IndyCar: Tony Kanaan vence em Iowa

O brasileiro Tony Kanaan (Andretti Autosport) venceu neste domingo (20/06), no Iowa Speedway, a 8ª etapa da temporada. Foi a primeira vitória de Kanaan desde junho de 2008. O brasileiro Helio Castroneves (Penske) e o venezuelano E.J.Viso (KV Racing) fecharam o pódio.

Pole-position o australiano Will Power manteve a ponta no começo da prova, sendo pressionado pelo norte-americano Marco Andretti (Andretti Autosport) e o neozelandês Scott Dixon (Ganassi).

Na 33ª volta Power começou a ter problemas de dirigibilidade em seu Dallara-Honda, perdendo posições. Andretti assumiu a liderança, contudo dez voltas depois, com o mesmo problema de Power, o norte-americano foi superado por diversos carros.

A dupla da Ganassi assumiu as duas primeiras posições, com os dois lado a lado trocando de posição diversas vezes. Em uma parada movimentada nos boxes, Dixon, Castroneves e Kanaan se tocaram, com os três voltando à pista sem muitos danos nos carros.

Após a relargada, de uma bandeira amarela provocada pela batida da norte-americana Sarah Fisher na metade da prova, os dois carros da Ganassi passaram a ter entre eles dois carros da Andretti Autosport, com Kanaan e o norte-americano Ryan Hunter-Reay. Kanaan, vindo da 15ª posição no grid, começou uma longa batalha com Franchitti pela primeira posição. Atrás o japonês Takuma Sato (KV Racing) surpreendia, ao ultrapassar Andretti e Hunter-Reay, pela 3ª posição.

A boa prova do japonês, ex-F-1, acabou na 177ª volta, quando Sato acertou o muro, ao tentardar uma volta no inglês Alex Lloyd (Dale Coyne).

Todos pararam nos boxes com a bandeira amarela. Kanaan perdeu tempo, ao ser atrapalhado por Hunter-Reay, caindo para 3º. Com o rápido pit stop da equipe Penske, Castroneves era o 2º, atrás de Franchitti.

Faltando 43 voltas para o final a caixa de marchas de Franchitti quebrou, dando a liderança a Castroneves, com Kanaan em segundo. Na 239ª volta Kanaan foi para cima do compatriota, conseguindo a ultrapassagem para vencer pela primeira vez desde o GP de Richmond em 2008. Helio foi o 2º, quatro segundos atrás.  Viso, em 3º, conquistou o seu melhor resultado na categoria.

O australiano Ryan Briscoe (Penske) foi o 4º, seguido pelo parceiro de equipe Power. Dixon fechou os seis primeiros. O brasileiro Vitor Meira (A.J.Fot) foi o último na mesma volta do vencedor, na 7ª posição, seguido por Hunter-Reay. Estreando na Dreyer&Reinbold, o norte-americano Graham Rahal terminou em 9º, com a compatriota Danica Patrick (Andretti-Autosport).

Entre os outros brasileiros Raphael Matos (De Ferran Dragon) chegou na 14ª posição, com Mario Romancini (Conquest) na 16ª. Mario Moraes (KV Racing) abandonou na primeira volta, quando foi colhido pelo carro do inglês Justin Wilson (Dale-Coyne), que rodou.

Power é o novo lider do campeonato, com 274 pontos, onze a mais do que Dixon. Franchitti, que caiu da primeira para a terceira posição, soma 3260 pontos. Em 4º Castroneves tem 251 pontos.

A próxima etapa acontece em Watkin Glen, nos EUA, no domingo 04 de julho.

Final:

1.  Tony Kanaan Andretti  250 voltas
2.  Helio Castroneves Penske + 4s2030
3.  EJ Viso KV + 5s2538
4.  Ryan Briscoe Penske + 9s0536
5.  Will Power Penske + 9s5902
6.  Scott Dixon Ganassi + 15s2683
7.  Vitor Meira Foyt + 16s8703
8.  Ryan Hunter-Reay Andretti + 1 volta
9.  Graham Rahal Dreyer & Reinbold  + 1 volta
10.  Danica Patrick Andretti + 1 volta
11.  Dan Wheldon Panther + 1 volta
12.  Alex Tagliani Fazzt  + 2 voltas
13.  Alex Lloyd Dale Coyne + 2 voltas
14.  Raphael Matos De Ferran Dragon + 3 voltas
15.  Marco Andretti  Andretti + 6 voltas
16.  Mario Romancini Conquest + 6 voltas
17.  Bertrand Baguette Conquest + 13 voltas

Abandonos:

Dario Franchitti Ganassi  212 voltas
Takuma Sato KV  177 voltas
Hideki Mutoh Newman/Haas 131 voltas
Simona de Silvestro  HVM 128 voltas
Sarah Fisher  Sarah Fisher  92 voltas
Milka Duno Dale Coyne 31 voltas
Justin Wilson Dreyer & Reinbold  0 voltas
Mario Moraes KV 0 volta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *