Marcas & Pilotos Gaúcha: Show em Santa Cruz do Sul

Sob forte calor o grande público presente no autódromo assistiu um verdadeiro show de velocidade.

O forte calor sobre Santa Cruz do Sul foi a tônica da 4a etapa do Campeonato Gaúcho de Marcas & Pilotos. E, dentro da pista, o calor de 30 graus se multiplicava, transformando os carros em verdadeiras saunas ambulantes.

Quem melhor se acertou ao calor iniciou o dia bem. Foi o caso de Vitor Genz/ Pierre Ventura que conduziram o Gol 10 da equipe Markas/ Piquet Blindagens à pole-position da prova. Vilson Junior e Gustavo Martins (Corsa 11 Coldbras/ Fila) conquistaram a 2ª posição. O terceiro posto ficou com Rodrigo Miguel (Celta 85 – Bremil). Ao lado dele, na 4ª posição estará o Celta 100 de Vinicius Ferlauto e Fabiano Cardoso (Chevrolet).

Na largada Vitor Genz mantém a liderança, mas é pressionado por Fernando Jr. (Celta 6 – Diadora/ Guido Watcher) e Gustavo Martins. Na luta pelo segundo posto apareciam Roger Sandoval (Celta 21 – RBM), Fabiano Kratina (Corsa 27 – Kratina) Fabiano Cardoso (Celta 100), Alexander Mottola (Corsa 36 – Prime Car) e Luiz Sergio Sena Jr. (Gol 97 – Segurança Vêneto). Rodrigo Miguel (Celta 85) acabou se envolvendo em uma batida e perdeu várias posições. Nas posições intermediarias o tempo pegava fogo com as disputas entre Luiz Carlos Ribeiro (Uno 44 – Charrua) em brilhante corrida de recuperação, Analino Sirtuli (Corsa 8 – Canaveral), Robson Walther (Gol 26 – ReiFrio), Paulo Rotta (Celta 47) e Duda Brigoni (Uno 77 – SaricoSul). Na frente, Vitor Genz passa a enfrentar problemas de câmbio e perde rendimento, sendo superado primeiramente por Fernando Jr. e Fabiano Cardoso até abandonar a prova. O caminho ficou livre então para Fernando Jr. passar a administrar a prova enquanto que Roger Sandoval passava a pressionar Gustavo Martins na luta pelo 3o posto. Luiz Sergio Sena Jr. superou Alexander Mottola e assumiu a liderança da classe B, com o 5o posto na classificação geral. A bateria teve os abandonos por quebra de Eduardo Fuentes (Uno 88 – Minami Motor/ Cristal Car), Hardy Kohl Jr. (Corsa 95 – Kohl Trade), Fernando Nosé (Corsa 16 – Stara), Luciano Cardoso (Pólo 22 – Stara) e Edy Azevedo. Destes apenas Hardy e Fuentes não conseguiram recuperar seus carros para a segunda bateria.

As emoções da 1a bateria foram apenas adiadas até a segunda bateria. Fernando Jr., largando da pole-position acaba queimando a largada e tem que cumprir um drive trought por queima de largada. Neste momento Vinicius Ferlauto (Celta 100) assume a liderança momentaneamente. Quem vinha se recuperando de forma fantástica e já assumia o segundo posto era Luiz Carlos Ribeiro (Uno 44), seguido de Rodrigo Machado (Celta 21) em uma brilhante atuação e Luiz Sergio Sena Jr. (Gol 97). Vinicius Ferlauto passa a enfrentar problemas de aderência em seu Celta e é superado por Luiz Carlos Ribeiro e Rodrigo Machado e logo após por Luiz Sena Jr. Nas posições intermediarias, Fernando Jr. iniciou uma prova de recuperação, virando tempos de classificação volta após volta para recuperar as primeiras posições. Alexander Mottola se mantinha na 6a posição, sendo pressionado por Paulinho dos Santos (Celta 53 – Menzelub), Vilson Jr. (Corsa 11) e Analino Sirtuli (Corsa 8). Pierre Ventura (Gol 10) depois de largar na última posição e fazer uma grande prova de recuperação aparecia em seguida. Na briga pela liderança, Fernando Jr. em sua recuperação supera todos e passa a perseguir Luiz Carlos Ribeiro. Ribeiro, carregando o troféu “Bigorna” pela sua vitória em Tarumã não consegue se manter na ponta e é superado por Fernando Jr. que tem o caminho livre para a vitória. Rodrigo Machado em um final de semana memorável ainda tentou superar Ribeiro. A vitória da classe B foi de Luiz Sergio Sena Jr. que com uma atuação memorável venceu com autoridade ambas as baterias. Na classe N, Rafael Biancini (Celta 43 – Hotel Vergueiro) teve um final de semana complicado, mas venceu a etapa, após ter que enfrentar um pit-stop para prender um cabo de vela ainda na 1 a bateria, o piloto iniciou uma prova de recuperação fantástica vencendo a etapa na classe. O segundo posto ficou com a dupla de Guaporenses Henrique Ross/ Cristiano Almeida (Prisma 19 – Passion Prata) seguidos de Isadora Diehl (Corsa 7 – Escola Gaúcha de Pilotos/ Tarumã Kart Club).

O pódium ainda teve momentos emocionantes, com a homenagem feita pelo piloto Rodrigo Machado à seu pai, Betão Machado, piloto que recentemente nos deixou. O locutor oficial do Automobilismo Gaúcho, Ademir “Perna” Moreira falou com grande emoção da figura de Carlos Alberto Machado, o Betão, que deixou muitas saudades nos boxes dos autódromos do Rio Grande do Sul.

O campeonato Gaúcho de Marcas continua no próximo dia 13 de setembro em Tarumã com a realização de sua 5a etapa. Esta etapa marca o inicio da Copa Excelsior 55 anos, uma copa que comemora os 55 anos da Excelsior e será disputada durante as 3 últimas etapas de 2009. O Gaúcho de Marcas é uma realização da APPA/RS com supervisão da FGA e com apoio do ACRGS e AGA. O patrocínio exclusivo é de Excelsior Pirelli e de STV rastreamento veicular.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *