IndyCar: Tony disputa neste sábado o GP da Austrália de Fórmula Indy

Brasileiro acredita que será uma amostra da competitividade de 2009.

O brasileiro Tony Kanaan já está em Sufers’s Paradise onde na madrugada deste sábado (25) disputa a prova extracampeonato da Fórmula Indy, o GP da Austrália, última corrida do ano da categoria. O circuito proveniente da extinta Champ Car busca uma vaga no calendário da temporada 2009. Para Kanaan, que finalizou o campeonato na 3a colocação, será um treino de luxo para a disputa do ano que vem.

“Além de eu gostar do país e da pista, acho que será uma boa amostra do que teremos em 2009. Alguns pilotos, como o Dan Wheldon, Dário Franchitti e o Vitor Meira já estarão com seus novos times, então, acho que será uma disputa bem legal. E independente de valer pontos ou não, quando a bandeira verde for agitada será tudo igual, como se estivéssemos no meio da temporada”, comentou Kanaan, que renovou seu contrato com a Andretti Green Racing por mais cinco anos, ou seja, até o final de 2013.

O GP da Austrália será a festa de encerramento após o primeiro ano de reunificação com a Champ Car. A logística da Fórmula Indy para levar a bagagem das 13 equipes, no total de 36 carros, entre titulares e reservas, obtiveram números expressivos. Foram cerca de 500 pneus, 9055 galões de ethanol e um total de 400 mil libras de equipamentos que foram transportadas em dois aviões de carga 747 no trajeto: Indianápolis, Los Angeles, Honolulu, Fiji e Austrália, ou seja, 7.800 milhas.

“Embora o clima seja mais descontraído, as duas primeiras corridas de 2009 são em circuitos mistos e teremos no mínimo oito provas nesse tipo, então, com certeza vamos trabalhar bastante nesse final de semana. Será uma prova emocionante para os fãs e importante para a gente”, comentou o brasileiro, que semana passada manteve o ritmo ao conquistar uma vitória com a AGR na corrida de encerramento da ALMS (American Le Mans Series), em Laguna Seca.

Kanaan, Hélio Castroneves (Penske), Vitor Meira (AJ Foyt), Mário Moraes (Dale Coyne), Bruno Junqueira (Dale Coyne) e Jaime Câmara (Conquest) formam o time que representará o Brasil na pista australiana. Entre os 24 pilotos inscritos, dois são anfitriões, Ryan Briscoe (Penske) e Will Power (KV Racing). O GP da Austrália será transmitido ao vivo pela Band para todo o Brasil.

Novo capacete

O brasileiro Tony Kanaan correrá o GP da Austrália com uma nova pintura em seu capacete estilizada por Sid Mosca. Desta vez, Kanaan apoiará o projeto “Bota Pra Fazer” www.botaprafazer.org.br que busca despertar nos jovens uma atitude empreendedora, ou seja, na prática, é potencializar a sua criatividade, seja no trabalho, na faculdade, no bairro, na comunidade entre outros. E o movimento “Bota Pra Fazer” veio para ajudar quem tem iniciativa. A Endeavor, organização de apoio a empreendedores de alto impacto, lança nacionalmente o movimento “Bota pra Fazer” com o objetivo de inspirar os brasileiros a tirarem suas idéias do papel e a criarem novos negócios. O movimento foi criado porque estudioso perceberam que no mundo todo, grandes idéias são deixadas para trás por falta de estímulo ou de conhecimento. E isso, principalmente para um pais como no nosso, significa um grande desperdício de talento e inovação.

Além de Kanaan, grandes grandes empresários, como Luiz Seabra, fundador da Natura, Oskar Metsavah, da Osklen, Luiza Helena Trajano, do Magazine Luiza, José Júnior, do AfroReggae, Nega Gizza, da Central Única de Favelas, Rodrigo Baggio, da CDI, e o fundador da Dell, o empresário Michael Dell divulgarão suas trajetórias para inspirar outros empreendedores.

GP da Austrália

Quinta-feira (23) (Horário de Brasília)
20h00 – 21h30 – 1o Treino Livre
23h20 – 00h20 – 2o Treino Livre

Sexta-feira (24)
21h50 – 22h55 – 3o Treino Livre

Sábado (25/10)
01h10 – 02h50 – Treino Classificatório

Domingo (26/10)
00h40 – Corrida (60 voltas ou 1h50)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *