Outras: BMW Scholarship termina com elogios para Giancarlo Vilarinho

O brasileiro dividiu com o canadense Gianmarco Raimondo os melhores tempos do dia decisivo.

Os olheiros da BMW, que vão escolher os três pilotos que passarão a receber apoio da montadora em 2008, não deixam vazar nenhuma informação, nenhuma dica. A decisão que será tomada na sede da montadora, na Alemanha, só será anunciada em dezembro, após um segundo Scholarship, com a participação de outros competidores. Do evento que terminou nesta quinta-feira (4), em Valência, na Espanha, sairão no máximo dois nomes. O do vencedor, naturalmente, e o do segundo colocado, se for considerado superior aos garotos do segundo grupo, que vai andar no fim do ano.

A disputa, que nesta fase envolveu catorze garotos de diferentes países, vai contemplar seus vencedores com um prêmio de US$ 80 mil para 2008. E, mais importante, dará a todos os escolhidos uma vaga no programa de desenvolvimento de jovens talentos da  montadora, que já revelou Sebastian Vettel, Christian Klien e Timo Glock (campeão da GP2). “O que queremos aqui é achar alguém que possa ser utilizado futuramente na Fórmula 1”, afirma Mike Strotmann, coordenador do projeto e homem ouvido diretamente por Mario Thiessen, o todo poderoso da BMW Sauber F1 Team.

Os quatro brasileiros inscritos no evento foram bem, pelo pouco que é possível deduzir dos comentários dos olheiros, mas para Giancarlo Vilarinho, o que melhor se preparou no grupo, os elogios foram maiores e mais diretos. O que no mínimo deixa uma pontinha de confiança para o resultado final. “Depois da última avaliação, eles passaram pouca coisa sobre meu desempenho, disseram apenas que foi muito bom, sem aprofundar o assunto. Mas pelos elogios das sessões anteriores dá para perceber que gostaram”, contou. “Eu quero muito vencer e mostrei tudo o que sabia aqui”, disse.

O segundo e último dia de atividades foi mais difícil em razão da chuva e das diversas interrupções por bandeira vermelha. Quase ninguém andou tudo o que queria, justamente no momento mais importantes, já que os tempos foram cronometrados – embora sem divulgação oficial, já que os olheiros ressaltam que não se prendem apenas nisto. De acordo com o que se pôde apurar, os mais rápidos foram o canadense Gianmarco Raiomondo, na primeira sessão, e Giancarlo Vilarinho, na segunda. O norte-americano Ian Costa, também apontado como favorito, não impressionou.

“Foi um dia legal. Na primeira sessão eu andei mais, na segunda o pessoal acabou errando algumas vezes, provocou interrupções, mas no geral acho que completei um bom número de volta, o suficiente”, afirmou. Agora, nada mais depende de Gian. O que ele tem a fazer é esperar e, principalmente, treinar, pensando na temporada 2008 da categoria. Ele fará o campeonato completo da F-BMW Americana no ano que vem, pela equipe campeã, a EuroInternational. Vai para casa com a certeza de que fez tudo para ser escolhido pela montadora para o projeto de futuro. O anúncio, só em dezembro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *