IndyCar: Will Power vence em Toronto

O australiano Will Power (Team Penske) venceu no domingo (18/07), o GP de Toronto, disputado nas ruas da cidade canadense. Foi a terceira vitória de Power no ano, e 28ª no ano. O brasileiro Hélio Castroneves completou a dobradinha da Penske. O canadense James Hinchcliffe (Schmidt Peterson Motorsports) fechou o pódio.

Pole-position, o neozelandês Scott Dixon (Chip Ganassi Racing) dominou a primeira metade da prova. Perdendo a liderança apenas durante a rodada de pit stops.

Contudo uma bandeira amarela acabou com a liderança do tetracampeão da categoria. Vencedor da última etapa em Iowa, o norte-americano Josef Newgarden (Ed Carpenter Racing) bateu na curva cinco na 58ª volta. O piloto foi levado para o Centro Médico, sentindo dores na mão direita fraturada no GP do Texas. O piloto será reavaliado antes de ser liberado para voltar a pilotar.

Dixon, o colombiano Juan Pablo Montoya (Team Penske) e o francês Simon Pagenaud (Team Penske), que ocupavam as três primeiras posições, já tinha parado nos boxes, quando a amarela foi agitada. Com os três caindo para o meio do pelotão.

O brasileiro Tony Kanaan (Andretti Autosport) assumiu a liderança, seguido por Power. Quando Kanaan foi para os boxes, em bandeira verde, na 75ª volta, Power, que parou nos boxes pouco antes da amarela, assumiu a ponta.

Na 82ª volta o britânico Jack Hawksworth (A.J.Foyt Racing) acertou a barreira de pneus da curva cinco. Montoya, para não bater no carro parado, foi direto na barreira de pneus. Provocando a quinta amarela.

A prova recomeçou para mais uma volta em bandeira verde. Power manteve a ponta na relargada, vencendo com 1s5 de vantagem sobre Castroneves (que se recuperou depois de ter um pneu furado na 25ª volta). Hinchcliffe foi o terceiro.

Kanaan foi o quarto, seguido por Takuma Sato (A.J.Foyt Racing) e o russo Mikhail Aleshin (Schmidt Peterson Motorsport).

O francês Sébastien Bourdais (KVSH Racing), Dixon, Pagenaud e o norte-americano Marco Andretti (Andretti Autosport) completaram os dez primeiros.
Pagenaud lidera o campeonato com 432 pontos, seguido por Power com 385 e Castroneves com 358.

A próxima etapa acontece em Mid-Ohio, no dia 31 de julho.

Final:

1 – Will Power (Dallara DW12-Chevy) – Penske – 85 voltas
2 – Helio Castroneves (Dallara DW12-Chevy) – Penske – 1″5275
3 – James Hinchcliffe (Dallara DW12-Honda) – Schmidt – 2″5303
4 – Tony Kanaan (Dallara DW12-Chevy) – Ganassi – 3″7758
5 – Takuma Sato (Dallara DW12-Honda) – Foyt – 4″0568
6 – Mikhail Aleshin (Dallara DW12-Honda) – Schmidt – 5″1145
7 – Sebastien Bourdais (Dallara DW12-Chevy) – KV – 5″6393
8 – Scott Dixon (Dallara DW12-Chevy) – Ganassi – 6″1020
9 – Simon Pagenaud (Dallara DW12-Chevy) – Penske – 6″6355
10 – Marco Andretti (Dallara DW12-Honda) – Andretti – 6″9746
11 – Charlie Kimball (Dallara DW12-Chevy) – Ganassi – 7″4782
12 – Ryan Hunter-Reay (Dallara DW12-Honda) – Andretti – 8″0690
13 – Graham Rahal (Dallara DW12-Honda) – Rahal – 8″5989
14 – Luca Filippi (Dallara DW12-Honda) – Coyne – 8″9217
15 – Conor Daly (Dallara DW12-Honda) – Coyne – 9″4068
16 – Alex Rossi (Dallara DW12-Honda) – Andretti – 9″6896
17 – Carlos Munoz (Dallara DW12-Honda) – Andretti – 10″0568
18 – Max Chilton (Dallara DW12-Chevy) – Ganassi – 10″6502
19 – Spencer Pigot (Dallara DW12-Honda) – Rahal – 11″4494
20 – Juan Montoya (Dallara DW12-Chevy) – Penske – 1 volta

Volta mais rápida: Helio Castroneves – 1’00”8127

Abandonos:

Jack Hawksworth (Dallara DW12-Honda) – Foyt – 80 voltas
Josef Newgarden (Dallara DW12-Chevy) – ECR – 58 voltas

Campeonato:

1. Pagenaud 432; 2. Power 385; 3. Castroneves 358; 4. Dixon 349; 5. Newgarden 344.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *