IRL: Pilotos da F-Indy voltam à pista em Miami para novos testes coletivos

A 24 dias da primeira etapa do campeonato de 2006, os 18 pilotos da Fórmula Indy voltam à pista nesta quinta-feira (2) em Miami, para o início da última bateria de testes coletivos da pré-temporada. Serão três dias de testes. Na quinta e na sexta (3), as práticas acontecerão no circuito misto do Homestead Speedway. No domingo (5), os pilotos vão treinar no traçado oval de uma milha e meia, onde será disputada a corrida de 26 de março.


O primeiro teste coletivo de 2006 aconteceu nos dias 25 e 26 de janeiro, em Phoenix, no Arizona, com participação de três brasileiros – Tony Kanaan, pela Andretti-Green, Hélio Castroneves, da Penske, e Felipe Giaffone, da A.J. Foyt. Em Homestead, o Brasil passa a ter o reforço de Vitor Meira, que fechou contrato com a Panther no início de fevereiro e será o único piloto da equipe de Indianápolis nas 14 etapas previstas no calendário da Indy.

Meira mostra-se ciente de que terá pouco tempo na preparação para sua quinta temporada na Indy, a segunda em que vai participar de todas as provas. “O ideal seria a gente estar trabalhando desde janeiro, mas acabamos assinando o nosso contrato um pouco tarde. Nós trabalhamos muito nas últimas semanas, a equipe está fazendo o possível para estar competitiva já nesses treinos. A minha expectativa é grande”, comenta o brasileiro.

Seu principal objetivo nos testes em Homestead será a readaptação ao conjunto Dallara-Honda, já que nos dois últimos anos pilotou o chassi Panoz da Rahal-Letterman. “Não vou dizer que isso seja um aprendizado, porque eu já fiz várias corridas com o Dallara nos tempos em que corrida na Menard, mas vai ser interessante traçar um comparativo. Com três dias de pista liberada, poderemos ter uma boa noção das nossas condições”, diz.

Nos três dias, os testes coletivos em Homestead acontecerão em duas sessões, das 11h às 14h e das 15h às 18h30, horários de Brasília. No sábado (4), dia reservado a atividades promocionais para os pilotos da Fórmula Indy, vão para a pista os pilotos da série de acesso Indy Pro, que terão mais uma bateria de testes na segunda (6).

 

O GRID DE 2006

Os testes em Homestead terão em evidência as novidades do grid para a temporada, algumas delas já apresentadas nas práticas de janeiro em Phoenix. Além de Meira no cockpit da Panther, o campeão Dan Wheldon passa a defender a Chip Ganassi Racing. O substituto do neozelandês na Andretti-Green é o norte-americano Marco Andretti, filho de Michael, um dos donos do time. O sul-africano Tomas Scheckter, ex-Panther, passa a defender a Vision.

O norte-americano Paul Dana, que em 2005 participou de algumas provas pela Hemelgarn, será o terceiro piloto da Rahal-Letterman neste ano, ocupando a vaga deixada por Vitor Meira. Giaffone volta à categoria pela A.J. Foyt Enterprises, time pelo qual disputou as 500 Milhas de Indianápolis em 2005. Eddie Cheever Jr., vencedor de cinco provas da Indy, volta à categoria defendendo a Cheever, para disputar as quatro primeiras corridas do ano.

Os demais pilotos continuam nas equipes que defenderam em 2005. Tony Kanaan, Bryan Herta e Dario Franchitti mantêm-se na Andretti-Green. Buddy Rice e Danica Patrick seguem na Rahal-Letterman. Hélio Castroneves e Sam Hornish Jr. continuam na Penske. Scott Dixon, campeão de 2003, fica na Chip Ganassi. Scott Sharp fica na Delphi Fernandez. Kosuke Matsuura está inscrito pela Super Aguri Fernandez. Ed Carpenter continua como piloto da Vision.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *