NASCAR Sprint Cup Series: Matt Kenseth vence as 500 Milhas de Daytona

Depois de ser adiada da tarde de domingo para a noite de segunda-feira, devido à chuva, e ser paralisada por duas horas em bandeira vermelha, após um forte acidente, a 500 Milhas de Daytona, etapa de abertura da NASCAR Sprint Cup Series, terminou na madrugada desta terça-feira.

Faltando 40, das 200 voltas programadas, Juan Pablo Montoya perdeu o controle de seu carro, que tinha problemas mecânicos, e foi direto para cima de um caminhão de segurança, que fazia a limpeza da pista depois de uma bandeira amarela (provocada por uma rodada de David Stremme).

O forte impacto provocou uma imensa explosão, com o carro de Montoya parando na grama, totalmente destruído. O colombiano saiu ileso do carro, sendo levado depois ao Centro Médico, onde foi liberado pouco depois.

Uma enorme quantidade de combustível do caminhão foi derramada na pista, provocando uma imensa labareda de fogo. Vários carros e comissários chegaram para controlar o fogo, e depois retirar o caminhão. O motorista também foi liberado do Centro Médico ileso.

Depois de duas horas de muito trabalho, para recuperar a pista, a prova recomeçou, com Dave Blaney a frente do pelotão. Pouco antes de a bandeira verde ser agitada novamente, Blaney entrou nos boxes, para reabastecer e trocar pneus. Matt Kenseth assumiu a ponta.

Na 176ª volta, um acidente entre Marcos Ambrose e Casey Mears provocou a 8ª bandeira amarela da prova. Na 182ª volta a prova recomeçou com Kenseth na ponta.

Na 188ª volta um acidente envolveu diversos carros, entre eles o do pole-posiiton Carl Edwards, Brad Keselowski, Joey Logano e Jamie McMurray. Mais uma bandeira amarela. A relargada aconteceu na 194ª volta.

A quatro voltas do final aconteceu a 10ª bandeira amarela. No meio do pelotão se envolveram no acidente Tony Stewart, Dave Blaney, Ricky Stenhouse Jr., Landon Cassill, Kyle Busch, Ryan Newman entre outros.  Kenseth mantinha a ponta, seguido pelo parceiro de equipe Greg Biffle e Denny Hamlin.

Na gree-white-chequered-flag, na 201ª volta, Kenseth manteve a ponta, para vencer a prova pela segunda vez. Foi a 300ª vitória da Roush Fenway Racing na NASCAR.

Dale Earnhardt Jr. foi o 2º, com Greg Biffle fechando os três primeiros.  A prova terminou as 2h56m de terça-feira (horário de Brasilia), 0h56m em Daytona.

Denny Hamlin foi o 4º, seguido por Jeff Burton e Paul Menard. Kevin Harvick, Carl Edwards, Joey Logano e Mark Martin completaram os dez primeiros.

Foram 10 bandeiras amarelas, por 42 voltas. 13 pilotos lideraram, com 27 trocas de liderança.  Hamlin liderou o maior número, 57, seguido por Kenseth com 50 (incluindo as 38 finais) e Biffle com 43.

Danica Patrick se envolveu em um acidente logo na 2ª volta, e ficou várias voltas nos boxes, até seu carro ser consertado. Terminou na 38ª posição. Na confusão o pentacampeão Jimmie Johnson acertou com força o muro interno, abandonando. 

Vencedor em 2011, Trevor Bayne foi outro envolvido no acidente. Ele perdeu várias voltas, sendo 35º no final.  Outro favorito que teve problemas foi Jeff Gordon, que teve o motor estourado logo na 81ª volta. 

Martin Truex Jr. ganhou o prêmio de duzentos mil dólares, por ser o líder na metade da prova. 

A próxima etapa acontece em Phoenix, no dia 04 de março.

Final:

1 – Matt Kenseth (Ford) – Roush – 202 voltas
2 – Dale Earnhardt Jr. (Chevrolet) – Hendrick – 202
3 – Greg Biffle (Ford) – Roush – 202
4 – Denny Hamlin (Toyota) – Gibbs – 202
5 – Jeff Burton (Chevrolet) – Childress – 202
6 – Paul Menard (Chevrolet) – Childress – 202
7 – Kevin Harvick (Chevrolet) – Childress – 202
8 – Carl Edwards (Ford) – Roush – 202
9 – Joey Logano (Toyota) – Gibbs – 202
10 – Mark Martin (Toyota) – Waltrip – 202
11 – Clint Bowyer (Toyota) – Waltrip – 202
12 – Martin Truex Jr. (Toyota) – Waltrip – 202
13 – Marcos Ambrose (Ford) – Petty – 202
14 – Bobby Labonte (Toyota) – JTG – 202
15 – Dave Blaney (Chevrolet) – Baldwin – 202
16 – Tony Stewart (Chevrolet) – Stewart-Haas – 202
17 – Kyle Busch (Toyota) – Gibbs – 202
18 – Terry Labonte (Ford) – FAS Lane – 202
19 – Tony Raines (Ford) – Front Row – 202
20 – Ricky Stenhouse Jr. (Ford) – Roush – 202
21 – Ryan Newman (Chevrolet) – Stewart-Haas – 202
22 – Landon Cassill (Toyota) – BK Racing – 202
23 – David Gilliland (Ford) – Front Row – 202
24 – Regan Smith (Chevrolet) – Furniture Row – 200
25 – Casey Mears (Ford) – Germain – 199
26 – David Reutimann (Toyota) – BK Racing – 196
27 – Elliott Sadler (Chevrolet) – Childress – 196
28 – Joe Nemechek (Toyota) – Nemco – 194
29 – Kasey Kahne (Chevrolet) – Hendrick – 189
30 – Michael McDowell (Ford) – Parsons – 189
31 – Jamie McMurray (Chevrolet) – Ganassi – 188
32 – Brad Keselowski (Dodge) – Penske – 187
33 – Aric Almirola (Ford) – Petty – 187
34 – A.J. Allmendinger (Dodge) – Penske – 177
35 – Trevor Bayne (Ford) – Wood – 164
36 – Juan Montoya (Chevrolet) – Ganassi – 159
37 – David Stremme (Toyota) – Inception – 156
38 – Danica Patrick (Chevrolet) – Baldwin – 138
39 – Kurt Busch (Chevrolet) – Phoenix – 113
40 – Jeff Gordon (Chevrolet) – Hendrick – 81
41 – Robby Gordon (Dodge) – Gordon – 25
42 – Jimmie Johnson (Chevrolet) – Hendrick – 1
43 – David Ragan (Ford) – Front Row – 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *