Kart: Brasileiro estréia entre os “Top 10” no kartismo norte-americano

Ganhador do Qualifying Brasil, Rafael Martins disputou a rodada de abertura do Florida Winter Tour, em Miami, e se destacou entre os 34 competidores da categoria Mini Max.

O jovem piloto paulista Rafael Martins (Teuto/Applebee’s) terminou a rodada de abertura do Florida Winter Tour, realizada no último fim de semana em Miami, nos Estados Unidos, entre os “Top 10” da categoria Mini Max, uma das mais disputadas da competição. Vencedor do Qualifying Brasil – torneio idealizado pelo hexacampeão brasileiro Paulo Carcasci, que premiou o vencedor com todas as despesas de pista pagas para etapa de abertura do FWT –, Rafael fez neste fim de semana sua estréia internacional. E recebeu elogios de Carcasci por sua rápida adaptação ao equipamento, ao circuito e à forma de disputa das competições nos EUA.

 

“O Rafael fez apenas dois treinos antes da tomada de tempos, com um kart bem diferente daquele que está acostumado a guiar no Brasil. E terminou um torneio internacional, com mais de 30 karts, entre os Top 10. O resultado pode ser considerado bastante positivo e creio que cumprimos bem nosso objetivo com o Qualifying Brasil, que foi o de criar condições para que jovens talentos pudessem conhecer o kartismo norte-americano nesse período de pouca atividade no Brasil. Essa participação em Miami também deu ao Rafael a oportunidade de se preparar melhor para as competições nacionais, que começam em fevereiro”, declarou Carcasci.

 

Depois de apenas dois dias de treinos com o kart do FWT no circuito de Homestead, Rafael Martins classificou-se em 13º, e se manteve no pelotão dianteiro para completar a prova entre os dez melhores da categoria Rotax Mini Max – que equivale à Cadete do Brasil em relação à idade dos competidores, mas oferece um pacote técnico que os pilotos brasileiros só passam a ter contato a partir da categoria Junior Menor. “No futuro, possivelmente teremos no Brasil uma categoria Super Cadete, para que os pilotos mais jovens possam voltar a ter contado com motores dois tempos já no início da carreira. E isso, certamente, ajudará os brasileiros na preparação para competições internacionais, como essa”, encerrou Carcasci.

 

O melhor brasileiro na competição foi Pietro Fittipaldi, que treina e corre nos Estados Unidos desde o início de sua carreira. Ele fechou a etapa de abertura do FWT em sexto lugar. O resultado completo da primeira etapa do Florida Winter Tour foi o seguinte:

 

1) Jordan Perry, 15 voltas em 12min41s691

2) Kyle Kirkwood, a 0.241

3) Dalton Sargeant, a 1.466

4) Jack West, a 5.662

5) Jesse Lazare, a 5.832

6) Pietro Fittipaldi da Cruz, a 9.139

7) Collin Daley Jr., a 9.407

8) Austin Garrison, a 9.482

9) Mattia Drudi, a 10.969

10) Rafael Martins, a 17.141

11) Grant Quinlan, a 17.908

12) Santino Ferrucci, a 18.802

13) Olivier Bedard, a 19.579

14) Cameron Morrison, a 20.851

15) Diego Joubert, a 24.029

16) Sebastian Sierra, a 29.692

17) Javier Tejeda Vargas, a 31.993

18) Andy Parras, a 32.097

19) Justin Wood, a 34.240

20) Michael Lliteras, a 35.817

21) Angel D. Suazo, a 36.652

22) Garret Sargeant, a 36.745

23) Sebastian Coulson, a 40.615

24) Michael de Quesada, a 46.433

25) Derek James Sobel, a 1 volta

26) Evan Karr, a 4 voltas

27) Dore Chaponick Jr., a 5 voltas

28) Dominic Tesoro, a 35.347

29) Ethan Low, a 6 voltas

30) Nelson Gonzalez, a 11 voltas

31) Michael Bilyy, a 12 voltas

32) Gabriel Espino, a 15 voltas

33) Karl Weber, a 15 voltas

34) Riccardo Geltrude, a 15 voltas

 

* A segunda rodada do fim de semana, prevista para o domingo, foi interrompida por bandeira vermelha e integrará a programação da próxima etapa da competição, prevista para o dia 22 de fevereiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *