Moto: Gilson Scudeler sofre acidente em treino em Cascavel

Piloto perde parte do dedo mínimo da mão esquerda.

O piloto Gilson Scudeler, do Team Scud Petrobras, acidentou-se ao final do treino de ontem, sábado (12), no autódromo de Cascavel. Ele completaria a última das voltas programadas naquela sessão quando perdeu o controle da moto, na curva da vitória. Na queda, fraturou o dedo mínimo da mão esquerda, que ficou preso entre o manete da moto e o asfalto.
 
No hospital Dr Lima foi constatado o esmagamento de alguns ossos entre o meio e a extremidade do dedo, sendo necessário a amputação das duas primeiras falanges, aproximadamente metade do dedo. A cirurgia conduzida pelo cirurgião ortopedista doutor Alexandre Gobo foi realizada às 19h30, e foi considerada tranqüila, durou pouco mais de uma hora.
 
Scudeler recebeu alta por volta das 22 horas. Ele vai passar por uma avaliação na segunda-feira. Em princípio, deverá ser liberado para treinar a partir de terça-feira. O piloto está bem e considera que fato como esse fazem parte do ofício. “Acidentes fazem parte do motociclismo. Eu estou bem, não sinto dor e quero voltar a andar talvez na segunda mesmo, se o médico me liberar”.
 
A quinta etapa do Campeonato Brasileiro de Motovelocidade será realizada no próximo domingo (19), no Autódromo Internacional de Cascavel, e terá a primeira bateria da categoria Superbike mostrada ao vivo pelo ESPB Brasil.  Invicto na atual temporada, Gilson Scudeler precisa de dois terceiros lugares para ser campeão brasileiro pela sétima vez consecutiva.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *