Paulista de Marcas e Pilotos: Saiba como foram as disputas da segunda etapa da temporada

Os carros do Campeonato Paulista de Marcas e Pilotos estiveram presentes neste final de semana em Interlagos para a disputa da 2ª etapa da temporada 2009. E quem esteve no autódromo paulistano assistiu a duas provas das mais disputadas dos últimos tempos. Tanto na primeira quanto da segunda bateria, pelo menos cinco carros tinham chances de ganhar a corrida.

Na primeira bateria a primeira fila do grid era composta por dois GM Corsa, Gabriel Maia e Ricardo Pavanelli, que até alí eram os líderes do campeonato da Light e da Super, respectivamente. Logo na largada o líder da Light perdeu várias posições. A briga ficou então com Ricardo Pavanelli, Edgard Amaral, Cristian Morh e Maurício Gallian.

Após várias tentativas Edgard Amaral assumiu a ponta e deixou a briga do segundo lugar para Pavanelli e Gallian.

Sofrendo com o calor carros e pilotos aguentaram firme e depois de várias tentativas Gallian ganhou a segunda posição na bandeirada final com uma vantagem de incríveis 0,014 segundos.

Mesmo perdendo algumas posições a dupla Gabriel e Diogo, da Alpie Competições, terminou em primeiro na Light seguidos por Ricardo Lima, da Arias Competições, José Oliveira, da Guichaco, e Michelle de Jesus (Arias).

Houve também muita disputa no pelotão intermediário com a participação de pilotos da Light e da Super como: Maurício Morenilla Jr., Sergio Barbosa Jr., Luiz Checcia Filho, Ricardo Pinto e Claudio Roscoe.

Aleandro Fortunado da Super, teve o diferencial de seu Gol quebrado na 6ª volta e não completou a bateria.

Na segunda bateria, com o grid invertido para os 6 primeiros colocados, a disputa ficou ainda mais emocionante.

Vicente Passarelli largou na primeira posição e deu muito trabalho para os demais competidores. Após algumas tentativas Vicente foi ultrapassado por Ricardo Pavanelli.

A briga pela primeira posição causou alguns esbarrões o que não ocasionou nenhuma penalização.

Pavanelli, Maurício Gallian, Cristian Mohr e Wanderson Freitas despertaram a atenção do público com uma disputa muito emocionante do começo ao final da corrida.

Com um pequeno erro na freada do S do Senna, Pavanelli perdeu a primeira posição para Gallian e faltando apenas uma volta para o final, Pavanelli acabou tendo problemas com a bomba de combustível de seu Corsa e abandonou a disputa. Cristian Mohr, na tentativa de buscar a primeira posição, acabou rodando e perdeu seu posto para Wanderson Freitas, que ainda teve tempo de pressionar Gallian nas últimas 3 voltas.

O destaque da bateria foi para Aleandro Fortunato, da Alpie Competições, que após os problemas no diferencial na primeira bateria, foi obrigado a largar da última posição. Numa inclivel recuperação o campeão 2008 da Light chegou na 3ª colocação na Super.

Um choque entre Diogo (Alpie Competições) e Maurício Morenilla Jr. (Pozzi Competições) tirou Maurício da liderança da bateria da Light. A vitória ficou com José de Oliveira que fez sua segunda corrida na categoria, seguido por Ricardo Lima, o segundo e por Michelle de Jesus, que obteve seu melhor resultado até aqui, terminando na terceira posição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *