Kart: Falta de segurança faz João Pedro Custódio desistir do Brasileiro

A 44ª edição do Campeonato Brasileiro terminou mais cedo para o goiano João Pedro Custódio (Diário da Manhã/ DM TV/ Centro-Oeste Comunicação/ Kart Mini). E por vontade própria.

Preocupado com sua segurança, a equipe, familiares e o próprio piloto optaram por não continuar na competição, que iniciou-se na última terça-feira (6) no Kartódromo Ricardo Santos, em Goiânia (GO). Nesta sexta a quantidade de acidentes nas corridas foi enorme, a ponto de a ambulância entrar na pista por três vezes. Em uma delas Gabriel Mello, piloto da Cadete, teve luxação nas pernas. O próprio João Pedro foi envolvido em um acidente bastante feio, mas não se machucou.

“A pista não é segura e foi um erro enorme ter trazido o Brasileiro para cá”, lamenta Geovane Gonçalves, pai de João Pedro, que reside em Goiânia. “Ficamos muito preocupados com o andamento das coisas e com a quantidade de acidentes. Não quero que meu filho se machuque e rezo para que neste sábado isto não se repita. Temo, pois teremos a final de cada categoria, prova única que definirá cada campeão”, emenda.

João Pedro tem se preparado dia a dia nos últimos três anos para obter os melhores resultados e recentemente conquistou o Campeonato Sul-Brasileiro. Sua meta era conquistar em casa o título do Brasileiro. “Infelizmente não vamos ter esta chance, mas prefiro isto a ver meu filho seriamente machucado, como o próprio Gabriel e outros pilotos que capotaram hoje. É uma decisão sensata, baseada nas enormes barbaridades que vem acontecendo aqui durante esta semana. É uma pena”, encerra Gonçalves.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *