Rally: Campeonato Brasileiro de Cross-Country define campeões neste sábado

É chegado o momento da decisão. Depois de um ano inteiro acelerando por trilhas com diversos obstáculos naturais, enfim, as duplas mais rápidas alcançarão sua glória na última etapa da temporada, o Rally dos Amigos.

No que depender da ânsia dos competidores, o 11º Rally dos Amigos entrará para a história. Válida pela 6ª e última etapa do Campeonato Brasileiro de Rally Cross-Country, a competição acontece neste sábado, 6 de dezembro, em Itatinga, SP, e definirá os vencedores da temporada 2008. E, diga-se de passagem, a disputa será surpreendente, pois existem quatro equipes com chances reais de conquistarem esta vitória.

A organização do evento – a Dunas Race – revelou no começo desta semana, a confirmação de 200 veículos inscritos, divididos entre motos, carros e caminhões. Enquanto estiverem se preparando para a largada dos 160 quilômetros de especial, cada participante ainda estará sonhando com esse tão importante título da modalidade.

Apesar de ser uma especial curta, dentro das trilhas a encrenca é grande. As equipes enfrentarão um percurso extremamente técnico, travado e repleto de curvas, em meio a reflorestamento de eucaliptos. Os pilotos precisarão de muita habilidade e força no braço para conduzir e manobrar o carro, enquanto os navegadores terão que ter sangue frio e não desprender a atenção da planilha um só segundo, para acertar todas as mudanças de direção.

“É sempre uma prova muito dura e difícil para as duplas. Lembro que em outros anos, alguns pilotos e navegadores com bom preparo físico, terminaram a disputa a beira da exaustão. Mas se é tecnicamente dura, por outro lado é muito bacana, pois também é um momento de confraternização dos amantes do cross-country. Trata-se de uma das melhores competições do ano”, declarou o navegador Rogério Almeida.

A diferença de pontos entre os primeiros colocados na categoria Carros é bem pequena, o que promete aumentar em “doses cavalares” a adrenalina dos off-roaders. “Mesmo que as chances sejam pequenas, elas existem, então, quem estiver neste pelotão, certamente entrará no rali com a ‘faca nos dentes’. E nós estamos nesse grupo”, comentou o piloto Roberto Reijers, que ao lado de Almeida, ocupa a 5ª posição na geral e na categoria T1 FIA, e tem condições de conquistar um dos três primeiros do pódio.

“Tivemos um segundo semestre espetacular. A picape evoluiu bastante, nosso preparador fez grandes ajustes mecânicos, além de uma série de melhorias nas suspensões, o que tornou a Ford Ranger ainda mais competitiva”, confidenciou o piloto.

A dupla que lidera o Campeonato Brasileiro é formada por Jean Azevedo e Youssef Haddad, seguidos por Maurício Neves e Clecio Maestrelli, e Fellipe Bibas e Emerson Cavassin.

Nos Caminhões, Amable Barrasa, José Papacena e Rafael Bettoni só precisam confirmar o título. Na segunda posição aparecem os atuais campões brasileiros, Guido Salvini, Weidner Moreira e Fernando Chwaigert.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *