Rali-Dakar: Mitsubishi reage, mas VW ganha outra

Os carros da equipe Mitsubishi conseguiram apagar a estréia apagada no Dakar 2007 durante a segunda especial do rali, disputada nesta manhã, porém a vitória voltou a ser da Volkswagen.


O espanhol Carlos Sainz e o francês Michel Perin cruzaram a linha de chegada em Málaga, na Espanha, com o melhor tempo do dia – em 59min26.


Porém logo atrás da VW de Sainz, apareceram quatro carros japoneses. Nani Roma e Lucas Cruz Serna ficaram em segundo (a 29 segundos), Luc Alphand e Gilles Picard (a 29 segundos), Stephane Peterhansel e Jean-Paul Cottret em terceiro (a 31 segundos), e Hiroshi Masuoka e Pascal Maimon em quarto (a 1min24). Ontem, na abertura do Dakar, a Volkswagen havia ficado com os cinco primeiros lugares, e somente na 7ª colocação aparecia a primeira Mitsubishi.


Vencedor da especial de ontem, o português Carlos Souza e sua navegadora Andreas Schulz ficaram com o nono tempo do dia, a 1min53 de Sainz. Apesar do resultado não tão bom hoje, Souza mantém Portugal na liderança do Dakar entre os carros. Ele está na ponta do rali, no acumulado dos tempos, com a marca de 2h21min57.


Sainz é o vice-líder, apenas 45 segundos atrás do companheiro de equipe. A terceira posição também é da Volkswagen, de Giniel de Villiers e Dirk Von Zitzewitz (a 2min12). Na seqüência estão: Nani Roma (a 3min29) e Peterhansel (a 3min55).


Brasil – A dupla formada por Klever Kolberg e Eduardo Bampi foi a única do país a completar a segunda especial até as 9h45. Eles ficaram a 14min04 de Sainz neste domingo, e agora contam com o tempo total de 2h46min48.

Fonte: Webventure

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *