Moto 1000 GP: Piloto morre em acidente em Interlagos

O piloto gaúcho Cristiano Ferreira, da equipe Carlos Barcelos, faleceu neste domingo (23/06), em no autódromo de Interlagos, São Paulo após um acidente durante a terceira etapa do Campeonato Brasileiro de Motovelocidade.

Logo na segunda volta da prova da categoria Light, Ferreira, de 29 anos, perdeu o controle de sua moto no “S do Senna”, e acabou atingido no pescoço, por outro piloto que vinha atrás.

O piloto, conhecido como “Padeiro” foi atendido de imediato, e com problemas respiratórios encaminhado em estado grave para o Hospital Geral de Pedreira, onde faleceu.

Tendo o ex-piloto da MotoGP Alexandre Barros e o heptacampeão brasileiro Gilson Scudeler como organizadores, o Brasileiro de Motovelocidade tem cinco categorias que são divididas em quatro corridas por fim de semana: GPR 250, a GP 600, GP Light, GP Master e GP 1000. Ferreira competia na GP Light com a moto 84. A direção do campeonato emitiu uma nota curta lamentando o acidente:

– É com pesar que informamos e lamentamos o falecimento do piloto #84 Cristiano Ferreira. Em virtude dessa fatalidade só postaremos fotos e vídeos dessa etapa depois de respeitados os três dias de luto. Nota oficial será divulgada em breve. – dizia a mensagem publicada na página do torneio em uma rede social.

A prova foi interrompida e só retomada após o piloto ser levado para o hospital.  Segundo a Band Sports, que transmitia prova ao vivo, existe a suspeita de que o piloto tenha passado mal durante a prova, pois ele caiu, mas a moto continuou em movimento. 

Renato Andreghetto, da equipe Petronas Eurobike SBK Team, venceu a prova, que foi reiniciada do zero.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *