Rally Dakar 2022 – 6ª etapa: Liderança brasileira na T4

Nesta sexta-feira, dia 07/01, foi realizada a 6ª etapa do Rally Dakar 2022. Os percursos da etapa anterior foram invertidos. As motos e os quadriciclos com a especial de 421 km enquanto carros, SSVs/UTVs e caminhões com 348 km de trecho cronometrado.
Motos
A organização decidiu interromper a especial para as motos e quadriciclos no km 101. Como no dia anterior o trajeto foi utilizado por carros, SSVs/UTVs e caminhões, o traçado estava bastante deteriorado, com muitas rochas expostas e novas zonas de risco não indicadas no roadbook.
O australiano Daniel Sanders (GasGas) venceu a especial, 2’26’’ à frente do britânico Sam Sunderland (GasGas), O austríaco Matthias Walkner (KTM) chegou 10’’ atrás.
Após a etapa a liderança continua com o britânico Sam Sunderland, 2’39’’ à frente de Matthias Walkner, que também manteve a vice-liderança. Daniel Sanders subiu para a 3ª colocação, superando o francês Adrien Van Beveren (Yamaha), o 8º colocado na etapa. O Chileno Pablo Quintanilla (Honda) também ganhou posições com a 4ª colocação na etapa. Ele subiu para a 5ª posição na acumulada.
Quadriciclos
Vitória do russo Aleksandr Maksimov (Yamaha), apenas 9’’ à frente do francês Alexandre Giroud (Yamaha). A 3ª posição foi do francês Sebastien Souday (Yamaha).
A categoria tem o dia de descanso em Riad com Alexandre Giroud na liderança, seguido pelo americano-argentino Pablo Copetti (Yamaha) e Aleksandr Maksimov.
O brasileiro Marcelo Medeiros (Yamaha) conquistou a 4ª colocação no dia. Ele se recuperou dos problemas da etapa anterior, quando era o 2º mais rápido, mas perto do km 160 teve a quebra da suspensão e precisou ser rebocado até o km 220, onde o percurso havia sido interrompido. Em função do reboque ele recebeu uma penalização de 14horas e 30 minutos. Assim, Marcelo é o 9º colocado na classificação acumulada.
Carros
Vitória da dupla do argentino Orlando Terranova e espanhol Daniel Carreras (BRX Hunter). A 2ª posição ficou com os suecos Mattias Ekström e Emil Bergkvist (Audi RS Q e-tron), seguidos da dupla do árabe Yazeed Al-Rajhi e o britânico Michael Orr (Toyota). Os sul-africanos Brian Raragwanath e Leonard Cremer (buggy Century CR6) ficaram com a 4ª posição. Os espanhóis Nani Roma e Alex Haro Bravo (BRX Hunter) completaram o Top 5 da etapa.
Com o 10º melhor tempo do dia, a dupla do catariano Nasser Al-Attiyah e o francês Mathieu Baumel (Toyota) mantém a liderança da categoria. Eles têm 48’ 54’’ de vantagem sobre Yazeed Al-Rajhi e Michael Orr. A dupla assumiu a vice-liderança beneficiada pelo erro de navegação da dupla do francês Sébastien Loeb e o belga Fabian Lurquin (BRX Hunter), a 30ª colocada nesta etapa.
Os brasileiros Marcelo Gastaldi e Cadu Sachs (buggy Century CR6) conquistaram outro ótimo resultado, 13ª posição na etapa, assim subindo para a 40ª colocação na acumulada.
Protótipos Leves T3
Nova vitória da dupla do americano Seth Quintero o alemão Dennis Zenz (OT3), que devido aos problemas na 2ª etapa não tem chances de vencer a prova, mas corre atrás do recorde de etapas vencidas numa mesma edição do Dakar. A 2ª posição ficou com a dupla da espanhola Cristina Gutiérrez e o francês François Cazalet (OT3). Conquistando mais um pódio mesmo com um diferencial quebrado, a 3ª posição foi dos chilenos Francisco Lopez Contardo e Juan Pablo Vinagre (Can-Am).
Após a etapa os chilenos continuam na liderança da categoria. Eles têm 23’09’’ de vantagem para a dupla do sueco Sebastian Eriksson e o holandês Wouter Rosegaar (Can-Am). Cristina Gutiérrez e François Cazalet assumiram a 3ª posição na acumulada.
SSV / UTV T3
3ª vitória dos poloneses Marek Goczał e Lukasz Laskawiec (Can-Am). Os brasileiros Rodrigo Lupi e Maykel Justo (Can-Am) conquistaram a 2ª colocação, seguidos dos russos Sergei Kariakin e Anton Vlasiuk (Can-Am).
Após a etapa a liderança continua com os brasileiros Rodrigo Lupi e Maykel Justo. Eles têm 6’56’’ de vantagem para a dupla do americano Austin Jones e o brasileiro Gustavo Gugelmin (Can-Am) que foi a 5ª mais rápida na etapa. Os poloneses Michal Goczal e Szymon Gospodarczyk (Can-Am) completam o pódio provisório da categoria.
Caminhões
Domínio completo da Kamaz, invicta no Dakar 2022. Nesta 6ª etapa Andrey Karginov, campeão de 2020, conquistou sua 3ª especial em 2022. O russo está tentando descontar a 1 hora e 30 minutos que ficou atolado na 4ª etapa. No entanto, ele recuperou apenas 9’’ sobre o russo Dmitry Sotnikov, líder na acumulada, e 45” para o russo Eduard Nikolaev, o vice-líder da categoria. O russo Anton Shibalov é o 3º colocado na acumulada.
Próxima etapa
Neste sábado, dia 08/01, será o dia de descanso em Riad. No domingo será realizada a 7ª etapa.
Foto divulgação: Flavien Duhamel, Julien Delfosse / Charly Lopez / Florent Gooden, Eric Vargiolu , Frédéric Le Floch / DPPI / ASO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *