Moto: Após tropeço, Schumacher admite que moto é um ‘hobby’

O heptacampeão mundial de Fórmula 1, Michael Schumacher, afirmou ao jornal AS que participar de corridas com motos não é uma profissão, mas sim um “hobby”. O piloto falou também sobre os comentários de que gostaria de ganhar títulos em cima das duas rodas.

“Acho graça quando escuto que minha intenção é ganhar o Mundial de resistência. Isso eu deixo para os outros pilotos, e seguirei tomando isto como um hobby”, brincou.


Após terminar um circuito de 8 horas em Oschersleben, na Alemanha, pelo Mundial de resistência, Schumacher deixou a corrida por problemas em sua moto e ficou com a 15ª colocação.


“Tem sido uma grande experiência para mim. Me divirto muito fazendo isso, mesmo que nesta ocasião meu tempo não tenha sido satisfatório. Prefiro ficar com os momentos positivos. O 15º lugar foi meu melhor resultado neste campeonato”, comentou o piloto.


O alemão aproveitou para fazer elogios ao companheiro de equipe, Martin Bauer.”Encontrei um ambiente agradável na equipe. Martin é um piloto extraordinário que me ajudou muito na adaptação. Só posso agradecê-lo, finalizou”


Fonte: Terra

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *