Mercedes-Benz Grand Challenge: Neto De Nigris vence em Cascavel e adia decisão do título

João Campos chegou em sexto, garantindo a pole para seu filho Márcio neste domingo

A primeira corrida da decisão da temporada 2012 do Mercedes-Benz Grand Challenge teve a vitória de Neto De Nigris, da De Nigris Europamotors, o que adiou a conquista de João e Márcio Campos. Saindo de 11º, João fez prova segura e chegou na sexta posição, garantindo assim a pole para seu filho Márcio, neste domingo, em Cascavel. Arnaldo Diniz Filho, da Comark Racing, chegou em segundo e Amorim Jr, da RSports, fechou o grupo dos três melhores.

Com sentimentos conflitantes, Neto De Nigris falou após a prova. “Estou bastante feliz pela vitória, minha sexta na categoria, porém não foi o que eu esperava. Pelos treinos achei que o Fernando Jr fosse desaparecer na frente e que eu não poderia acompanhá-lo, mas consegui. Saio decepcionado por não conseguir tirar tantos pontos na briga pelo título, já que o João saiu da parte final do grid”, diz.

“Na pista, o Arnaldo ainda veio comigo o tempo todo e quando o Fernando Jr conseguiu alcançá-lo pude administrar até o final. Para a prova deste domingo não teremos facilidade, o Márcio vai largar na pole, mas vamos ver como será a briga na frente. Quero o título, mas a minha luta é mais pelo vice infelizmente”, encerra Neto De Nigris, que pelo regulamento da categoria sairá da sexta posição neste domingo.

Segundo na corrida deste sábado, Arnaldo Diniz Filho falou sobre a prova. “Evoluímos bastante nos treinos e largando da quarta posição sabia que daria para ficar entre os ponteiros. No começo fui bem, acompanhei o Neto e nos livramos da confusão dos carros, durante a prova tive que segurar a pressão do Fernando Jr, por isso acabamos ficando um pouco para trás. Quando ele rodou literalmente senti um alivio, ai só fui até a bandeirada final”, comenta.

“Lamento o começo do ano onde não estávamos tão bem, caso contrário poderia disputar o título”, encerra Diniz. Pela primeira vez entre os ponteiros Amorim Jr, da RSports, agradeceu a equipe RSports por este resultado. “Quero agradecer à todos por estar aqui e espero repetir este resultado mais vezes. Tive um começo de etapa complicado, depois do acidente de Campo Grande tivemos que ir atrás de outros carros e perdemos tempo de desenvolvimento”, fala.

“Trabalhamos bastante para deixar o equipamento pronto, embora ainda sem o melhor acerto, mas o resultado foi um prêmio ao trabalho intenso feito pela equipe. Fomos bem hoje, o traçado é bem difícil, seletivo e estou feliz por este final tão importante”, completa Amorim. Fernando Jr, da WCR, chegou em quarto, Sérgio Martinez em quinto pela Pink Energy Team e João Campos, pela Sicredi Racing, em sexto.

1º Corrida – Mercedes Benz GC

1º) 11 – Neto De Nigris (MB, SP), 24 voltas em 30:09.674 (média de 145,99 km/h)
2º) 77 – Arnaldo Diniz (MB , SP), a 2.954
3º) 88 – José F.Amorim Jr. (MB , SP), a 9.653
4º) 98 – Fernando Junior (MB , RS), a 27.391
5º) 73 – Michele Jesus (MB , SP), a 27.973
6º) 31 – João Campos (MB , RS), a 42.033
7º) 35 – Rubens Tilkian (MB , SP), a 44.076
8º) 21 – Peter Gottschalk (MB , SP), a 53.625
9º) 60 – Cesare Marrucci (MB , SP), a 57.690
10º) 99 – Edson Junior (MB , RS), a 58.063
11º) 111 – Peter Gottschalk Jr (MB , SP), a 1 volta
12º) 36 – Humberto Santos (MB , SP), a 22 voltas

Melhor Volta: Fernando Junior, 1:14.372 (148,02 km/h)

Classificação Mercedes-Benz Grand Challenge
1º) Márcio Campos/João Campos, 213 pontos;
2º) Neto de Nigris, 169;
3º) Fernando Júnior, 160;
4º) Cesare Marrucci, 141;
5º) Rubens Tilkian, 117;
6º) Leo de Nigris, 89;
7º) José Fernando Amorim Júnior, 87;
8º) Michelle de Jesus, 84;
9º) Edson Júnior, 81;
10º) Sérgio Martinez, 76;
11º) Arnaldo Diniz Filho, 74;
12º) Beto Santos, 58;
13º) Renato Camargo, 55;
13º) Beto Rossi, 49;
15º) Carlos Kray, 44;
16º) Alexandre Papazissis, 42;
17º) Sérgio Chamon, 40;
18º) Peter Gottschalk Junior, 37;
19º) Rafael Zapelini/Luis Carlos Zapelini, 36;
20º) Peter Michel Gottschalk, 34;
21º) Marcos Paioli, 29;
22º) Roberto Santos, 22;
23º) Rodrigo Miguel, 17;
24º) Betão Fonseca, 15;
25º) Roberto Maggi, 6;
26º) Jorge Temake/Paulo Yamamoto, 2

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *