NASCAR Nationwide Series: Joey Logano vence Daytona

Joey Logano (Toyota) venceu na sexta-feira (01/07), a Subway Jalapeno 250, no Daytona International Speedway, 17ª etapa da NASCAR Sprint Cup Series. Foi a primeira vitória de Logano no ano e 9ª na categoria. Jason Leffler (Chevrolet) e Reed Sorenson (Chevrolet) fecharam os três primeiros.

Na 89ª volta aconteceu a 6ª e última amarela da prova, depois do enrosco entre Joe Nemechek (Chevrolet) e Kevin Conway (Toyota) na curva quatro. Na relargada final Elliot Sadler (Chevrolet) liderava, seguido por Danica Patrick (Chevrolet); Tony Stewart (Chevrolet); Aric Almirola (Chevrolet) e Brad Keselowski (Dodge). Logano, depois de ter que largar do final do pelotão (devido a ajustes não autorizados no carro) e rodar na 26ª volta (provocando a primeira amarela da prova) era o 8º.

Com o pelotão de carros colados a liderança mudava a todo o instante. Logano e Kyle Busch, seu parceiro na Joe Gibbs Racing, entraram na volta final disputando lado a lado a ponta, com Logano assumindo a ponta, pela primeira vez na prova, a meia volta da bandeirada. Assim que Logano recebeu a bandeirada, um múltiplo acidente, iniciado com o toque entre Patrick e Mike Wallace (Chevrolet), envolveu diversos carros.

Alem de Patrick e Wallace também se envolveram: Brian Scott (Toyota); Jamie McMurray (Chevrolet), Steve Wallace (Toyota) Sadler e Stewart.

Logano venceu com 0s040 de vantagem sobre Leffer. Líder do campeonato Sorenson, em 3º, ainda levou um prêmio de 100 mil dólares, por ter sido o melhor piloto que disputa o campeonato em quatro provas selecionadas pelo patrocinador da categoria.

Busch foi o 4º, seguido por Justin Allgaier (Chevrolet) e Michael Annett (Toyota). Kenny Wallace, Sadler, Almirola e Patrick completaram os dez primeiros.

Na 44ª volta Eric McClure (Chevrolet) bateu forte, acionando a terceira amarela da prova. O piloto, que saiu andando do carro, foi levado a um hospital para maiores avaliações.

Forma seis amarelas na prova, por 23 voltas. Logano provocou a primeira amarela, na 26ª volta. A segunda aconteceu com a batida entre Ricky Carmichael (Chevrolet) Danny Efland (Chevrolet).  A forte batida de McClure agitou a terceira. Com o carro de Jennifer Jo Cobb (Ford) soltando muita fumaça, a quarta amarela apareceu na 49ª volta. A quinta aconteceu na 80ª volta, depois que Clint Bowyer (Chevrolet) foi tocado pelo parceiro de equipe Kavin Harvick, que havia largado na pole.  A última aconteceu com o toque entre Joe Nemechek e Kevin Conway.

13 pilotos lideraram a prova, com 36 trocas de liderança.

Pela primeira vez na histórica da NNS, quatro carros da mesma equipe, a Kevin Harvick Inc., alinharam nas quatro primeiras posições: Harvick, Stewart, Sadler e Bowyer.

Sorenson lidera o campeonato com 610 pontos, nove a mais do que Sadler.

A próxima etapa acontece no dia 08 de julho, em Kentucky.

Final:

1 Joey Logano Toyota 100   
2 Jason Leffler Chevrolet 100   
3 Reed Sorenson Chevrolet 100   
4 Kyle Busch Toyota 100   
5 Justin Allgaier Chevrolet 100   
6 Michael Annett Toyota 100   
7 Kenny Wallace Toyota 100
8 Elliott Sadler Chevrolet 100   
9 Aric Almirola Chevrolet 100   
10 Danica Patrick Chevrolet 100   

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *