Kart: Copa Integração é o novo campeonato do kartismo gaúcho

Boa divulgação + custo baixo. É com esta receita, a que a maioria dos kartistas espera encontrar, que está sendo lançada no Rio Grande do Sul a Copa Integração de Kart, que terá durante o ano de 2006 sete etapas realizadas em três kartódromos gaúchos.

Preocupados em oferecer aos pilotos gaúchos – e de outros Estados – um campeonato atraente tanto no aspecto financeiro quanto no de exposição na mídia, os organizadores já estão divulgando o que consideram como uma das grandes atrações do torneio: um programa com quinze minutos de duração, com imagens de cada etapa, a ser exibido em TV aberta para todo o Estado do Rio Grande do Sul, mais precisamente na TV Bandeirantes. O programa irá ao ar sempre no sábado seguinte ao de cada prova, com patrocínio exclusivo da Polilâmina e da Forrotec.

Ainda no setor de divulgação, outras duas providências foram tomadas no sentido de expor a Copa Integração na mídia. O torneio contará com os serviços de uma Assessoria de Imprensa especializada e a cada prova um kart da categoria Pró 400 estará reservado para dois jornalistas competirem, sem custo algum, para que sintam mais de perto a adrenalina de uma competição de kart.

Quanto a oferecer um campeonato com baixo custo, algumas providências foram tomadas. Uma delas é o valor da taxa de inscrição, que foi estabelecido em R$ 150,00 para cada uma das categorias, com exceção da Cadete, base para o kartismo nacional, onde os pilotos estarão isentos deste pagamento. Para baratear ainda mais, não serão exigidos pneus novos em nenhuma das provas, ficando a critério do piloto o melhor momento para investir em um jogo de pneus zero.

Participarão da 1a edição da Copa Integração de Kart as categorias Cadete, 125cc, Speed Kart (kart com marcha) e Pró 400 (13 HP). Destas, a Cadete e a Pró 400 competirão com motores fornecidos pelos organizadores em sistema de sorteio. A Speed Kart competirá com motores próprios, enquanto que na 125cc os pilotos poderão optar entre competir com motor próprio ou sorteado. Também no aspecto financeiro do aluguel dos motores, os preços oferecidos são baixos. Para competir na Cadete, o piloto pagará R$ 150,00 pelo aluguel do motor, valor que passa para R$ 250,00 na Pró 400 e R$ 570,00 na 125cc.

Outra atração da Copa Integração é que diversos prêmios, como chassi, carenagens, filtros, pneus, volantes e peças afins utilizadas por qualquer kartista estão sendo pleiteadas junto aos fabricantes para que possam ser sorteadas no final do campeonato para aqueles pilotos que competirem em todas as etapas.

O aspecto social não foi esquecido pelos organizadores da Copa Integração de Kart: em cada uma das etapas, os participantes deverão entregar na secretaria da prova um brinquedo ou um quilo de alimento não perecível, que serão distribuídos às instituições de caridade da região onde a prova estiver sendo realizada.

A Copa Integração começa no dia 11 de março, no Kartódromo de Paverama, distante 75 km da capital do Rio Grande do Sul, Porto Alegre.

Confira o calendário da competição:
1a etapa – 11 de março – Paverama (duas baterias)
2a etapa – 08 de abril – Farroupilha (duas baterias)
3a etapa – 06 de maio – Pelotas (duas baterias)
4a etapa – 03 de junho – Paverama (duas baterias)
5a etapa – 19 de agosto – Farroupilha (duas baterias)
6a etapa – 16 de setembro – Paverama (duas baterias)
7a etapa – 18 de novembro – Farroupilha (quatro baterias)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *