Penske compra Fórmula Indy e lendário circuito de Indianápolis

A empresa americana Hulman & Company, especializada no fornecimento de alimentos por atacado de mantimentos, tabaco e bebidas, anunciou, nesta segunda-feira (4), a venda da IndyCar Series, conhecida no Brasil como Fórmula Indy, e também do Indianapolis Motor Speedway (IMS), um dos circuitos mais lendários da história do automobilismo mundial.

As compras foram efetuadas pela Penske Entertainment Corporation, empresa que pertence a Roger Penske, bilionário americano que é proprietário da equipe Penske na Fórmula Indy e também na Nascar. Os valores das negociações não foram revelados.

“Durante vários anos, a administração e o conselho da Hulman & Company contrataram consultores e especialistas externos para considerar toda a gama de opções estratégicas disponíveis. Por fim, foi decidido se concentrar na possível venda da empresa e encontrar um comprador que seria o melhor administrador da empresa e de seus ativos icônicos. Encontramos na Penske Corporation, com mais de 64 mil funcionários e mais de US$ 32 bilhões em receita consolidada, o administrador ideal. A empresa trará uma tremenda energia, liderança e recursos para a IndyCar e o Indianapolis Motor Speedway”, afirmou um documento da Hulman & Company divulgado pela agência de notícias Associated Press.

Esta será a primeira vez que o circuito muda de dono em 74 anos e apenas a quarta vez que a pista terá um proprietário diferente em 110 anos de história.

A venda surge em um momento de retomada da Fórmula Indy nos Estados Unidos. A temporada de 2019 foi transmitida com exclusividade pela NBC Sports e obteve 9% a mais de audiência que no ano passado, com uma média de 1,1 milhão de espectadores na TV e nas plataformas digitais.

As 500 Milhas de Indianápolis, prova realizada no IMS, também teve crescimento na audiência em 2019, atingindo quase 5,5 milhões de pessoas, um aumento de 11% em relação à transmissão de 2018 pela ABC.

Como possui quatro carros na Fórmula Indy e agora é dona da categoria, a Penske ainda não divulgou o que fará com relação à equipe. O assunto deve ter novidades em breve. Em 2019, a escuderia fechou a temporada com o piloto campeão, o americano Josef Newgarden, e também com o vice, o francês Simon Pagenaud.

Fonte: Máquina do Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *