NASCAR Sprint Cup Series: Tony Stewart não será indiciado

O piloto norte-americano Tony Stewart não será indiciado criminalmente pelo acidente que resultou na morte do também piloto norte-americano Kevin Ward Jr.

Stewart atropelou Ward durante a disputa da Empire Super Sprints no Canandaigua Motorsports Park, na noite de sábado (09/08). Os dois disputavam posição, quando se tocaram e Ward foi para o muro.

Irritado, o jovem piloto de 20 anos, foi para a pista, reclamar com Stewart, quando o rival passa-se novamente. Stewart acabou atropelando Ward Jr. que faleceu pouco após ser levado de helicóptero para um hospital.

“Não há nenhum fato ou evidência que daria base a uma acusação criminal ou intenção criminosa até o momento. Por enquanto, está sendo investigado como um acidente na pista”, explicou Philipp Provero, xerife do condado de Ontário, de Nova York, nos EUA, desmentindo informações da imprensa norte-americana de que Stewart responderia por homicídio na Justiça.

Stewart, de 43 anos, declarou que não viu Ward Jr. a sua frente, por ele usar um macacão preto e a pista de terra não ter uma boa iluminação.

Tricampeão da NASCAR Sprint Cup (2002,2005 e 2011), Stewart abalado não disputou a prova de Watkins Glen, ontem. Mas está confirmado para a próxima etapa da NSCS, no domingo que vem em Michigan.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *