Piloto português de moto morre no Rally Dakar

 

O piloto português Paulo Gonçalves morreu neste domingo (12) em um acidente no Rally Dakar. Ele disputava a 7ª etapa da corrida, realizada na Arábia Saudita, quando sofreu uma queda mortal, anunciaram os organizadores.

Paulo Gonçalves, de 40 anos, já estava inconsciente quando a equipe de socorro chegou ao local do acidente, no quilômetro 276 da etapa, entre Riade e Wadi al Dawasir. Ele foi levado de helicóptero para um hospital, onde sua morte foi confirmada.

O piloto português, vice-campeão do Rally Dakar em 2015, disputava seu 13° rali. Campeão do mundo de rali em 2013, ele começou no Dakar em 2006 e terminou a prova quatro vezes no top 10.

Na Arábia Saudita, ele era um dos favoritos na categoria. Depois de ter quebrado o motor de sua moto na terceira etapa, Paulo Gonçalves ocupava o 46° lugar na classificação geral no final de 6ª etapa.

O piloto português é o 25° concorrente do Dakar a morrer durante a competição, desde o início do mais famoso rali do mundo, em 1979. Vários competidores lametaram a morte de Paulo Gonçalves, como o piloto espanhol Carlos Sainz, que tuítou que “este é um dia muito triste no Dakar”.

Fonte: RFI

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *