NASCAR Sprint Cup Series: Denny Hamlin vence em Phoenix

Denny Hamlin (Toyota) venceu neste domingo (04/03), a Subway Fresh Fit 500, no Phoenix International Raceway, 2ª etapa da NASCAR Sprint Cup Series. Foi a 18ª vitória de Hamlin na categoria. Kevin Harvick (Chevrolet) e Greg Biffle (Ford) completaram os três primeiros.

Na largada o pole-position Mark Martin (Toyota) manteve a ponta. Contudo logo na 2ª volta Martin escorregou, perdendo a ponta para Tony Stewart (Chevrolet), e caindo para 8º. Na 16ª volta aconteceu a primeira bandeira amarela, devido a um pneu estourado de Clint Bowyer (Toyota). Stewart entra nos boxes, com Harvick sendo o líder na relargada, na 21ª volta.

A segunda amarela aconteceu na 59ª volta, por detritos na pista. Os lideres entraram nos pits. Na relargada Jimmie Johnson (Chevrolet) era o líder. O pentacampeão liderou até a 3ª amarela, provocada por uma rodada de Casey Mears (Ford) na 110ª volta. Com os lideres nos boxes, Kyle Busch (Toyota) assumiu a ponta na relargada, na 118º volta.

Quatorze voltas depois Paul Menard (Chevrolet) tocou na traseira de A.J.Allmendinger (Dodge), com o acidente envolvendo também Jamie McMurray (Chevrolet). Quarta amarela. Os lideres foram para os boxes, com Kyle Busch mantendo a ponta no retorno a pista. A relargada aconteceu na 141ª volta.

Depois de várias voltas, e tentativas de ultrapassagem, Harvick passou Kyle Busch, pela liderança. Na 185ª volta, em bandeira verde, Harvick entrou nos boxes.  Com o final do ciclo de paradas, e sem uma nova amarela, Harvick reassumiu a ponta na 209ª volta.

A 5ª amarela, por detritos, aconteceu na 227ª volta. Harvick e muitos outros entraram nos boxes. Martin Truex Jr (Toyota), sem parar nos boxes, era o líder no reinicio na 233ª volta. Na 247ª volta o motor de David Reutimann (Chevroelet ) estourou, provocando a 6ª amarela.  Truex Jr foi para os boxes. Harvick voltou à ponta.

Na relargada, na 253ª volta, Hamlin passou Harvick. Três voltas depois Ryan Newmann (Chevrolet) bateu na curva quatro, depois de levar um toque de Carl Edwards (Ford). Sétima amarela.

Na relargada, na 260ª volta, Hamlin era o líder, seguido por Brad Keselowski (Dodge), com Harvick em 5º. Rapidamente Harvick ganhou posições, indo para o 2º lugar. Com todos precisando economizar combustível, e sem nenhuma bandeira amarela, Hamlin tinha seis décimos de segundos de vantagem sobre Harvick, faltando vinte voltas.

Nas voltas finais Harvick foi para cima de Hamlin, contudo na penúltima volta ficou sem combustível. Hamlin recebeu a bandeirada com 7s315 de vantagem sobre Harvick, que mesmo com pane seca, manteve o segundo lugar. Biffle foi o 3º.

Johnson terminou em 4º, seguido por Keselowski e Kyle Busch. Truex Jr, Jeff Gordon (Chevrolet), Martin e Joey Logano (Toyota) completaram os dez primeiros.

Atual campeão, Tony Stewart (Chevrolet) desligou o seu motor, para economizar combustível durante uma amarela na parte final, prática comum na categoria. Porém não conseguiu religar o motor, devido a um problema ainda desconhecido. Ele foi empurrado por um carro de serviço, terminando a prova em 22º.

Foram 2h54m46s de prova, com sete bandeiras (no total de 35 voltas). 15 pilotos lideraram, com 25 mudanças. Harvick foi quem mais liderou, 88 voltas, seguido por Hamlin 61, Johnson 55, Kyle Busch 52 e Truex Jr. 29.

Hamlin lidera o campeonato com 89 pontos, seis a mais do que Biffle. Harvick é o 3º com 81.

A próxima etapa acontece em Las Vegas, no dia 11 de março.

Final:

1 – Denny Hamlin (Toyota) – Gibbs – 312 voltas
2 – Kevin Harvick (Chevrolet) – Childress – 312
3 – Greg Biffle (Ford) – Roush – 312
4 – Jimmie Johnson (Chevrolet) – Hendrick – 312
5 – Brad Keselowski (Dodge) – Penske – 312
6 – Kyle Busch (Toyota) – Gibbs – 312
7 – Martin Truex Jr. (Toyota) – Waltrip – 312
8 – Jeff Gordon (Chevrolet) – Hendrick – 312
9 – Mark Martin (Toyota) – Waltrip – 312
10 – Joey Logano (Toyota) – Gibbs – 312
11 – Juan Montoya (Chevrolet) – Ganassi – 312
12 – Aric Almirola (Ford) – Petty – 312
13 – Matt Kenseth (Ford) – Roush – 312
14 – Dale Earnhardt Jr. (Chevrolet) – Hendrick – 312
15 – Kurt Busch (Chevrolet) – Phoenix – 312
16 – Bobby Labonte (Toyota) – JTG – 312
17 – Carl Edwards (Ford) – Roush – 312
18 – A.J. Allmendinger (Dodge) – Penske – 312
19 – Travis Kvapil (Toyota) – BK Racing – 312
20 – Regan Smith (Chevrolet) – Furniture Row – 312
21 – Ryan Newman (Chevrolet) – Stewart-Haas – 310
22 – Tony Stewart (Chevrolet) – Stewart-Haas – 310
23 – Dave Blaney (Chevrolet) – Baldwin – 309
24 – Mike Bliss (Ford) – FAS Lane – 309
25 – David Ragan (Ford) – Front Row – 309
26 – J.J. Yeley (Toyota) – Robinson – 309
27 – Brendan Gaughan (Chevrolet) – Childress – 308
28 – David Gilliland (Ford) – Front Row – 308
29 – David Stremme (Toyota) – Inception – 306
30 – Clint Bowyer (Toyota) – Waltrip – 306
31 – Paul Menard (Chevrolet) – Childress – 303
32 – Marcos Ambrose (Ford) – Petty – 295
33 – Jeff Burton (Chevrolet) – Childress – 291
34 – Kasey Kahne (Chevrolet) – Hendrick – 274
35 – Landon Cassill (Toyota) – BK Racing – 272
36 – David Reutimann (Chevrolet) – Baldwin – 248
37 – Jamie McMurray (Chevrolet) – Ganassi – 212
38 – Josh Wise (Ford) – Front Row – 110
39 – Casey Mears (Ford) – Germain – 109
40 – Joe Nemechek (Toyota) – Nemco – 62
41 – Robby Gordon (Dodge) – Gordon – 33
42 – Scott Riggs (Chevrolet) – R3 – 29
43 – Michael McDowell (Ford) – Parsons – 8

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *