Kart: Copa Verão encerra com show de pilotagem

A Copa Verão Aldeia da Serra realizou no sábado (4/03) sua terceira e última rodada, definido seus campeões de 2006, com direito a show de pilotagem.

O brilho da rodada de encerramento já surgiu logo no início da manhã com o forte Sol de verão que emoldurava o Kartódromo Aldeia da Serra. A alta temperatura ambiente, também prenunciava temperatura quente nas disputas pelo título em todas as categorias.

Abrindo a programação, a categoria Cadete fez sua apresentação hours concurs e Mauricio Jr, piloto da equipe Toninho Kart Competições, mostrou talento, ao cravar um perfeito “hat trick” (pole, melhor volta e vitória). A 2ª colocação ficou com Paulo Vitor, seguido por Guilherme Serzedello e Matheus Costa, respectivamente 3º e 4º colocados.

No meio da tarde, mas ainda reinando forte calor, teve vez a bateria conjunta das categorias Força Livre 150 e RD135 150. Marcus Trotta e Tony Menezes garantiram a primeira fila do grid com seus 2 tempos “tradicionais”, enquanto Guilherme Canto abria a segunda fila, “a bordo” de seu RD135, ladeado por outro “Parillão”, conduzido por Guilherme Silva.

Na largada, Trotta disparou na liderança, com Fabio Brandt em seu encalço, enquanto Guilherme Canto não se deu bem na largada, caindo para a 5ª posição. Imprimindo forte ritmo, Canto passou a conquistar importantes posições, até aproximar-se de Trotta, o líder da corrida, que apresentava nítidos sinais de cansaço físico após a metade da prova. Restando poucas voltas, Guilherme Canto conseguiu a ultrapassagem sobre o kart de Marcus Trotta, mas, quase ao mesmo tempo, passou a ter problemas de trambulação em seu kart de marchas e perdendo não só a ponta da prova, como também a 2ª posição para Tony Menezes.

Outra boa briga na prova era travada na disputa da 4ª colocação, entre a piloto Cibele Borlenghi – irmã do piloto de F-Truck Jonathan Bolenghi – e Marcio Salomão, que trocavam seguidamente de posição.

Ao final da 25ª passagem, Trotta divisou a bandeira a quadros na 1ª colocação, com Menezes, Canto, Borlenghi e Salomão, completando, respectivamente, nas 2ª, 3ª, 4ª e 5ª posições. Com o resultado, Marcus Trotta levou o título de campeão da Força Livre 150 no Torneio de Verão Aldeia da Serra e Guilherme Canto, merecidamente, a vitória e o título na categoria RD135 150kg.

Já na prova das categorias Honda A e Honda B – karts de locação -, a posição de honra coube ao piloto Diogo Souza, da Honda A. A primeira fila era completada por outro Honda A, “tocado” por Augusto Cesar. Pela Honda B, a pole position ficou com Alexandre Nikitin, campeão da categoria na temporada de 2004, largando do lado externo da segunda fila, que tinha o experiente Luiz Saraiva na 3ª posição.

Apresentada a green flag, os karts dotados de motor Honda 13hp deram a partida, com Augusto Cesar pulando na ponta, seguido por um bloco compacto formado por Dioguinho, Saraiva, Mariana Christofoletti, Ricardo Rodrigues, Paulo “PC” Castanheira, Nikitin, Selmo Benelli e Witold Ramasauskas, indiscutivelmente alguns dos melhores pilotos de kart indoor do Brasil.

Inteligentemente, Dioguinho e Cesar deixaram, momentaneamente, de travar combate pela liderança da corrida e passaram a auxiliar-se mutuamente para distanciar-se do restante do pelotão, que travava acirrada disputa pela 3ª colocação. Nas voltas finais, já bem distanciados dos demais competidores, Augusto Cesar e Dioguinho catalisaram as atenções do bom publico presente, trocando diversas vezes de posição, enquanto Luiz Saraiva, na 3ª colocação, conseguira abrir dos demais contendores, sem, contudo, conseguir aproximar-se dos lideres. Na batalha, agora pela 4ª colocação, estavam Nikitin, Castanheira e a “Bia Figueiredo” do kart indoor, Mariana Christofoletti.

A duas voltas do final, o cabo de acelerador do kart de Alexandre Nikitin rompeu-se, tirando-o da luta pela 4ª posição e vitória na classe “B”, deixando a vitória dessa categoria para Castanheira, que vem garantindo a fama de “bicho papão” da temporada, já que venceu o enduro do 2º Enkasp e o Torneio de Verão da Amika.

Na última volta da “carrera”, Dioguinho levou a melhor sobre Augusto Cesar e cruzou a linha final na 1ª colocação, com Cesar e Saraiva na seqüência das posições cimeiras. Com os resultado final, o título da Honda A ficou com Luiz Saraiva e o vice-campeonato para Dioguinho Souza. Na “Bezona”, Ricardo Rodrigues, piloto da Academia Stadium, levou o titulo máximo – repetindo o feito da temporada de 2005 -, com Selmo Benelli levando o vice-campeonato para casa.

Mas o brilho especial da rodada de encerramento do certame amador, veio dos “meninos” da categoria Força Livre 165 (Senior), que apresentaram um verdadeiro show de pilotagem como a muito não se via na modalidade. Na prática classificatória, o anfitrião Roberto Thomé não se fez de rogado e tratou de garantir que não haveria ninguém à sua frente na grelha de partida, com o piloto Rui Tiny, da equipe Quake 2 garantindo a outra vaga da primeira fila. Para abrir a segunda fila classificou-se Alexandre Monteiro, ladeado por Ricardo Arantes, o outro “anfitrião” dos competidores e a 3ª fila estava formada por Marcos “Massa” Peli e Marcos Kassardjian, piloto da WR Motores.

O único presente nas dependências do Kartódromo Aldeia da Serra que não viu nada dessa fantástica corrida foi Rui Tiny, que partiu rapidamente na liderança e, em forte ritmo, “despachou” a concorrência. Roberto Thomé assumiu a vice-liderança, com Monteiro, Arantes, Peli e Kassardjian brigando pela 3ª posição. Com a faca nos dentes, Marcos Peli buscava a ultrapassagem sobre Ricardo Arantes e, com os karts no limite de seus rendimentos, as manobras tinham que se dar, digamos, no excesso de arrojo…

Passada a metade da prova, Peli conseguiu a ultrapassagem sobre Arantes e rapidamente “embutiu” em Thomé. Após belíssima ultrapassagem, Marcos Peli, o “Massa”, assumiu a 2ª colocação e dava pinta que partiria ainda em encalço de Rui Tiny, o líder da competição. Mas, em poucas voltas, Roberto Thomé mostrou que tinha fôlego para a reação e tratou de descontar a diferença que Peli já havia lhe imposto. Restando três voltas para o encerramento da “carrera”, Thomé conseguiu fazer a ultrapassagem em Peli, trazendo consigo Ricardo Arantes, que, na volta seguinte, também ultrapassou Peli.

O resultado oficial aponta Rui Tiny como vencedor da prova, com Thomé na 2ª posição, Arantes na 3ª e Massa na 4ª colocação, mas, quem realmente venceu, foi o grande publico presente, que acompanhou uma prova de tirar o fôlego. Independentemente da posição, os quatro primeiro colocados, pilotos de altíssimo escol, podem se considerar vencedores. Com o resultado final, Roberto Thomé foi declarado campeão da Força Livre 165 no Torneio de Verão Aldeia da Serra, com Marcos “Massa” Peli levando a láurea de vice-campeão.

Confira os resultados das provas da 3ª etapa da Copa Verão Aldeia da Serra:

Cadete:
1. Mauricio Jr, com 15 voltas em 12m00s639
2. Paulo Vitor, a 46s509
3. Guilherme Serzedello, a 53s973
4. Matheus Costa, a 2 voltas

Pole Position: Mauricio Jr, com 49s691
Melhor Volta: Mauricio Jr, com 49s293

Honda A
1. Diogo Souza, com 20 voltas em 18m35s989
2. Cesar Augusto, a 0s131
3. Luis Saraiva, a 13s754
4. Mariana Christofoletti, a 1 volta
5. Witold Ramasauskas, a 9s675

Pole Position: Diogo Souza, com 51s124
Melhor Volta: Diogo Souza, com 50s551

Honda B
1. Paulo “PC” Castanheira, com 20 voltas em 19m03s443
2. Ricardo Rodrigues, a 5s361
3. Marcos Reina, a 14s775
4. Selmo Benelli, a 15s037
5. Aléxis Gallardo, a 1 volta
6. Genilson Alves, a 4s039
7. Marco Cachada, a 34s330
8. Alexandre Nikitin, a 2 voltas

Pole Position: Alexandre Nikitin, com 51s892
Melhor Volta: Alexandre Nikitin, com 51s504

Força Livre 150
1. Marcos Trotta, com 25 voltas em 17m56s459
2. Tony Menezes, a 4s575
3. Guilherme Canto, a 16s263
4. Cibele Borlenghi, a 30s148
5. Marcos Salomão, a 1 volta
6. Alfredo Siqueira, a 47s976
7. Fabio Brandt, a 9 voltas
8. Rodrigo Ribas, a 12 voltas
9. Guilherme Silva, a 15 voltas

Pole Position: Marcus Trotta, com 42s687
Melhor Volta: Marcus Trotta, com 42s445

Força Livre 165
1. Rui Tiny, com 20 voltas em 14m12s561
2. Roberto Thomé, a 4s693
3. Ricardo Arantes, a 6s666
4. Marcos “Massa” Peli, a 8s092
5. Marcos Tomazoni, a 16s545
6. Marco Kassardjian, a 16s839
7. Sergio Mello, a 32s187
8. Massayuki Katsui, a 34s689
9. Sinvaldo Silva, a 35s453
10. Leonardo Yudi, a 1 volta
11. André Wroblewski, a 1s103
12. Celso Blanco, a 3s437
13. Arthur Serzedello, a 10s634
14. Claudio Maceiras, a 2 voltas
15. Alexandre Monteiro, a 4 voltas
16. Edson Barros, a 9 voltas
17. Edu Molina, a 14 voltas
18. Rodrigo Morelli, 16 voltas

Pole Position: Roberto Thomé, com 42s691
Melhor Volta: Rui Tiny, com 42s795

Confira os Campeões da Copa Verão Aldeia da Serra:

Honda A:
Campeão: Luis Saraiva, com 50 pontos
Vice-Campeão: Diogo Souza, com 34
3º – Mariana Cristofoletti, com 33
4º – Cesar Augusto, com 30
5º – Witold Ramasauskas, com 21
6º – Nicolas Costa, com 12
7º – Marcelo Ferreira, com 10

Honda B:
Campeão: Ricardo Rodrigues, com 65 pontos
Vice-Campeão: Selmo Benelli, com 44
3º – Alexandre Nikitin, com 40
4º – Marcos Reina, com 39
5º – Alexis Gallardo, com 37
6º – Paulo Castanheira, com 33
7º – Genilson Alves, com 21
8º – Eduardo Gonçalves, com 18
9º – Marco Aurélio, com 18

Força Livre 150 (Parilla)
Campeão: Marcos Trotta, com 37 pontos
Vice-Campeão: Fabio Brandt, com 31 pontos
3º – Tony Menezes, com 30 pontos
4º – Guilherme Silva, com 24 pontos
5º – Ricardo Sargo, com 23 pontos
6º – André Sousa, com 11 pontos
7º – Alexandre Monteiro, com 10 pontos
8º – Daniel Buck, com 10 pontos
9º – Ruy Tiny, com 8 pontos
10º – Luis Sousa, com 7 pontos
11º – Otavio Maluf, com 6 pontos
12º – Felipe Bechtold, com 5 pontos

Força Livre 150 (RD)
Campeão: Guilherme Canto, com 55 pontos
Vice-Campeão: Cibele Borlenghi, com 46
3º – Igor Miranda, com 22
4º – Joseph Cavalcante, com 18
5º – Edson Barbosa, com 14

Força Livre 165 (Parilla)
Campeão: Roberto Thomé, com 64 pontos
Vice-Campeão: Marcos Peli, com 55 pontos
3º – Rui Tyni, com 33 pontos
4º – Marcos Thomazoni, com 27 pontos
5º – Ricardo Arantes, com 27 pontos
6º – Antonio Ramos, com 24 pontos
7º – Celso Blanco, com 20 pontos
8º – Alexandre Monteiro, com 19 pontos
9º – Marcos Kassardjian, com 18 pontos
10º – Thiago Ventriglio, com 17 pontos
11º – Sergio Braga, com 17 pontos
12º – Bruno Zapellon, com 12 pontos
13º – Massayuki Katsui, com 12 pontos
14º – Felipe Bechtold, com 10 pontos
15º – Sinvaldo Silva, com 9 pontos
16º – José Feliciano, com 7 pontos
17º – André Wroblewski, com 7 pontos
18º – Leonardo Yudi, com 6 pontos
19º – Nilton Correia, com 5 pontos
20º – Ricardo Zapellon, com 4 pontos
21º – Enzo Schiulli, com 3 pontos
22º – Marcos Trotta, com 0 pontos
23º – Arthur Serzedello, com 0 pontos
24º – Cláudio Maceiras, com 0 pontos
25º – Edson Barros, com 0 pontos
26º – Edu Molina, com 0 pontos
27º – Rodrigo Morelli, com 0 pontos

Força Livre 165 (RD)
Campeão: Marcio Salomão, com 65 pontos
Vice-Campeão: Alfredo Siqueira, com 30
3º – Rodrigo Ribas, com 27
4º – Guilherme Canto, com 12
5º – Joseph Cavalcante, com 10
6º – Marcelo Capra, com 8

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *