Kart: Novo modelo da Biland surpreende no primeiro teste

Segunda geração dos motores quatro tempos chega ao Brasil e é testada em Interlagos. Expectativa é de que novo propulsor seja tão rápido quanto os tradicionais motores dois tempos.

A Biland Motorsport do Brasil trouxe nesta semana duas unidades do novo SwissAuto 250, a segunda geração dos motores Biland – que são sucesso e sinônimo da mais alta tecnologia quando o assunto é motor quatro tempos para kart no país desde 2002. Na última quarta-feira (3), o promotor da Biland, Paulo Breim, foi o responsável por acelerar pela primeira vez o modelo – em teste realizado no kartódromo de Interlagos, próximo à sede da Biland em São Paulo.

O novo propulsor não precisou de muito tempo para surpreender de maneira positiva todos os que estavam no circuito acompanhando o teste. “Foram duas horas para amaciar esse motor, que precisa de um sistema diferente para essa preparação. Ao invés de andar em ritmo moderado, como acontece com os dois tempos, pode se exigir o máximo dele sem ultrapassar 11.000 rpm nos trechos de reta”, explicou Paulo Breim.

Enquanto o modelo SA-250, que corre no Brasil desde 2002, fora concebido inicialmente para equipar carros de passeio, o novo SwissAuto teve sua construção já voltada para os karts de competição. Por isso, ganhou em tecnologia para esse esporte e pode ser um marco na história do kartismo – caso se torne o primeiro motor quatro tempos a fazer frente aos tradicionais 125 cilindradas dois tempos que equipam os karts de competição.

“Esse novo motor se mostrou muito rápido já no primeiro dia. Sem maiores trabalhos de carburador, vimos que sua potência varia entre 32 e 39 cavalos. Não deve demorar muito para que um Biland vire tempos até mais rápidos que um motor dois tempos de kart”, admitiu Paulo Breim.

A nova geração dos motores Biland adota um bloco monocilíndrico – como é de costume nos karts, com quatro válvulas e refrigerado à água. Com fundição em alumínio, o SwissAuto 250 será testado até o final do ano com carburadores de 30 e 34 mm. Ele também segue novos padrões definidos pela ADAC – um dos maiores clubes de automóveis da Alemanha e da Europa, fundado em 1903 – que estabeleceu normas para a construção de motores quatro tempos voltados ao kartismo.

“A idéia é que todas as fabricantes de motores quatro tempos, inclusive a Biland, sigam um padrão para que, no futuro, possa haver campeonatos maiores com motores quatro tempos. Já ficou comprovado que eles têm muito mais durabilidade e esse novo modelo da SwissAuto quebra o tabu de que não são mais velozes que os dois tempos”, avalia o promotor da Biland Brasil, que também passa a representar a marca em toda a América do Sul.

Nesta quinta-feira a Biland leva para o kartódromo de Interlagos a segunda unidade do novo SwissAuto, que será testada pela promotora da Biland e também piloto, Andréia Octaviano. A empresa informou ainda que em breve serão abertas sessões de test-drive para os interessados em comprar esse novo motor – que deve equipar os campeonatos Biland no país a partir da próxima temporada.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *