Kart: Paulo Grassi representou o Brasil na Copa do Mundo de Kart

Na última semana, entre os dias 18 e 21, o piloto paulista Paulo Grassi (FMR), de Jundiaí, foi o único representante brasileiro na Copa do Mundo de Kart. A competição, realizada no Kartódromo de LaConca, na cidade de Muro Leccese, no extremo sul da Itália, contou com a participação de 90 pilotos das mais diversas regiões do planeta.

Grassi, que chegou à Europa duas semanas antes com o objetivo de conhecer melhor a sua equipe, a holandesa PDB Racing e o equipamento da categoria KF-2, participou de treinos coletivos na pista e seguiu confiante para a competição em busca de uma boa classificação nas baterias finais.

Em um kart composto pelo chassis Gillard, motor Parilla (Nova geração, refrigerado à água e com limitador de rotação) e pneus Dunlop o jovem de 16 anos partiu empolgado para sua primeira participação na competição internacional.

Na quinta-feira, 18, primeiro dia oficial da competição, após quatro sessões de treinos livres, Grassi obteve como melhor marca a 14ª posição conquistada na terceira sessão. Com tempo na casa dos 48s o paulista ficou apenas meio segundo atrás do piloto mais rápido da pista, o francês Loic Reguillion.

Animado com sua performance o representante da equipe PDB Racing seguiu confiante para a tomada de tempos, que foi realizada na sexta-feira. Porém, a sorte pareceu dar as costas para o brasileiro justamente neste que foi o momento crucial da prova. Após colocar seu kart em movimento para as duas sessões classificatórias o motor Parilla de seu kart falhava ininterruptamente fazendo com que ele não conseguisse completar uma volta rápida sequer. Assim, o piloto ficou apenas com a 88ª posição dentre os 90 participantes.

“O resultado acabou sendo frustrante, principalmente porque eu vinha pegando cada vez mais ‘a mão’ do kart e da pista. Largar de trás vai ser muito difícil, mas vou para as eliminatórias tentando o melhor resultado possível”, comentou desolado o piloto patrocinado pela FMR.

Como o Mundial é disputado em sistema de classificatória, Grassi acabou sendo penalizado em todo o seu Campeonato. Como ele registrou o 88º tempo na tomada de tempos ele teve seu kart alinhado na última fila das cinco provas classificatórias.

Mesmo muito determinado Paulo sabia que sua tarefa de tentar uma classificação para as finais seria das mais difíceis. Independente disso ele não desanimou e partiu para as cinco provas. Após um bom começo onde conseguiu terminar em 16º e 17º nas duas primeiras baterias, o representante da PDB acabou sendo prejudicado na terceira corrida por Maja Muller, sua companheira de equipe, e os dois acabaram se chocando. Grassi voltou para a pista, mas, terminou na 25ª posição. Em outras duas recuperações significativas Paulo terminou a quarta classificatória em 20º e a quinta e última em 17º.

Com 95 pontos perdidos Paulo Grassi encerrou sua participação na Copa do Mundo de Kart 2008 com a 55ª posição. O título, após completo domínio de toda a competição, ficou nas mãos do italiano Flávio Camponeschi que pilotou um equipamento composto por chassis Tony Kart e motores Vortex.

“Com certeza levo muita experiência desta competição. Todo o equipamento que utilizei na Europa eu nunca tinha visto e, mais do que isso, tive que me adaptar em uma semana. Junto à PDB conseguimos um bom acerto para o kart e tínhamos tudo para fazer uma boa competição. O problema na tomada de tempos me tirou a chance de brigar por um lugar nas finais, mas, pude mostrar ao mundo durante as classificatórias o quanto eu estava rápido e tinha condições de estar entre os melhores. Vou me concentrar novamente nas competições do Brasil e, talvez em 2009, eu participe de toda a temporada européia”, finalizou.

Sem tempo para descansar

Após a maratona da Copa do Mundo, na Itália, Grassi desembarcou na manhã desta terça, 23, em São Paulo. Rapidamente o piloto seguiu para Jundiaí, cidade onde mora com sua família, para curtir alguns poucos momentos de descanso.

Nesta quarta, dia 24, o piloto seguiu junto à Sagüi Competições, sua equipe aqui no Brasil, para Itumbiara – GO. Lá o piloto participará de treinos livres nesta quinta e sexta-feira visando sua preparação para a Copa Brasil de Kart, evento que será realizado naquela cidade entre os dias 14 e 18 de outubro. Aproveitando-se da situação Grassi também participará da 13 e 14ª etapas da Copa Centro-Oeste de Kart, competição que terá lugar no mesmo Kartódromo Dr. Henrique Santillo, no sábado e domingo, dias 27 e 28.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *