Kart: Clemente Júnior e Nelsinho Piquet foramm equipe para a 500 Milhas da Granja Viana

Campeões da Fórmula 3 Sul-Americana correm juntos pelo segundo ano consecutivo

A grande festa de fim de temporada para os pilotos brasileiros é na modalidade em que praticamente todos eles começaram suas carreiras. A 500 Milhas da Granja Viana reúne em São Paulo, os principais nomes de diversas categorias do automobilismo mundial para uma prova de kart que pode ter até 12 horas de duração. Para vencer essa verdadeira maratona, os pilotos formam seus times que devem ter, no mínimo, três competidores. Uma das equipes mais fortes para a edição 2007 promete ser a Piquet Sports, liderada pelo piloto de testes da equipe Renault de Fórmula 1, Nelson Ângelo Piquet. O kart do time deve ter três pilotos principais: além do próprio Nelsinho Piquet, seu primo Rodrigo Piquet e o campeão da Fórmula 3 Sul-Americana, Clemente Júnior (Banco Rural/Barbosa Mello/Oi/Vrum). Experiência é o que não falta para a equipe. Juntos, os três somam oito títulos brasileiros de kart: três de Nelsinho, um de Rodrigo Piquet e os quatro de Clemente. “ Conheço o Nelsinho e o Rodrigo há bastante tempo e fiquei muito feliz em poder correr com eles novamente. O ano passado já disputamos a 500 Milhas juntos e espero poder brigar pela vitória este ano”, comenta Clemente Júnior.


Além da bem sucedida carreira no kart, Clemente Júnior e Nelson Ângelo Piquet tem outro ponto em comum. Os dois foram campeões da Fórmula 3 Sul-Americana. Piquet em 2002 e Clemente na temporada 2007 – com uma rodada de antecipação. No Kartódromo Granja Viana, que fica na região de Cotia, na Grande São Paulo, os dois vão trabalhar duro para mais uma importante vitória na carreira. “ A 500 Milhas é uma corrida difícil que depende de muita coisa além de um kart rápido na pista. É preciso uma equipe que trabalhe bem nas paradas de box e pilotos experientes, que consigam, ao mesmo tempo, ser rápidos e não se envolver em incidentes”, avalia o piloto mineiro.


A prova de 2007 sofreu modificações em relação aos últimos anos. Agora todos os motores serão preparados e sorteados pela organização da corrida – em um trabalho conjunto com a RBC Preparações. O objetivo é evitar grandes diferenças de desempenho entre os motores e, teoricamente, deixar todas as equipes com chances de brigar pela vitória. “ Com os motores sorteados vai ficar tudo muito próximo. A liderança e os bons tempos de volta virão nos detalhes de acerto de chassi e de pilotagem. Acho que a estratégia de paradas no box e a experiência dos pilotos é o que vai fazer a diferença”, aposta Clemente. Os treinos para a 500 Milhas da Granja Viana começam nesta terça-feira (27) e se estendem por toda a semana. A tomada de tempos que define o grid de largada será no sábado ao meio-dia. Doze horas antes da largada da prova, prevista para a meia-noite do dia 1º para o dia 02 de dezembro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *