Moto: Andric e Scudeler dividem primeira fila no grid do Brasileiro de Superbike em Brasília

Equilíbrio marca treino classificatório da quarta etapa, com nove milésimos de segundo separando os dois mais rápidos no circuito de 5.475 metros.

O equilíbrio foi a tônica dos treinos classificatórios que definiram neste sábado (16) o grid de largada da categoria Superbike para a quarta etapa do Campeonato Brasileiro de Motovelocidade. A pole-position para a corrida deste domingo (17) no Autódromo Internacional Nelson Piquet, em Brasília, é do paulista Danilo Andric, vice-líder da competição, que terá a seu lado o conterrâneo Gilson Scudeler, líder invicto da temporada de 2008.


A diferença entre Andric e Scudeler foi de 0s009. Em terceiro vai largar o goiano Cristiano Vieira, que ficou a 0s617 do pole. Scudeler comemorou, também, os bons resultados de seus dois parceiros no Team Scud Petrobras. Em sua volta à categoria, o paulista Pierre Chofard, ainda em adaptação ao novo modelo CBR 1000RR da Honda, obteve a quarta colocação, uma posição à frente do gaúcho Robson Portaluppi, outro piloto do time.


Scudeler, vencedor das seis baterias já disputadas, tem em sua moto as cores de Petrobras, Podium, Honda, GP Lubrax, Shark, Leo Vince, TCX, Samacar, Afam, Puig, Arlen Ness, Ferodo, Braking, Luna e Calfin. Ele constatou um nível de evolução equilibrado. “Todo mundo melhorou os tempos em relação aos treinos desta semana. Eu estou bem motivado, vou lutar por mais vitórias, a concorrência está muito forte. Teremos grandes disputas”, assegurou.


Chofard, que em 2007 conquistou o vice-campeonato brasileiro pilotando para o Team Scud Petrobras, ficou satisfeito com seu resultado. “Sinceramente, eu não esperava estar entre os quatro primeiros. Fiquei muito tempo sem pilotar, é uma moto bem diferente daquela que eu usei no ano passado, eu ainda estou me adaptando a ela”, comentou o paulista, cuja melhor volta foi 0s023 mais lenta que a de Vieira, terceiro no grid e no campeonato.


Para Portaluppi, que compete em Brasília pela primeira vez, o quinto lugar também representou alguma surpresa. Ele ainda pilota o modelo 2006/2007 da Honda CBR 1000RR. “Eu também não esperava estar lá na frente, até mesmo por não conhecer a pista, que é muito complicada. Fizemos alguns ajustes na moto e o meu objetivo é brigar pelo pódio para me manter em quarto no campeonato, ou quem sabe até subir uma posição”, declarou.


A quarta etapa do Brasileiro de Superbike, em Brasília, será disputada em duas baterias com largadas às 11h10 e às 15h. Os 10 primeiros no grid são os seguintes:
 
1º) Danilo Andric (SP/Yamaha), 2min01s318
2º) Gilson Scudeler (SP/Honda), 2min01s327
3º) Cristiano Vieira (GO/Honda), 2min01s935
4º) Pierre Chofard (SP/Honda), 2min01s958
5º) Robson Portaluppi (RS/Honda), 2min03s535
6º) Bruno Corano (SP/Suzuki), 2min03s550
7º) Murilo Colatrelli (SP/Suzuki), 2min04s514
8º) Philippe Thiriet (MG/Suzuki), 2min04s900
9º) José Luís Teixeira (SP/Suzuki), 2min05s868
10º) Ricardo Kazuo Simohara (SP/Suzuki), 2min06s030
 
Cumpridas seis das 12 baterias previstas no calendário, a classificação do Brasileiro de Superbike é a seguinte: 1º) Scudeler, 151 pontos; 2º) Andric, 98; 3º) Vieira, 87; 4º) Portaluppi, 73; 5º) Corano, 66; 6º) Colatrelli, 60; 7º) Thiriet, 44; 8º) Panades, 40; 9º) Teixeira, 38; 10º) Simohara, 34; 11º) De Benedictis, 25; 12º) Carlesso, 24.



 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *