Pick-Up: Categoria Racing desbrava novos territórios

Nova categoria do circo da Stock Car fará eventos em novos e “nem tão novos” circuitos brasileiros.

O espírito “picapeiro”, de desbravar novos territórios, foi incorporado pela Copa Web Motors Pick-up Racing. Algumas das provas que reúnem os modelos Chevrolet S10 e Mitsubishi L200 serão disputadas em algumas pistas até então inéditas para campeonatos nacionais.


O primeiro circuito a ser desvendado pelos pilotos da Pick-up Racing é o de Santa Luzia, localizado na Região Metropolitana de Belo Horizonte (MG), que sedia a segunda etapa da temporada no dia 8 de junho. A pista é pequena: tem apenas 1.800 metros de extensão, com 15 metros de largura, em média. É em sentido anti-horário, tem duas curvas para direita e quatro para esquerda.


Conhecido como Mega Space, o centro de eventos, inaugurado em 22 de abril de 2007, tem capacidade para receber até 200 mil pessoas e é o único do país totalmente iluminado, podendo receber competições noturnas. Dentre as novidades do calendário, apenas este não teria condições de receber a Copa Nextel, já que há limite de 30 carros por prova nesta pista.


O autódromo cumpre todas as normas de segurança e foi vistoriado por representantes da promotora e também da CBA. A intenção é abrir novos mercados para o automobilismo no país. Desde a época que utilizava o gás natural veicular (GNV) como combustível a categoria de pick-ups leva o automobilismo para novas praças.


É o caso de Caruaru (PE) e Fortaleza (CE), que receberão etapas da Pick-up Racing no mês de agosto – 10 e 17, respectivamente. As duas pistas, que recebem anualmente a Fórmula Truck, já sediaram provas da categoria nos anos de 2002, 2003 e 2004. Agora, voltam a receber a competição, que conta com pilotos de ponta, como Paulo Salustiano (Full Time) e Gustavo Sondermann (Banco Sofisa / Colonial Racing / CHT-Bezema).


Aliás, os dois protagonizaram um duelo bastante intenso na etapa de abertura, em Interlagos (SP). Sondermann, que foi terceiro colocado na Stock Car Light em 2007, saiu na frente e ficou com a vitória. Ele disputa a temporada pela equipe Gramacho/Stedile (Bepo), tendo como parceiros o atual campeão da Stock Júnior, Thiago Riberi (Del Rey Transportes / Colonial Pneus), e Carlo Kain, outro piloto oriundo da Júnior.


Além deles, a Copa Web Motors Pick-up Racing conta com outros pilotos de ponta, como Dudu Massa, irmão de Felipe, piloto da Ferrari na F1, Felipe Lapenna, campeão da Fórmula Renault em 2006, Eduardo Heinen e Marcel Wolfart, que brigam nos tribunais até hoje pelo título de 2007 da categoria.


Vitor Genz e Rafael Iserhard são estreantes, mas já mostraram na etapa de abertura que brigarão por vitórias ao lado de outros pilotos oriundos da “antiga” Pick-up Racing, como Carlos Kray, Nelson Bazzo, João Federowicz, Kau Machado e Aluízio Coelho, que, inclusive, já testou um Fórmula 1 na década de 90.


Com todos esses ingredientes, a temporada 2008 tem tudo para ser uma das mais disputadas e emocionantes da categoria, que passou por uma reformulação total este ano. Agora, a Pick-up Racing tem o mesmo conceito da Stock Car, com chassis tubulares, câmbio e motores idênticos.


De 2001 a 2006 a categoria utilizava os modelos originais de fábrica, com adaptações para as pistas de corrida. Depois da mudança, Agrale, Dodge e Ford saíram da disputa. A Chevrolet permaneceu, com o modelo S10, e a Mitsubishi passou a integrar o grid, com a L200.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *