Porsche Supercup: Valdeno é terceiro no treino livre

Em seu primeiro contato com o circuito belga, brasileiro da Konrad
aponta boa adaptação e busca lugar entre os cinco primeiros no grid.

Ficou por conta do brasileiro Valdeno Brito uma das surpresas da sexta-feira (28) em Spa-Francorchamps. Único dos 17 inscritos na décima etapa do Porsche Supercup sem qualquer experiência no traçado de 6.976 metros, o piloto da Konrad Motorsport foi o terceiro mais rápido na sessão de treino livre que abriu a disputa da etapa. A prova de domingo (30) vai integrar a programação preliminar do GP da Bélgica de Fórmula 1.

Na prática, Brito fará em Spa sua estreia no Porsche Supercup, já que no último domingo (23), em Valencia, teve de abandonar sua primeira corrida logo na largada, por conta da quebra do semieixo. Para a etapa belga, sua perspectiva é positiva. “Foi legal, a equipe considerou excelente o trabalho de hoje, até pelo fato de seu ser o único que nunca tinha andado aqui. Para quem nunca andou, em um circuito longo, foi ótimo”, definiu.

O brasileiro da Konrad Motorsport definiu a pista de Spa-Francorchamps como “um circuito prazeroso de guiar”. “A Eau Rouge, nesses carros, é realmente desafiadora”, apontou, citando a curva mais famosa da pista. “Com um monoposto você faz a curva tranquilamente de pé cravado, tornando mais fácil o trabalho dos pilotos. Nos Porsche, chegamos a uns 240 km/h e contornamos a 220 km/h, com o carro no limite. Não se pode errar”, disse.

Valdeno Brito completou 16 voltas durante os 45 minutos de treino. E foi justamente na Eau Rouge que identificou o ponto que pode fazer a diferença nos tempos de volta. “No início, eu pensava que estava fazendo rápido, e outro piloto passou por mim como se eu estivesse parado. Vi que tinha realmente de arriscar para virar rápido”, narrou. “Foi muito bom, até porque meu carro perde uns 4 km/h de velocidade final nas retas”, acrescentou.

O brasileiro vê o alemão René Rast e o holandês Jeröen Bleekemolen, os dois mais rápidos da sexta, como fortes candidatos à conquista da pole-position. “Eles estão muito rápidos, mesmo. Amanhã (sábado), na hora da classificação, é que todos vão arriscar. Vou tentar largar entre os cinco primeiros, esse é meu real objetivo. Estou otimista, mas com os pés no chão, sei que amanhã será outro dia. Só posso garantir que vou fazer o meu melhor”, finalizou.

O grid do Porsche Supercup em Spa-Francorchamps será definido neste sábado (29), em sessão classificatória de 45 minutos marcada para as 7h25. A prova de domingo, com duração de meia hora, terá largada às 6h45 – os horários são referentes a Brasília, situada cinco horas atrás de Spa no fuso horário.

Nos treinos livres desta sexta, os melhores tempos de cada piloto foram os seguintes:

1º) René Rast (ALE/Veltins MRS Racing), 2min26s764
2º) Jeröen Bleekemolen (HOL/Konrad Motorsport), 2min27s154
3º) Valdeno Brito (BRA/Konrad Motorsport), 2min27s440
4º) Norbert Siedler (AUT/Veltins MRS Racing), 2min27s538
5º) Damien Faulkner (IRL/Walter Lechner Racing School), 2min27s718
6º) Jan Seyffarth (ALE/tolimit-Seyffart MS), 2min27s775
7º) Stefan Rosina (ESL/Walter Lechner Racing School), 2min27s797
8º) Lance David Arnold (ALE/SPS-Performance), 2min27s806
9º) Alessandro Bonacini (ITA/Ebimotors), 2min27s910
10º) Patrick Huisman (HOL/SPS-Performance), 2min27s960
11º) Siso Cunill (ESP/Konrad Motorsport), 2min28s013
12º) Mauro Massironi (ITA/Ebimotors), 2min28s275
13º) Stefan Wendt (ALE/tolimit-Seyffarth MS),  2min28s339
14º) Jiri Janak (CHE/Konrad Motorsport), 2min28s408
15º) Richard Williams (ING/SPS-Performance), 2min28s787
16º) William Langhorne (EUA/Sanitec Racing), 2min29s088
17º) Isaac Tutumlu Lopez (TUR/Sanitec Racing), 2min31s684

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *