MotoGP: Jorge Lorenzo vence prova caótica em Aragón

O espanhol Jorge Lorenzo (Movistar Yamaha MotoGP) venceu neste domingo (28/09), o GP de Aragón, na Espanha, 14ª etapa da temporada. Foi a primeira vitória de Lorenzo no ano. Aleix Espargaro (NGM Forward Racing) completou a dobradinha espanhola em casa. O britânico Cal Crutchlow (Ducati Team) fechou o pódio.

A prova começou com pista seca, com o italiano Andrea Iannone (Pramac Racing) aproveitando a disputa entre     os espanhóis Marc Márquez, o pole, e Dani Pedrosa, parceiros no Repsol Honda Team, para assumir a ponta. Contudo Iannone caiu logo no final da primeira volta, com Márquez retomando a liderança, seguido por Lorenzo.

Na terceira volta, o italiano Valentino Rossi (Movistar Yamaha MotoGP), na tentativa de superar Pedrosa, caiu. O tombo foi feio, e Rossi saiu deixou a pista de maca, sendo encaminhado para um hospital, para exames.

Na oitava volta, Lorenzo superou Márquez, que na volta seguinte deu o troco. Quatro voltas depois, a chuva começou a cair, de forma fraca. A bandeira branca, permitindo os pilotos a trocar a moto pela de chuva, foi agitada. Os lideres, contudo preferiram continuar na pista.

Após fazer a ultrapassagem, e levar um “X” de Márquez, Lorenzo assumiu a ponta na 14ª  volta.Com pneus desgastados, Lorenzo foi logo superado por Márquez e Pedrosa.

Márquez e Pedrosa passaram então a se alternarem na liderança. Faltando cinco voltas para o final, a chuva apertou, com a maioria dos pilotos trocando a moto pela de chuva. Márquez e Pedrosa continuaram com as de pista seca.

Márquez abriu uma pequena vantagem, com Pedrosa, na tentativa de se reaproximar, caindo a quatro voltas do final. Pouco depois, Márquez também caiu, e Lorenzo (que havia trocado a moto pouco antes) assumiu a liderança.

Na disputa pela segunda posição, Espargaro e Crutchlow receberam a bandeirada lado a lado. Apenas 0s017 de diferença.

O alemão Stefan Bradl (LCR Honda MotoGP) foi o quarto, seguido pelo britanico Bradley Smith (Monster Yamaha Tech 3) e o espanhol Pol Espargaro (Monster Yamaha Tech 3).

Márquez lidera o campeonato com 292 pontos, seguido por Pedrosa com 217.

A próxima etapa, o GP do Japão, acontece no dia 12 de outubro.

Final:

1.Jorge Lorenzo    ESP Movistar Yamaha MotoGP (YZR-M1) 44m20.406s
2.Aleix Espargaro ESP NGM Forward Racing (Forward Yamaha) 44m30.701s
3.Cal Crutchlow    GBR Ducati Team (Desmosedici) 44m30.718s
4.Stefan Bradl    GER LCR Honda MotoGP (RC213V) 44m32.124s
5.Bradley Smith    GBR Monster Yamaha Tech 3 (YZR-M1) 44m49.889s
6.Pol Espargaro    ESP Monster Yamaha Tech 3 (YZR-M1) 44m50.092s
7.Alvaro Bautista ESP Go&Fun Honda Gresini (RC213V) 44m50.169s
8.Hiroshi Aoyama JPN Drive M7 Aspar (RCV1000R) 44m58.247s
9.Nicky Hayden    USA Drive M7 Aspar (RCV1000R) 45m03.363s
10.Scott Redding GBR Go&Fun Honda Gresini (RCV1000R) 45m14.343s
11.Danilo Petrucci ITA IodaRacing Project (ART)    45m20.230s
12.Alex De Angelis RSM NGM Forward Racing (Forward Yamaha) 45m21.124s
13.Marc Marquez    ESP Repsol Honda Team (RC213V) 45m35.633s
14.Dani Pedrosa    ESP Repsol Honda Team (RC213V) 45m44.932s
15.Yonny Hernandez COL Pramac Racing (Desmosedici) 45m58.661s
16.Michael Laverty GBR Paul Bird Motorsport (PBM-ART) +1 volta
17.Mike Di Meglio FRA Avintia Racing (Avintia)    +1
18.Broc Parkes AUS Paul Bird Motorsport (PBM-ART) +1
19.Hector Barbera ESP Avintia Racing (Desmosedici) +1

Abandonos:

Andrea Dovizioso ITA Ducati Team (Desmosedici)   
Valentino Rossi    ITA Movistar Yamaha MotoGP (YZR-M1)   
Andrea Iannone ITA Pramac Racing (Desmosedici)   
Karel Abraham CZE Cardion AB Motoracing (RCV1000R)   

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *