MotoGP: Pedrosa vence na Alemanha; Rossi cai e abandona

Depois de mais de um ano sem alcançar o lugar mais alto no pódio da categoria máxima do motociclismo, o espanhol Daniel Pedrosa da Honda triunfa em prova onde os líderes não brilharam.

Daniel Pedrosa conquistou a liderança logo na largada, ultrapassando o líder da temporada, o autraliano Casey Stoner da Ducati. Stoner ainda tentou segurar a ponta freando sua moto mais tarde, mas logo levou um “xis” do espanhol que não perdeu mais a liderança.

Valentino Rossi da Yamaha ao disputar a 6º posição com Randy de Puniet (Kawasaki) perdeu a tangência da curva e sofreu uma queda, indo para a brita na quinta volta. Rossi ainda tentou retornar a pista, mas deixou a moto morrer e abandonou a competição.

Na décima volta foi a vez do brasileiro Alexandre Barros (Ducati Pramac D’Antin) cair. Barros já havia caído nos treinos livres de sexta-feira que lhe renderam 16 pontos na sua mão.

A prova seguia sem grande emoções até as dez últimas voltas para a bandeirada, quando de uma só vez Casey caiu de segundo para a quarta colocação, perdendo a posição para Melandri e Capirossi. Hayden e Edwards também aproveitaram a queda de rendimento de Casey, superando o australiano.

Melandri também sofreu com a queda de rendimento do seu equipamento e aí foi a vez de Casey superar o italiano, fechando a prova na quinta colocação.

Casey continua na ponta do campeonato com 196 pontos. Rossi que poderia se aproximar do australiano continua na segunda posiçãom com 164 após a queda. O vencedor da prova alemã, Dani Pedrosa é o terceiro com 144 pontos; Alexandre Barros que não pontuou permanece com 69 pontos na décima posição.

Confira o resultado final da etapa da Alemanha:

1. Daniel Pedrosa (Repsol Honda) 41:53.196
2. Loris Capirossi (Ducati Marlboro) + 13.166
3. Nicky Hayden (Repsol Honda) + 16.771
4. Colin Edwards (Fiat Yamaha) + 18.299
5. Casey Stoner (Ducati Marlboro) + 31.426
6. Marco Melandri (Honda Gresini) + 31.917
7. John Hopkins (Rizla Suzuki) + 33.395
8. Anthony West (Kawasaki) + 41.194
9. Alex Hofmann (Pramac d’ Antin) + 43.214
10. Michel Fabrizio (Honda Grasini) + 44.459
11. Chris Vermeulen (Rizla Suzuki) + 1:01.894
12. Kurtis Roberts (Team Roberts) + 1:10.721
13. Makoto Tamada (Dunlop Yamaha) + 2 voltas
14. Carlos Checa (Honda LCR) + 3 voltas

Não completaram a prova:

Randy de Puniet (Kawasaki) volta 29
Shinya Nakano (Konica Minolta) volta 19
Alex Barros (Pramac d’ Antin) volta 9
Valentino Rossi (Fiat Yamaha) volta 5
Sylvain Guintoli (Dunlop Yamaha) volta 3

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *