Kart: Vinícius Serafim liderou etapa na Praia Grande depois de marcar a pole position

Piloto da equipe Roda Motors foi o destaque da rodada do último fim de semana no circuito do Litoral de São Paulo. Tirado da pista a três curvas do final, ele precisou da ajuda dos mecânicos para voltar ao traçado, e ainda conseguiu receber a bandeira quadriculada na segunda colocação.

A vitória escapou a apenas três curvas da bandeirada final. Mas, nem por isso, o desafio do último fim de semana – cumprido no circuito de Praia Grande, no Litoral de São Paulo –, foi menos especial para o piloto paulista Vinícius Serafim. Depois de cravar a pole position com uma vantagem de 0s9 sobre o segundo colocado no grid (54s245 a 55s150), ele liderou a corrida praticamente de ponta a ponta, e só perdeu a chance de chegar ao alto do pódio a poucos metros da linha de chegada.

Depois de manter a primeira posição logo após a largada com um “X” sobre Paulo França, seu companheiro na primeira fila, Serafim fez uma corrida impecável e liderou praticamente de ponta a ponta. A três curvas da bandeirada, no entanto, ele foi atingido por França em uma tentativa frustrada de ultrapassagem, e terminou em segundo lugar.

O incidente, ocorrido nos instantes finais da prova, impediu que Serafim fechasse com chave de ouro um de seus melhores fins de semana no kartismo estadual, e eliminou as chances de mais uma vitória do ex-cowboy de rodeio em uma competição de karts dois tempos.

“Consegui abrir cerca de 2s no início da prova, e somente eu e o Paulo estávamos virando na casa de 54s”, lembrou o piloto. “Faltando quatro voltas, ele estava perto de 1s atrás, mas eu ainda administrava a prova, porque meu kart estava realmente muito rápido. Mas, faltando três curvas para o final, ele acabou me acertando e, na batida, saímos os dois da pista”, acrescentou.

No choque, o pedal do acelerador do carro de Serafim se soltou, e ele não conseguiu fazer o motor pegar no tranco novamente. Em virtude disso, teve de esperar alguns segundos até a chegada de sua equipe ao local da batida, e precisou cumprir os últimos metros da prova puxando com as mãos o cabo do acelerador.

“Esse tempo que perdi foi suficiente para que eu não conseguisse me manter em primeiro. Como tínhamos boa vantagem para o terceiro colocado, consegui voltar na frente dele, embora o resultado tenha sido apertado”, comentou o representante da cidade de Santo André, no ABC Paulista.

“Sou amigo do Paulo, admiro muito a maneira como ele pilota e torci muito para que ele obtivesse um bom resultado no Campeonato Brasileiro”, acrescentou Serafim sobre o rival, vice-campeão nacional neste ano. “Acho que ele foi um pouco inconseqüente na disputa, mas é coisa de corrida e, para mim, valeu a experiência. Nessa ele levou a melhor, mas na próxima, brigarei para que o final seja diferente”, emendou.

Treinos foram produtivos – além da boa corrida realizada no domingo, Vinícius Serafim relembrou dos bons resultados obtidos nos treinos do dia anterior. O forte calor registrado no Litoral deixou a pista bastante escorregadia na parte da manhã, o que exigiu muito trabalho da equipe Roda Motors. Na parte da tarde, com a queda na temperatura, os tempos caíram cerca de dois segundos e meio, e serviram de parâmetro para que o time de Serafim encontrasse o acerto ideal do kart para a corrida de domingo.

“Nunca tinha visto uma melhora tão significativa nas condições da pista durante um mesmo dia, como vi no último sábado”, comentou Serafim. “A equipe conseguiu se superar mais uma vez ao adaptar meu kart para as diferentes condições do traçado, e ainda me deu um verdadeiro ‘canhão’ para a corrida. Meu kart esteve realmente muito bom neste fim de semana, e devo essa condição ao pessoal da Roda Motors”, agradeceu o paulista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *