MotoGP: Dani Pedrosa vence GP do Japão

O espanhol Dani Pedrosa (Honda) venceu no domingo (02/10), o GP Japão, no Twin Ring Motegi, 15ª etapa da temporada. O compatriota Jorge Lorenzo (Yamaha) e o australiano Casey Stoner (Honda) completaram o pódio.

Pole-position, Stoner manteve a ponta na largada. Na 5ª volta, a moto do líder do campeonato balançou e o australiano perdeu o ponto de frenagem na curva, indo para a caixa de brita. Stoner caiu para a 7ª posição, com Pedrosa assumindo a liderança. 

Pedrosa não perdeu mais a liderança, vencendo com tranquilos 7s299 de vantagem sobre Lorenzo. Stoner se recuperou, completando o pódio.

Os italianos, Marco Simoncelli (Honda) e Andrea Dovizioso (Honda), que foram punidos com drive-trough por queimarem a largada, terminaram em 4º e 5º. O norte-americano Ben Spies (Yamaha) fechou os seis primeiros.

Antes da largada, um cerimônia homenageou o Japão, que há quase sete meses sofreu um violento terremoto, seguido de tsunamis, que arrasou diversas cidades do país asiático.  Devido a catástrofe a prova, que seria realizada no dia 24 de Abril, foi adiada para o dia 02 de outubro.

Stoner lidera o campeonato com 300 pontos, seguido por Lorenzo, com 260.

A próxima etapa acontece no dia 18 de outubro, em Phillip Island, na Austrália.

Final:

1. Dani Pedrosa (ESP) Honda HRC – 42m47s481
2. Jorge Lorenzo (ESP) Yamaha Factory – a 7s299
3. Casey Stoner (AUS) Honda HRC – a 18s380
4. Marco Simoncelli (ITA) Honda Gresini – a 23s550
5. Andrea Dovizioso (ITA) Honda HRC – a 23s691
6. Ben Spies (EUA) Yamaha Factory – a 37s604
7. Nicky Hayden (EUA) Ducati – a 39s167
8. Colin Edwards (EUA) Yamaha Tech 3 – a 45s023
9. Hiroshi Aoyama (JAP) Honda Gresini – a 49s074
10. Randy De Puniet (FRA) Ducati Pramac – a 59s022
11. Cal Crutchlow (ING) Yamaha Tech 3 – a 1m13s964
12. Kousuke Akiyoshi (JAP) Honda LCR – a 1m21s709
13. Shinichi Ito (JAP) Honda – a 1m26s381

Abandonaram:
Toni Elias (ESP) Honda LCR – a sete voltas
Álvaro Baustista (ESP) Suzuki – a 11 voltas
Damian Cudlin (AUS) Ducati Pramac – a 11 voltas
Hector Barberá (ESP) Ducati Aspar – a 22 voltas
Valentino Rossi (ITA) Ducati – a 24 voltas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *