MotoGP: Categoria poderá adotar ECU a partir de 2009

A MotoGP pode estar próxima de adotar novos padrões para a eletrônica de suas motos. Segundo Carmelo Ezpeleta, presidente da empresa responsável pela organização da categoria, a entrada de algumas especificidades nos padrões eletrônicos vem sendo estudada, e elas poderão ser adotadas já em 2009.
O principal interesse de Ezpeleta está no uso de uma unidade de controles eletrônicos (ECU, em inglês) padronizada, de forma a regular o limite da influência dos sistemas de controle das motos. Segundo o espanhol, a ausência do ECU vêm domesticando excessivamente as motos nos últimos anos, e este conceito precisaria ser revisto.

“(A parte eletrônica) é o nosso próximo objetivo de trabalho”, disse Ezpeleta, segundo a revista italiana Motosprint. “Precisamos regular, e acho que a solução ideal seria adorar uma unidade (ECU) padrão para todos, embora os fabricantes não gostem da idéia”, completou.


Para o dirigente, uma mudança na regra da eletrônica facilitaria a pilotagem e poderia permitir um maior espetáculo para a MotoGP, que não terá uma regra de controle de pneus em 2008. “É algo que precisa ser melhor discutido. Vamos falar com os pilotos, técnicos e com todos os envolvidos”, prometeu.


Ao contrário da MotoGP, a Fórmula 1 – que já tem uma regra de controle de pneus – terá uma ECU padrão a partir de 2008, de forma ainda a reduzir custos. A principal função da unidade é controlar outros subsistemas incorporados nos carros.


Fonte: Gazeta Esportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *