Kart Paulista: Quase 100 pilotos encerraram o 2º turno do Light

Neste sábado, dia 20, chegou ao fim o segundo turno da Copa São Paulo Light de Kart. A competição, uma das mais representativas do país, teve as corridas realizadas no Kartódromo Aldeia da Serra, na região metropolitana paulista.

Assim como aconteceu em toda a temporada pilotos e equipes proporcionaram um belo espetáculo de perícia e velocidade onde os motores sorteados pela RBC Preparações deram a tônica de corridas muito disputadas e competitividade até a bandeirada final.

O dia foi inteiro de sol e pista seca facilitando assim o trabalho dos pilotos na busca das melhores posições. A primeira corrida da manhã foi da categoria Mirim e teve Juan Andreu na pole-position. Em uma corrida bastante consistente o piloto conseguiu abrir confortável vantagem para seus concorrentes e, com quase quatro segundos de vantagem venceu a corrida com Cameron Boedler em segundo e Paulo Coelho, na terceira posição.

Na sequência os Cadetes tomaram a pista e tiveram o piloto André Castro partindo da primeira posição. Como sempre acontece as disputas desta classe foram de arrepiar e, por muitos momento, envolveram oito pilotos no mesmo pelotão. Ao final, os dois lideres conseguiram abrir um pouco e disputaram a vitória entre si. Bruno Bertonecello venceu com pouco mais de dois décimos de vantagem para o campeão Brasileiro Zaiya Fontana. Seu irmão, Yanni Fontana, chegou na terceira posição.

A terceira prova da manhã teve na pista a classe Júnior Menor. Um dos pilotos que mais se destacou na temporada confirmou o seu excelente momento. Vitor Baptista, da equipe ONS, largou da pole-position e, durante a prova, não permitiu a aproximação de nenhum de seus concorrentes. Com mais de cinco segundos de vantagem para os demais o piloto venceu a prova. Renato Júnior chegou pela segunda posição e Leonardo Gimenes, foi o terceiro.

Encerrando o grupo das categorias da manhã os pilotos da Júnior fizeram sua corrida. O carioca Olin Galli fez a pole-position com incríveis 15 milésimos de diferença para o goiano Yago Cesário, que partiu ao seu lado. Na corrida, ambos largaram bem e precisaram de poucas voltas para se distanciar do restante do pelotão. Na segunda metade da prova, porém, Galli conseguiu respirar um pouco em relação à Yago e, com pouco menos de dois segundos de vantagem recebeu a bandeirada da vitória. Yago chegou em segundo e, seis segundos depois cruzou a linha o paraguaio Emilio Kevin, na terceira posição.

Após a cerimônia do pódio as demais categorias foram para a pista para seus treinos de aquecimento, tomadas de tempo e as corridas. A primeira a tomar o traçado foi a Sprinter. Pela primeira vez na temporada a pole-position foi registrada por uma mulher. Natália Paiotti fez bonito e registrou a melhor volta da classificação com o tempo de 44s072. Na corrida, porém, ela não conseguiu conter os ataques do potiguar André Flor que, depois de ter largado do terceiro lugar, assumiu a liderança e seguiu abrindo vantagem até o final. Ele ganhou a corrida com mais de cinco segundos de frente para Natália, que chegou na segunda posição. Renan Guerra chegou em terceiro.

A Graduados fez a sua corrida em seguida. Bruno Bonifácio marcou a pole-position e venceu a corrida, mas, teve bastante trabalho. Ele e Matheus Porto fizeram uma corrida à parte e não demorou muito para abrirem em relação aos demais, que vinham em disputas também apertadas. Depois de 30 voltas Boni recebeu a bandeirada com pouco mais de três décimos de frente para Mateus Porto, que foi o segundo. Guilherme Salas, quatro segundos mais tarde, foi o terceiro colocado.

A corrida da Super Sênior parecia reunir pilotos jovens e com gana pela vitória e não os experientes concorrentes com mais de 40 anos. A prova foi extremamente disputada e deixou todos muito atentos, principalmente na briga pela primeira posição. Marcelo Rodrigues fez a pole-position, mas, quem acabou vencendo foi Antônio Ramos. Sua diferença para Jaime Drummond foi de 135 milésimos e, para Marcelo, que chegou em terceiro, foi de 188. Um pouco mais atrás, também menos de um segundo atrás do vencedor, chegou Enzo Sciulli.

Encerrando o sábado de competições as categorias Master “A” e “B” foram para a pista, ainda no meio da tarde, para fazer a sua corrida. A pole-position geral foi de Marcelo Meneghel, que registrou o tempo de 44s540. Na corrida, os pilotos da “A” logo se separaram dos concorrentes da “B” que, por sua vez, também fizeram uma prova bastante acirrada. Depois de 27 voltas Luis Midon, mais uma vez, conseguiu vencer nesta temporada pela classe “A”. Maique Paparelli chegou em segundo e Marcelo Meneghel, em terceiro. Pela categoria “B” a vitória ficou nas mãos de Renato Turelli, seguido por Adriano Filadoro e Juliano Serafim.

Encerrado o segundo turno da competição a FASP – Federação de Automobilismo de São Paulo irá divulgar nos próximos dias a classificação oficial do Campeonato e, assim, a condição geral da competição após o primeiro e segundo turnos e as corridas da rodada dupla do mês de junho. A última e decisiva corrida da Copa São Paulo Light de Kart também será disputada no Kartódromo Aldeia da Serra, no dia 04 de dezembro, quando finalmente serão conhecidos os campeões da temporada 2010.

O resultado completo da corrida já encontra-se disponível no site da RBC Preparações, acessível através do endereço www.rbcpreparacoes.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *