Rally Dakar: Espectador do Dakar morreu ao cruzar pista, diz promotor boliviano

Um espectador do Rali Dakar foi atropelado de maneira fatal durante a sétima etapa, realizada no último sábado entre as localidades de Uyuni e Salta. De acordo com investigação das autoridades bolivianas, Máximo Riso, de 65 anos, acabou atingido ao tentar cruzar a pista.

O carro pilotado pelo francês Lionel Baud atropelou o espectador às 11h20 do horário local, em uma zona conhecida como Ventillas, a 62 quilômetros de Uyuni. A organização enviou um helicóptero de resgate, mas os médicos nada puderam fazer.

“No momento em que o competidor percorria seu caminho, apareceu a desafortunada vítima, que atravessou a pista. Apesar de tentar fazer uma manobra evasiva, o piloto não conseguiu evitar o golpe com a parte direita do veículo, provocando seu falecimento”, afirmou o promotor Fidel Castro.

O representante do estado boliviano de Potosi lamentou o acidente fatal na sétima etapa do Rali Dakar, mas já descartou a possibilidade de responsabilizar Lionel Baud criminalmente pelo ocorrido. Os familiares de Máximo Riso, ainda assim, devem ser indenizados.

“Lamentamos essa morte, mas não podemos falar de dolo ou culpa. Foi dentro de uma competição internacional, e todos os cidadãos devem ser cuidadosos. Não haverá abertura de processo, já que foi um acidente totalmente fortuito”, declarou Fidel Castro.

Fonte: GazetaEsportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *