Porsche GT3 Cup: Marcel Visconde chega à sua primeira vitória na categoria

Demorou, mas chegou. Marcel Visconde, único piloto do Porsche GT3 Cup Challenge Brasil que largou em todas as 72 provas realizadas desde a criação da categoria em 2005, chegou à sua primeira vitória na prova 9, realizada na manhã deste sábado (15 de agosto) no autódromo de Jacarepaguá, no Rio de Janeiro.

Marcel, terceiro colocado no grid de largada, aproveitou-se dos incidentes que afastaram Miguel Paludo e Constantino Júnior, que largaram à sua frente, e controlou a distância sobre Clemente Lunardi, segundo colocado, e Luís Zattar, terceiro. “Estou realmente emocionado. Comecei a chorar quando recebi a bandeirada quadriculada. As pessoas falavam comigo no rádio e eu não conseguia responder”, afirmou o vencedor depois da prova. “Logo na largada, percebi o ímpeto do Miguel e do Constantino e senti a possibilidade de vencer. Quando eles saíram, mantive a concentração, mas nas duas últimas voltas foi difícil controlar as emoções.”

Foi uma das corridas mais disputadas da temporada. Na largada, o pole Paludo caiu para terceiro, atrás de Constantino, que assumiu a liderança, e Marcel. Paludo passou logo para o segundo lugar e iniciou a perseguição a Constantino. Na terceira volta, Paludo conseguiu assumir a liderança na curva dos 90 graus, mas logo em seguida foi tocado na traseira por Constantino. Os dois saíram da pista e Paludo ficou na caixa de brita, obrigando a direção de prova a acionar o safety car para remover o Porsche atolado. Constantino perdeu várias posições e continuou na prova, mas entrou nos boxes duas voltas depois e abandonou. Depois, explicou: “Eu tinha problemas de câmbio e não consegui reduzir a marcha quando o Paludo me passou. Fiquei sem freio motor e acabei tocando nele. Estou realmente chateado por ter acabado com a corrida dele”, declarou. Paludo, por sua vez, encostou ao ver uma luz de advertência se acender no painel.

Na relargada, Marcel manteve a ponta seguido por Clemente Lunardi. Clemente chegou a ameaçar Marcel, mas perdeu aderência em uma das curvas e permitiu que o líder abrisse cerca de 4 segundos de vantagem. Ao controlar o carro, Clemente manteve a posição e acabou formando um bloco de oito carros, completado por Luís Zattar, Beto Posses, Otávio Mesquita, Ricardo Baptista, Tom Valle, Marcelo Ometto e Guilherme Figueirôa. Atrás deles, outro bloco tinha Sérgio Ribas, Daniel Paludo e Valter Rossete. E, completando o pelotão, Adalberto Baptista, Charles Reed, Omilton Visconde Jr., Danilo Fernandez e Henry Visconde, todos andando juntos.

Posses conseguiu assumir o terceiro lugar, mas abandonou por falha no câmbio. Desse momento em diante, as melhores disputas da corrida ficaram entre Lunardi e Zattar, pelo segundo lugar, e entre Mesquita, Baptista e Valle pela quarta colocação. Todos terminaram nessa ordem, atrás de Marcel. Com a vitória, Marcel entrou na disputa pelo título: ele fica com 114 pontos contra 150 do líder Paludo e 116 do vice Constantino. E larga na pole position para a prova 10, que será realizada às 15h50.

Resultado final da prova 9:

1) 55-Marcel Visconde, 19 voltas em 27:05.037, média de 127,83 km/h
2) 7-Clemente Lunardi, a 3.916
3) 3-Luís Zattar, a 4.264
4) 51-Otávio Mesquita, a 9.257
5) 27-Ricardo Baptista, a 9.455
6) 99-Tom Valle, a 9.759
7) 8-Marcelo Ometto, a 10.262
8) 9-Guilherme Figueirôa, a 11.694
9) 21-Valter Rossete, a 13.728
10) 89-Daniel Paludo, a 14.333
11) 64-Sérgio Ribas, a 16.371
12) 36-Charles Reed, a 26.869
13) 11-Omilton Visconde Jr., a 27.494
14) 10-Adalberto Baptista, a 56.817
15) 15-Henry Visconde, a 57.545
16) 18-Danilo Fernandez, a 4 voltas
17) 52-Beto Posses, a 7 voltas
18) 00-Constantino Júnior, a 13 voltas
19) 77-Miguel Paludo, a 4 voltas
20) 34-Maurizio Billi, a 19 voltas

Volta mais rápida: Marcel Visconde, 1:16.443, média de 143,02 km/h

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *