 voltas
#17 Sebastian Saavedra KV AFS Racing Chevrolet + 82 voltas
#34 Carlos Munoz Andretti Autosport – HVM Racing Honda + 82 voltas
#7 Mikhail Aleshin Schmidt Peterson Motorsports Honda + 80 voltas

Volta mais rápida:

#9 Scott Dixon Target Chip Ganassi Racing Chevrolet 124.711 mph 70.4062s na volta 76

Campeonato:

1. Will Power 149pts
2. Ryan Hunter-Reay 148pts
3. Simon Pagenaud 143pts
4. Helio Castroneves 102pts
5. Scott Dixon 102pts
6. Mike Conway 93pts
7. Marco Andretti 89pts
8. Justin Wilson 87pts
9. Tony Kanaan 82pts
10. Sébastien Bourdais 81pts
11. Ryan Briscoe 80pts
12. Takuma Sato 75pts
13. Jack Hawksworth 71pts
14. Josef Newgarden 71pts
15. Juan Pablo Montoya 70pts
16. Charlie Kimball 67pts
17. Sebastian Saavedra 63pts
18. Carlos Huertas 63pts
19. Carlos Munoz 61pts
20. Mikhail Aleshin 59pts
21. James Hinchcliffe 56pts
22. Oriol Servia 55pts
23. Graham Rahal 55pts
24. Martin Plowman 12pts
25. Franck Montagny 8pts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *