Radical Masters Euroseries: Mineiro Victor Corrêa reassume liderança na França

Brasileiro conquistou uma pole position, duas voltas mais rápidas e dois pódios (segundo e terceiro lugares) em Dijon-Prenois

Se não foi um final de semana (02 e 03/5) perfeito, pelo menos foi extremamente produtivo. O brasileiro Victor Corrêa (Unifenas) e o inglês John Harrison chegaram na França na terceira colocação na tabela de pontuação do Radical Masters Euroseries e sairam de Dijon-Prenois na liderança do certame, com 160 pontos, 10 de vantagem sobre o inglês Alex Kapadia, o novo vice-líder, depois que a dupla anglo-brasileira conquistou uma pole position, duas voltas mais rápidas e dois pódios na rodada dupla válida pela quarta e quinta etapas.

“Estamos numa sequencia muito boa, subindo no pódio em quatro das cinco corridas disputadas até agora. A Nielsen Racing está nos entregando um carro bem acertado e rápido e o John (Harrison) tem sido um companheiro bem aplicado e constante. Vamos tentar manter esta performance para chegar em novembro em condições de conquistar o título”, comentou o mineiro de Alfenas, campeão europeu de Radical em 2013.

No sábado Victor Corrêa conquistou a pole position, fez a volta mais rápida da quarta etapa e recebeu a bandeirada na segunda posição. “Fizemos uma boa corrida, mas a diminuição brusca da chuva no terço final da prova destruiu toda a larga vantagem que havíamos acumulado na liderança. Como os ingleses (Woodward/Kaiser) largaram com pneus de chuva mais baixos, quando a pista começou a secar eles ficaram mais rápidos e ultrapassaram o John quando faltavam apenas nove minutos para terminar”, relatou o representante da Unifenas, que estabeleceu a volta mais rápida da competição na sexta volta com a marca de 1min27s663.

Na quinta etapa, realizada no domingo também debaixo de chuva, John Harrison largou em terceiro, Victor novamente estabeleceu o giro mais rápido, chegou a liderar e terminou em terceiro. “Podia ter sido um resultado melhor. Chegamos a ficar na frente no finalzinho, mas tive que cumprir um drive-through que não entendi até agora e recebi a bandeirada em terceiro”, contou Victor, que também estabeleceu a volta mais rápida da prova na 33ª volta com o tempo de 1min23s995.

A terceira rodada do Radical Masters Euroseries será nos dias 6 e 7 de junho, em Silverstone, na Inglaterra. “Silverstone é a minha segunda casa. Quem sabe lá conquistamos a nossa primeira vitória em 2015”, planeja Corrêa.

Os 10 primeiros na quinta etapa do Europeu de Radical foram:

1) MUFFAT/SCHEIER – Radical SR8 – 36 voltas;
2)HYMAN/KAPADIA – Radical SR8 – a 14s694;
3) HARRISON/CORRÊA – Radical SR8 – a 23s441;
4) ALLOS Manhal – Radical SR8 – a 27s081;
5) COSTA Alain – Radical SR8 – a 30s506;
6) CAUDWELL Brian – Radical SR3 – a 30s535;
7) BROMLEY Roger – Radical SR3 RSX – a 32s248;
8) DONA Riccardo – Radical SR8 – a 1min00s553;
9) FERGUSON/FERGUSON – Radical SR3 – a 1 volta;
10) MOSELEY/BARTELS – Radical Spyder – a 1 volta.
Melhor volta: Victor Corrêa – 33ª volta – 1min23s995

Os 10 primeiros na quarta etapa do Europeu de Radical foram:

1) WOODWARD/KAISER – Radical SR8 – 30 voltas em 1h00min02s289 (média de 148,106 km/h);
2) HARRISON/CORRÊA – Radical SR8 – a 6s018;
3) HYMAN/KAPADIA – Radical SR8 – a 27s602;
4) ALLOS Manhal – Radical SR8 – a 31s101;
5) BROMLEY Roger – Radical SR3 RSX – a 1min04s530;
6) CAUDWELL Brian – Radical SR3 – a 1min14s188;
7) COSTA Alain – Radical SR8 – a 1 volta;
8) MOSELEY/BARTELS – Radical Spyder – a 1 volta;
9) ABBOTT James – Radical Spyder – a 1 volta;
10) CUMMINGS Andy -Radical SR3 – a 1 volta.
Melhor volta: Victor Corrêa – 6ª volta – 1min27s663 – média de 156,052 km/h.

Pontuação do Radical Masters Euroseries após cinco etapas:
1) Victor Corrêa (Brasil)/John Harris (Inglaterra), 160; 2) Alex Kapadia (Inglaterra), 150; 3) Terrence Woodward/Ross Kaiser (Inglaterra), 147 pontos; 4) Manhal Allos (Inglaterra), 135; 5) Jaap Bartels (Holanda)/Stuart Moseley (Inglaterra), 114; 6) Chris Hyman (África do Sul), 101; 7) James Swift (Inglaterra), 94; 8) Andy Cummings, 92; 9) Jamie Patterson (Inglaterra), 85; 10) Alain Costa (Mônaco), 78; 11) Shahin Nouri (Suiça), 50; 12) Bradley Ellis (Inglaterra), 44; 13) Roger Bromley (Inglaterra), 44; 14) Philippe Muffat/Johan Scheier (França), 40; 15) Alex Mortimer (Inglaterra), 36; 16) Ricardo Dona (Itália), 27; 17) Andrew Ferguson/Jeremy Ferguson (Inglaterra), 24; 18) Brian Caudwell (Inglaterra), 22; 19) Chris Hoy (Inglaterra), 20; 20) James Abbott (Inglaterra), 16; 21) Jean Gandar (França), 16.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *