LMS: Oreca vence em Silverstone. Aston Martin é a Campeã de 2009

A Oreca Matmut-AIM, com a dupla Nicolas Lapierre/ Olivier Panis, venceu no domingo (13/09), os 1000 km de Silverstone, na Inglaterra, 5ª e última etapa da temporada. A Aston Martin Racing sagrou-se campeã de pilotos e construtores na principal categoria, a LMP1.

O Oreca 01 – AIM da dupla francesa largou na pole-position, controlando a maior parte da prova. Contudo na última parada a equipe foi forçada a trocar o bico do carro, devido a uma peça quebrada, perdendo a liderança. O trio, Andrea Belicchi/ Nicolas Prost/ Marcel Fassler, num Lola Aston Martin do Speedy Racing Team Sebah assumiu a primeira posição. Entretanto, com o mesmo problema de Lapierre/ Panis, o trio teve que entrar nos pits para trocar o bico do Aston Martin (chassi de 2008), com os franceses reassumindo a liderança.

Lapierre/ Panis venceram, após 195 voltas e 5h29m12s688, com 51s760 de vantagem sobre Belicchi/ Prost/ Fassler. Com o terceiro lugar o trio Tomas Enge/ Stefan Mucke/ Jan Charouz, num Lola Aston Martin da Aston Martin Racing, terminou em 3º, somando os pontos suficientes para conquistarem o título na classe LMP2.

A dupla Harold Primat/ Darren Turner, no segundo Aston Martin, terminou em 4º. Turner era o segundo colocado até ter que fazer um splash and go no final da prova, perdendo duas posições.

Rivais da Aston Martin na disputa pelos títulos, o Pescarolo Judd do Pescarolo Sport, da dupla Jean-Christophe Boullion/ Christophe Tinseau, terminou apenas na 13ª posição. A dupla chegou a liderar a prova, após a primeira rodada de pit stops, porém a permanência na liderança foi curta, devido a um vazamento de óleo na caixa de marchas. O carro francês teve que ir para os boxes, permanecendo por um longo período, encerrando as chances de levar o título.

O inglês Nigel Mansell, estreando na categoria com um Ginetta-Zytek do Team LNT, terminou em 28º, após ter o carro ter que fazer um pit stop com um dano na suspensão. O campeão mundial de F-1 em 1992 dividiu o carro com o filho Greg e o inglês Lawrence Tomlinson.    

Charouz/ Enge/ Mucke somaram 39 pontos no campeonato, 13 a mais do que Boullion/ Tinseau. Lapierre/ Panis foram 3º, com 22 pontos. O brasileiro Bruno Senna, que disputou quatro provas com um segundo carro da Oreca, marcou 12 pontos, terminando em 8º no campeonato.

Entre as equipes o carro 007 da Aston Martin Racing foi o campeão. A Lola Aston Martin, com 65 pontos, sagrou-se campeã dos construtores.

Mesmo sofrendo um acidente na última volta, o trio Jonny Kane/ Benjamin Leuenberger/ Xavier Pompidou (que bateu o Lola Judd do Speedy Racing Team Sebah), venceu na Classe LMP2. No geral foram 8º. O brasileiro Thomas Erdos, em dupla com o inglês Mike Newton, num Lola Mazda da RML, com quatro voltas de atraso para os vencedores, foi segundo na classe e 10º no geral.

Já campeões da classe a dupla Miguel Amaral/ Olivier Pla, num Lola Mazda do Quifel ASM Team, abandonou na 32ª volta. Eles somaram 33 pontos no campeonato, nove a mais do que Kane/ Pompidou. Erdos somou quatro pontos na tabela. A Lola Judd foi a campeã entre os construtores com 57 pontos.

A dupla Ryan Sharp/ Peter Kox, num Aston Martin DBR9 da Gigawave Motorsport, venceu na Classe LMGT1. A dupla Patrice Goueslard/ Yann Clairay, num Corvette C6.R da Alphand Aventures, já era campeã antecipada na classe. Eles somaram 44 pontos, nove a mais do que Roland Berville. Jousse Julien não disputou duas etapas, terminando em 3º, com 25. A Corvette, com 44 pontos, foi de construtores.

Na classe LMGT2 vitória da dupla Robert Bell/ Gianmaria Bruni, numa Ferrari F430 GT da JMW Motorsport. O brasileiro Jaime Melo, em trio com o espanhol Antonio Garcia e o inglês Leo Mansell, numa Ferrari F430 GT do Team Modena, chegou na 4ª posição.

O trio Marc Lieb/ Richard Lietz/ Hors Felbermayr Sr, num Porsche 997 GT3 RSR do Team Felbermayr Proton, terminou na 7ª posição, o suficiente para Lieb/ Lietz conquistarem o título da classe com um ponto de vantagem sobre Bell/ Bruni, 36 a 35. Melo, com 19 pontos, foi o 5º. A Ferrari venceu entre os construtores com 72 pontos.

Final:

1. LMP1  O.Panis, N.Lapierre Team Oreca Matmut AIM  Oreca 01 – AIM 195 voltas
2. LMP1  A.Belicchi, M.Fassler, N.Prost Speedy Racing Team Sebah Lola Aston Martin a 51.760
3. LMP1  J.Charouz, T.Enge, S.Mucke Aston Martin Racing Lola Aston Martin a 1:01.730
4. LMP1  H.Primat, D.Turner Aston Martin Racing Lola Aston Martin a 1:03.340
5. LMP1  C.Albers, C.Bakkerud Kolles Audi R10 TDI 194 voltas
6. LMP1  N.Karthikeyan, A.Meyrick, C.Zwolsman Kolles Audi R10 TDI 193 voltas
7. LMP1  P.Ragues, F.Mailleux Signature Plus Oreca Judd 193 voltas
8. LMP2  J.Kane, B.Leuenberger, X.Pompidou Speedy Racing Team Sebah Lola Judd 190 voltas
9. LMP1  D.Watts, N.Leventis Strakka Racing Ginetta Zytek 189 voltas
10. LMP2 T.Erdos, M.Newton RML Lola Mazda  186 voltas
11. LMP2 J.Nicolet, R.Hein OAK Racing Pescarolo Mazda 184 voltas
12. LMP1 C.Buncombe, S.Hall, M.Ramos AMR Eastern Europe Lola Aston Martin 182 voltas
13. LMP1 J.Boullion, C.Tinseau Pescarolo Sport Pescarolo – Judd 181 voltas
14. LMP2 D.Manning, J.Firth, W.Hughes Team WFR WF01 Zytek 179 voltas
15. LMP2 K.Ojjeh, C.Gosselin, P.Peter G.A.C. Racing Team Zytek     179 voltas
16. LMP2 P.Bruneau, T.Greaves, F.Sini Bruichladdich Bruneau Radical AER  179 voltas
17. LMP2 W.Cavailhes, F.Da Rocha, J.Ibanez Ibanez Racing Service Courage AER 175 voltas
18. LMP2 J.Schell, P.Thirion, J.Metz Pegasus Racing Courage AER 175 voltas
19. LMGT1 R.Sharp, P.Kox   Gigawave Motorsport Aston Martin DBR9 175 voltas
20. LMP2 S.Salini, P.Salini, T.Gommendy WR Salini WR Zytek 174 voltas
21. LMGT1 R.Berville, S.Dumez, L.Groppi Larbre Competition Saleen S7R 174 voltas
22. LMGT1 Y.Clairay, J.Jousse, P.Goueslard Alphand Aventures Corvette C6.R 173 voltas
23. LMGT2 R.Bell, G.Bruni   JMW Motorsport Ferrari F430 GT 172 voltas
24. LMGT2 T.Coronel, J.Janis Snoras Spyker Spyker C8 Laviolette 170 voltas
25. LMGT2 P.Pilet, R.Narac  Imsa Matmut Porsche 997 GT3 RSR  170 voltas
26. LMGT2 A.Garcia, L.Mansell, J.Melo Team Modena Ferrari F430 GT 170 voltas
27. LMGT2 P.Kaffer, C.Montanari Hankook Team Farnbacher Ferrari F430 GT 170 voltas
28. LMP1 L.Tomlinson, N.Mansell, G.Mansell Team LNT Ginetta-Zytek 168 voltas
29. LMGT2 G.Rosa, A.Montermini, N.Cadei FBR Ferrari F430 GT 168 voltas
30. LMGT2 M.Lieb, R.Lietz, H.Felbermayr Sr Team Felbermayr Proton Porsche 997 GT3 RSR 165 voltas
31. LMGT2 C.Ried, H.Felbermayr Jr, F.Martins Team Felbermayr Proton Porsche 997 GT3 RSR  165 voltas
32. LMGT2 M.Palttala, P.Daniels, M.Rich James Watt Automotive Porsche 997 GT3 RSR 164 voltas
33. LMGT2 M.Griffin, P.Bamford Advanced Engineering Ferrari F430 GT 164 voltas
34. LMGT2 G.Tenchini, P.Basso, R.Plati Easyrace Ferrari F430 GT 162 voltas
35. LMGT2 J.Hartshorne, P.Kutemann, S.Daoudi JMB Racing Ferrari F430 GT 160 voltas
36. LMP2 M.Lahaye, K.Ajlani OAK Racing Pescarolo Mazda 138 voltas
37. LMP2 C.Jorda, M.Cortes, F.Nieto  Q8 Oils Hache Team Lucchini Judd 135 votlas
38. LMGT2 P.Ehret, D.Farnbacher, A.Beltoise FBR Ferrari F430 GT 131 voltas
39. LMGT2 J.Cocker, P.Drayson Drayson Racing Aston Martin Vantage 122 voltas
40. LMP2 M.Amaral, O.Pla  Quifel ASM Team Ginetta Zytek 32 voltas 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *