IndyCar: Will Power vence GP de Watkins Glen

O australiano Will Power (Penske) venceu neste domingo (04/07), o GP de Watkins Glen, nos EUA, 9ª etapa da temporada. Foi a 3ª vitoria do líder do campeonato no ano. Seu compatriota, e companheiro de equipe, Ryan Briscoe foi o 2º, com o escocês Dario Franchitti (Ganassi) fechando o pódio.

Pole-position Power manteve a ponta na largada, com Briscoe passando o outro parceiro de equipe, o brasileiro Helio Castroneves, pouco depois.

Na 6ª volta Franchitti ultrapassou Castroneves. Na volta seguinte o segundo piloto da Ganassi, o neozelandês Scott Dixon também passou Castroneves, contudo tocou no Penske, danificando a asa dianteira e furando o pneu traseiro esquerdo do Dallara-Honda do brasileiro. Ambos foram para os boxes retornando em 21º (Dixon) e 25º (Castroneves).

Na disputa por posiçõesnas primeiras voltas, destaque para a luta entre o veterano Paul Tracy (Dreyer & Reinbold), em sua primeira prova no ano, e o estreante irlandês Adam Carroll (AFS/Andretti Autosport)pelo 9º lugar. Tracy chegou a jogar o carro para cima do novato, após errar e dar uma escapada.

Na 16ª volta o inglês Dan Wheldon (Panther) levou um toque do compatriota Alex Lloyd (Dale-Coyne), ficando parado na pista, com a bandeira amarela sendo acionada pela primeira vez. Wheldon conseguiu retornar a prova sem perder a volta. A maioria dos pilotos aproveitou para entrar pela primeira vez nos boxes, para o reabastecimento e troca de pneus.

Dixon, o venezuelano Ernesto Viso (KV), o canadense Alex Tagliani (FAZZT), e Castroneves, com sequencias diferentes de paradas, permaneceram na pista, assumindo as primeiras posições.

A relargada aconteceu na 21ª volta. Com Dixon, Viso, Tagliani e Castroneves novamente nos boxes, Power retornou a liderança, seguido de Briscoe, o brasileiro Raphael Matos (de Ferran Dragon) que passou Franchitti na relargada, e o brasileiro Mario Moraes (KV Racing).

Na 38ª volta Power e Briscoe entraram juntos nos boxes, com o piloto do carro nº6 saindo à frente do carro nº 12. Na seguinte Franchitti, que já havia retomado a posição de Matos, fez a sua parada.

A suíça Simona de Silvestro (HVM) escapou da pista na 39ª volta, batendo com força no muro de proteção. Segunda amarela da prova.

A bandeira verde foi agitada na 44ª volta, com Power reassumindo a liderança, ao ultrapassar Briscoe. Franchitti foi para cima de Briscoe, conquistando a segunda posição na 47ª volta.

Faltando dez voltas para o final, a ordem era: Power, Franchitti, Briscoe, Matos, Wheldon e Moraes. Na 55ª Moraes superou Wheldon. Na última volta Briscoe ultrapassou Franchitti, garantindo a dobradinha para a Penske.

Power, que liderou 45 das 60 voltas, venceu com 1s2181 de frente sobre Power, com Franchitti em 3º. Matos foi o 4º, seguido por Moraes e Wheldon. Depois de ficar parado nos pits, caindo para último, o norte-americano Ryan Hunter-Reay (Andretti Autosport) terminou em 7º, com Dixon em 8º e Castroneves na 9ª posição. Vencedor da prova de 2009, o inglês Justin Wilson (Dreyer & Reinbold) completou os dez primeiros. Após o forte acidente no treino livre de sábado Viso foi o 11º.

O japonês Takuma Sato (KV) chegou a andar em 4º, quando teve que entrar nos boxes uma volta antes do previsto pela equipe. O ex-piloto de F-1 terminou em 15º, entre Tracy e Carroll.

Entre os demais brasileiros Vitor Meira (Foyt) foi o 19º, Tony Kanaan (Andretti Autosport), que fez um splash and go na volta final quando era o 8º colocado, o 21º e Mario Romancini (Conquest), o 22º colocado.

Power lidera o campeonato com 327 pontos, 32 a mais do que Franchitti. Dixon é o 3º com 287. Castroneves com 273 é o 5º, com Tony Kanaan em 7º com 241.

A próxima etapa acontece no dia 18 de julho no Canadá nas ruas da cidade de Toronto.

Final:

1º Will Power (AUS) Penske 60 –
2º Ryan Briscoe (AUS) Penske 60 +1s2181
3º Dario Franchitti (ESC) Chip Ganassi 60 +2s6754
4º Raphael Matos (BRA) De Ferran Dragon Racing 60 +8s0208
5º Mario Moraes (BRA) KV Racing Technology 60 +9s229
6º Dan Wheldon (ING) Panther Racing 60 +9s523
7º Ryan Hunter-Reay (EUA) Andretti Autosport 60 +10s5003
8º Scott Dixon (NZL) Chip Ganassi 60 +12s0546
9º Helio Castroneves (BRA) Penske 60 +12s9834
10º Justin Wilson (ING) Dreyer & Reinbold Racing 60 +13s5635
11º Ernesto José Viso (VEN) KV Racing Technology 60 +18s7591
12º Hideki Mutoh (JAP) Newman Haas Racing 60 +20s2279
13º Marco Andretti (EUA) Andretti Autosport 60 +26s6965
14º Paul Tracy (JAP) Dreyer & Reinbold Racing 60 +27s7310
15º Takuma Sato (JAP) KV Racing Technology 60 +28s8774
16º Adam Carroll (IRL) Andretti Autosport 60 +29s3624
17º Alex Tagliani (CAN) FAZZT Race Team 60 +35s3753
18º Bertrand Baguette (BEL) Conquest Racing 60 +36s5350
19º Vitor Meira (BRA) A. J. Foyt Racing 60 +36s9869
20º Danica Patrick (EUA) Andretti Autosport 60 +38s2675
21º Tony Kanaan (BRA) Andretti Autosport 60 +38s6700
22º Mario Romancini (BRA) Conquest Racing 59 +1 volta
23º Milka Duno (BEN) Dale Coyne Racing 57 +3 voltas

Não completaram a prova:

24º Simona de Silvestro (SUI) HVM Racing 38 +38 voltas
25º Alex Lloyd (ING) Dale Coyne Racing 22 +22 voltas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *