Old Stock Race: Rodrigo Pimenta e Rafael Lopes vencem as provas da Quarta Etapa

Interlagos recebeu mais uma vez a categoria que chega à metade da temporada com ótimas disputas e arquibancadas repletas de apaixonados pelo automobilismo para acompanhar de perto ultrapassagens incríveis num domingo agradável junto aos amigos e familiares.

O público chegou cedo ao autódromo localizado na zona sul de São Paulo para curtir as provas da Old Stock Race num domingo de muito sol. Logo cedo, após a abertura do portão os amantes dos Opalas ocuparam os espaços destinados aos opaleiros aguardando o inicio das atividades programadas, que incluíram um desfile com a presença não só de Opalas e Caravans, mas também do Clube do Vortec, composto por proprietários e colecionadores das famosas Chevrolet Blazer, que fizeram muito sucesso também no cenário automobilístico nacional. Dentre os presentes, destaque para famílias vindas de muitas cidades e também de outros estados, como foi o caso da família Becher que rodou mais de 500 km desde Ponta Grossa – PR para estar presente com seu opala no evento. Muitos grupos e clubes, com suas barracas, churrasqueiras e muita alegria deram o toque de um dia maravilhoso, que foi repleto de emoções e muita diversão.

Após o desfile, os pilotos alinharam suas máquinas no grid para a disputa da primeira prova  e na largada o pole position Rodrigo Pimenta foi atacado por Rafael Lopes, atual líder do campeonato, que conseguiu a ultrapassagem, mas  trouxe junto Tiago Gonçalves que permaneceu próximo aos ponteiros durante toda a prova, ameaçando vez por outra tomar a segunda colocação de Lopes. No pelotão de trás, a briga era entre Ricardo Domenech, do opala 17 e Pedro Gomes, do opala 22 que mantiveram-se a condição por boa parte da prova, até Domenech se livrar do pelotão e Gomes abandonar a prova. Mais atrás, na disputa pela nona colocação estavam Ciro Paccielo do opala 333 e Glaucio Doreto do opala 89 que por algumas voltas ameaçou a posição de Ciro sem sucesso. Doreto então passou a duelar com Arnaldo Santos durante as voltas finais ate rodar no laranjinha e ser ultrapassado pelo piloto do opala 78, que trouxe consigo também o opala 93 de Felipe Matos.

Rodrigo Pimenta cruzou a linha de chegada em primeiro, Rafael Lopes em segundo, Tiago Gonçalves em terceiro, Jorge Schuback em quarto, Ricardo Domenech foi o quinto e Rodrigo Helal completou o pódio em sexto, destacando-se pela excelente recuperação após ter largando em último, devido a não ter participado da tomada de classificação por quebra de motor.

Confira o resultado da Primeira Prova:

  1. 51 Rodrigo Pimenta, 12 voltas em 24min35s524
  2. 54 Rafael Lopes, a 2s170
  3. 11 Tiago Gonçalves, a 6s494
  4. 25 Jorge Schuback, a 36s387
  5. 17 Ricardo Domenech, a 37s246
  6. 113 Rodrigo Helal, a 39s733
  7. 64 Marcos Philippi, a 41s518
  8. 9 Marco Maragno, a 49s783
  9. 1 Evandro Camargo, a 58s365
  10. 333 Ciro Paccielo, a 1min14s871
  11. 78 Arnaldo Santos,1min31s178
  12. 59 Henrique Lamberti, a 1min53s726
  13. 89 Glaucio Doreto, a 2min00702
  14. 38 Rodrigo Giordano, a 1 volta
  15. 909 Alexandre Navarro, a 1 volta
  16. 12 Fabio Mencarelli, a 2 voltas
  17. 93 Felipe Matos, a 3 voltas
Não completaram a prova:
22 Pedro Gomes
31 Glauco Barros
3 Ricardo Alvarez
18 George Lemonias
 
Na segunda prova, realizada no período da tarde Pedro Pimenta assumiu o comando do opala 51 no lugar de honra do grid, com Rafael Lopes ao seu lado. Na largada Pimenta conseguiu manter a primeira posição sendo ameaçado de perto por Lopes que também sofreu muitos ataques de Tiago Gonçalves chegando ate a trocar de posição com o piloto do opala 11, até Rafael conseguir despachar Tiago e partir em busca de Pimenta, conseguindo a ultrapassagem sobre o piloto do opala 51 na subida do café. Tiago então passou a enfrentar Pimenta até conseguir ultrapassá-lo e assumir a segunda posição na prova.
Um pouco mais atrás, Domenech e Marcos Philippi protagonizaram uma excelente batalha pela quarta posição, ate Ricardo conseguir abrir distância e Philippi ser ultrapassado por Helal na quarta volta.
Nas voltas seguintes a disputa pela terceira posição se intensificou, tendo Pedro Pimenta, Ricardo Domenech, Rodrigo Helal e Marcos Philippi formando um pelotão que permaneceu bem próximo durante algumas voltas, com destaque para Helal e Philippi  mantendo se muito próximos e por vezes ficando lado a lado na  disputa pela sexta colocação.

Faltando duas voltas para o final, o duelo entre Domenech e Pimenta se intensificou, com o piloto do opala numeral 17, que estreou este ano na categoria, ameaçando por muitas vezes curva a curva a posição do veterano Pimenta, porém a experiência falou mais alto e Domenech teve que se contentar com a quarta colocação.

Rafael Lopes venceu aumentando sua vantagem e busca do bi campeonato, Tiago Gonçalves cruzou a linha de chegada em segundo, Pimenta foi o terceiro, Ricardo Domenech o quarto e completando o grid, Rodrigo Helal em quinto e Marcos Philippi em sexto.
Abaixo, o resultado completo da segunda prova:

  1. 54 Rafael Lopes, 12 voltas em 24min25s748
  2. 11 Tiago Gonçalves, a 1s541
  3. 51 Pedro Pimenta, a 12s99
  4. 17 Ricardo Domenech, a 14s022
  5. 113 Rodrigo Helal, a 16s208
  6. 64 Marcos Philippi, a 16s967
  7. 25 Jorge Schuback, a 26s374
  8. 9 Marco Maragno, a 38s419
  9. 333 Ciro Paccielo, a 53s275
  10. 38 Vinicius Pimentel, a 1min20s273
  11. 89 Glaucio Doreto, a 1min26s446
  12. 93 Felipe Matos, a 1min26s969
  13. 78 Fausto Camacho, a 2min09s461
  14. 3 Ricardo Alvarez, a 1 volta
  15. 909 Alex Dimas, a 2 voltas
  16. 59 José Oliveira, a 3 voltas
Não completaram:
1 Evandro Camargo

12 Fabio Mencarelli
22 Ricardo Santos
31 Glauco Barros

Na Classe Old Man, para pilotos acima de 55 anos, Pedro Pimenta foi o primeiro seguido de Jorge Schuback em segundo, Ciro Paccielo em terceiro, Vinicius Pimentel em quarto, Fausto Camacho em quinto e José de Oliveira em sexto.

A próxima etapa da Old Stock Race está marcada para o dia 25 de agosto em Interlagos e pela segunda vez no ano a categoria fará parte da programação de uma etapa da Stock Car, desta vez juntamente com a  Corrida do Milhão.
 
Os Opalas da Old Stock Race são equipados com pneus Pirelli, discos de freio Fremax e embreagens Ceramic Power.
 

Fotos: Humberto Silva/OSR e Barbara Bonfim/OSR

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *