Kart: Vinicius Alvarenga é campeão Paulista

Piloto da Massoni Racing escreve seu nome na história da Intercontinental 125.

 


O piloto Vinicius Alvarenga (Opus Papeis/ Massoni Racing/ Colégio Espinosa/ Puma), escreveu seu nome na história da categoria Intercontinental 125, que nasceu este ano, e se tornou o primeiro campeão da categoria. O jovem piloto, 14 anos, fez uma temporada irrepreensível e de uma maturidade incomum para sua idade.


Na temporada foram quatro vitórias, destas três consecutivas; dois segundos lugares, dois terceiros, um quarto e um quinto lugar, além de quatro poles e um recorde de volta. Para esta última prova, Vinicius já campeão do segundo turno no Campeonato Paulista Granja Viana da Intercontinental 125, queria também o título da temporada, para consagrar de vez a excepcional campanha.


Na classificação uma mostra de que a missão seria muito difícil, já que tanto Victor Guerin como Jean Aguiar tinham karts tão bem acertados quanto, e o primeiro era seu maior rival para conquista. A pole foi de Guerin por 0s18 sobre Vinicius, que por sua vez superou Jean Aguiar por 0s01.


O trio chegou a estabelecera a marca de 49s13 em dado momento do treino, mas por fim Guerin achou uma volta perfeita e garantiu o direito de largar do lugar de honra do grid, com o tempo de 49s118. Na largada, a estratégia de Vinicius era tentar pular na frente, mas Guerin entrou na reta metros a sua frente e, Vinicius completou a primeira curva em segundo, seguido de Jean Aguiar e Luca Travaglini.


Na segunda volta Jean atacou Vinicius assumindo o segundo lugar. O piloto da Massoni Racing, sabedor que Luca Travaglini poderia ser o “fiel da balança” na disputa do título, tratou de abrir caminho para o então novo aliado. Guerin se aproveitando da disputa do trio escapou na frente, abrindo grande vantagem.


Travaglini tentava de todas maneiras superar Jean Aguiar, e Vinicius de “franco atirador”  seguia os dois. Com isso, Caio Conde chegou no pelotão, e também passou a atacar Vinicius. Na 13ª volta, Jean Aguiar não pode se defender da investida de Travaglini na entrada do miolo, espalhou e perdeu a posição também para Vinicius.


Na volta seguinte, Caio Conde também superaria Jean Aguiar. Para Vinicius era exatamente o resultado que necessitava. Com o segundo lugar Travaglini seria o vice do segundo turno, e Guerin apesar da vitória somente o terceiro. Vinicius mostrou grande maturidade e sangue frio, correndo de olho no regulamento e garantindo assim o título, que foi muito festejado por sua equipe.


“Quero agradecer muito aos meus patrocinadores: Opus Papeis, Massoni Racing, Colégio Espinosa e Puma, pela oportunidade que me deram. Foi uma grande temporada, onde o Guerin, Travaglini, Conde deram muito trabalho, e isso valoriza ainda mais nossa conquista”, comemorou Vinicius.


Na próxima temporada o piloto já definiu que irá lutar pelo bicampeonato na Intercontinental 125.


“Ainda sou muito jovem e, mais uma temporada na Intercontinental é fundamental para ganhar mais experiência, antes de tentar vôos mais altos”, concluiu a jovem promessa.


Resultado da 5ª etapa do 2º turno Campeonato Paulista Granja Viana.
1 Victor Guerin 17 voltas em 19m28s868
2 Luca Travaglini a 6s692
3 Vinicius Alvarenga a 7s506 (campeão do segundo turno)
4 Caio Conde a 8s017
5 Jean Aguiar a 8s164
6 Matheus Protti a 8s620
7 Renato Gasparian a 16s813
8 João Cunha a 32s492
9 Alan Massaini a 1 volta


Classificação final do Campeonato Paulista Granja Viana
1 Vinicius Alvarenga, 29,5 pontos
2  Lucas Travaglini, 29,4
3 Victor Guerin, 29,3
4 Caio Conde, 25,2
5 Matheus Protti, 23,1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *