Kart: Carioca Voador é Campeão Brasileiro da Novatos

O kartista carioca Luir Miranda (Jaime Campos Motorsport/ Lofty/ C & C) conquistou no ultimo sábado (12/07) no Kartódromo Julio Ventura, em Eusébio – município da região metropolitana de Fortaleza (CE) -, o titulo de Campeão Brasileiro de Kart da edição 2008 do certame máximo nacional, competindo pela categoria Novatos.

Com apenas quinze anos de idade e oriundo de certames amadores de Kart Indoor, Miranda integrou a equipe brasileira que disputou e faturou em Phoenix (EUA) o titulo mundial de Kart Indoor. Estreou no kartismo de alto rendimento em 2007, competindo na competitiva categoria Pro 500 Light do Campeonato Paulista Granja Viana conquistando seguidas vitórias, o titulo de campeão ao final da temporada e o reconhecimento entre seus pares e a mídia especializada que passaram a chamá-lo de Carioca Voador. Nesta temporada 2008 partiu para novo desafio. Como novo pupilo da equipe Jaime Campos Motorsport – um dos maiores champion maker do Brasil – partiu para as provas com motores dois tempos e, claro, as vitórias não tardaram a suceder para garantir o titulo de Campeão do primeiro turno da categoria Sprinter B na Copa São Paulo Light de Kart.

Com esse curto, mas já invejável retrospecto é que Luir Miranda (Jaime Campos Motorsport/ Lofty/ C & C) desembarcou em Fortaleza (CE) para as disputas da 43ª edição do Campeonato Brasileiro de Kart, inserto no rol dos mais velozes kartistas do país na categoria Novatos. Após um primeiro dia de treinos livres para reconhecimento da pista – Miranda desconhecia totalmente o traçado do kartódromo de Eusébio -, Luir estabeleceu no treino matinal da quarta-feira (9/07) o segundo melhor tempo de volta da pratica. Prova inequívoca de que já estava plenamente adaptado aos segredos do circuito oficial do Kartódromo Julio Ventura e de que Jaime Campos já havia encontrado o “caminho das pedras” para o melhor ajuste do micromonoposto no extremamente irregular asfalto cearense.

No dia seguinte (quinta-feira) foi realizada a pratica classificatória que definiu o posicionamento dos bólidos no grid de largada da primeira das quatro baterias que integraram o certame nacional e Luir Miranda garantiu a quinta posição do partidor.

“Erramos um pouco no set-up para a tomada de classificação e não conseguimos lutar pela pole position, mas isso será corrigido ainda hoje e amanhã para a primeira bateria teremos um carro pronto para o Luir brigar pela vitória”, esclareceu o laureado preparador carioca Jaime Campos, logo após o treino de classificação.

No warm-up matinal do primeiro dia de corridas o vaticínio de Jaime Campos confirmou-se, com Miranda cravando a terceira melhor marca do treino de aquecimento, posto que repetiu ao final da primeira prova. Na segunda corrida as principais características do Carioca Voador sobressaíram-se. Reconhecidamente veloz e extremamente constante em ritmo de prova, Luir Miranda é também um piloto cerebral e estrategista nato com grande visão de corrida, fruto de uma carreira corretamente alicerçada em provas com motores quatro tempos, sempre equilibradas na performance e em quais qualquer erro, ou afoiteza são fatais para os resultados. Autorizada a largada, Pietro Fantin e Vinicius Perdigão partiram em combate franco pela liderança, seguidos por João Pedote na 3ª colocação e Gustavo Bertechini, Luana Pedrosa e Luir Miranda na seqüência.

Ainda na volta inicial Luir conquistou as posições de Luana e Bertechini, assumindo a 4ª posição na “bota” de Pietro Fantin que já tinha sido ultrapassado por Perdigão e Pedote. Na freada do final da reta dos boxes, ao buscar a ultrapassagem sobre Fantin, Pedrosa retomou a posição de Miranda, que caiu para o 5º posto. Duas voltas depois Fantin e Pedote bateram na disputa pela vice-liderança, perdendo as posições para Luana e Luir que vinham colados. Perdigão isolou-se na liderança com Luana em 2º e Luir inteligentemente comboiando em 3º, posicionamento que perdurou até a bandeira a quadros ser desfraldada.

Na segunda bateria Luir Miranda partiu com decisão para assumir a dianteira no contorno da primeira curva do circuito, mas após um toque em seu kart caiu novamente para a 3ª colocação, em qual fechou a primeira passagem. Novamente Perdigão na dianteira, Pedrosa em 2º e Miranda em 3º. Inteligentemente e visivelmente poupando equipamento e evitando envolver-se em um acidente, Luir deixou a luta pela ponta da corrida nas voltas iniciais entre Perdigão e Pedrosa, que conseguiu assumir a liderança. A luta entre Pedrosa e Perdigão era intestina e Luir pacientemente aguardava uma oportunidade de erro dos adversários, que não tardou a acontecer. Em uma tentativa de ultrapassagem de Perdigão sobre Pedrosa, Luir aproveitou a porta aberta assumindo o segundo lugar. Voltas depois, com o traçado de Luana cuidadosamente estudado, o Carioca Voador deu o bote certeiro que lhe garantiu a dianteira da corrida e a vitória com 2s340 de vantagem para Luana Pedrosa. Vitória da estratégia e da inteligência que garantiu para Luir Miranda (Jaime Campos Motorsport/ Lofty/ C & C) encerrar o primeiro dia de provas na liderança do campeonato!

No sábado as duas baterias finais que definiriam os campeões brasileiros de 2008. Partindo da pole position Miranda foi perfeito na largada, mantendo a dianteira e em forte ritmo de corrida ampliando a vantagem para os demais concorrentes. No decorrer da prova Miranda notou alguns dos principais concorrentes ao pódio fora da pista, com problemas em seus bólidos, pelo que reduziu o train de corrida para poupar o equipamento para a bateria final. Todavia, no decorrer do ultimo terço da corrida recebeu de uma pessoa com “jaleco” de mecânico parecida fisicamente com seu preparador Jaime Campos instrução para trocar de posição com Vinicius Perdigão, retardatário que se recordava ter visto parado à margem da pista. Buscando evitar qualquer acidente que lhe tirasse a segunda vitória, Luir abriu passagem deixando Perdigão descontar a volta de desvantagem. Na volta seguinte o mesmo mecânico sinalizou novamente, desta vez indicando para trocar de posição com o paranaense Pietro Fantin que vinha logo atrás. Certo que era instrução de seu preparador, Miranda abriu a porta e deixou Fantin ultrapassá-lo, para também descontar volta de desvantagem e, mantendo o ritmo, deixou Fantin abrir vantagem na pista.

O “detalhe” é que Jaime Campos não estava na pista e, pior, Fantin não era retardatário. Com a fraudulenta “orientação”, Luir Miranda entregara “de bandeja” a vitória para Pietro Fantin, completando a terceira bateria na segunda colocação!

Na largada da quarta e ultima bateria do Campeonato Brasileiro de Kart 2008, o Carioca Voador restabeleceu a verdade. Assim que autorizado o inicio da disputa Miranda ameaçou disputar pelo lado esterno a dianteira da corrida com Fantin, que defensivamente deixou seu kart “espalhar” para o lado externo da Curva 1 e não dar espaço para a manobra de Luir. Estrategista nato, Miranda já havia previsto essa manobra, freando antes e posicionando seu micromonoposto para contornar a curva pelo lado interno. Com precisão cirúrgica, Luir assumiu a dianteira da prova, com Fantin caindo para a 8ª colocação!

A partir de então o pupilo de Jaime Campos passou a imprimir forte ritmo, abrindo, de forma impressionante, toda a reta principal do circuito cearense de vantagem para Victor Luz e Luana Pedrosa que lutavam pela segunda colocação. Ao estilo veloz e cerebral de Emerson Fittipaldi e Alain Prost, o Carioca Voador Luir Miranda venceu com sobras para anotar seu nome no seleto rol dos Campeões Brasileiros de Kart. Tal qual o brasileiríssimo e saboroso feijão com arroz, Luir Miranda e Jaime Campos compuseram a receita perfeita para a conquista do titulo máximo nacional.

“Não sei nem o que dizer nesse momento. Só estou feliz, muito feliz e agradecido ao Jaime, aos patrocinadores Lofty e C&C e à Birel pelo kart perfeito e a oportunidade de disputar competitivamente o Brasileiro de Kart. O mérito dessa conquista é todo deles”, exclamou entre abraços o novo Campeão Brasileiro de Kart.

Humildade também é uma das qualidades do fantástico Carioca Voador!

Confira a pontuação final da categoria Novatos (PK) no 43º Campeonato Brasileiro de Kart:

1.- Luir Miranda (Jaime Campos Motorsport/ Lofty/ C & C) – RJ -, 42 pontos validos
2.- Luana Pedrosa (RJ), 34
3.- Victor Luz (BA), 32
4.- Vinícius Perdigão (TO), 31
5.- Victor Bastos (SP), 21
6.- Gustavo Bertechini (MG), 18
7.- Pietro Fantin (PR), 18
8.- Raphael Araújo (PE), 14
9.- João Pedoti (RJ), 13
10.- Mateus Silva (GO), 12
11.- João Lopes (ES), 9
12.- Renan Papareli (SP), 5
13.- Márcio Thyallis (PE), 0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *